Abrir menu principal

A casquinha de siri é um prato tradicional da cozinha popular brasileira bastante consumido em regiões litorâneas. Ele consiste basicamente na carne de siri refogada com outros ingredientes e servida na própria carapaça. Sua origem é incerta e é um prato encontrado em todo o litoral do Brasil. Outros países como Portugal e França também usam carapaças de seus crustáceos para fazer pratos similares.[1]

Casquinha de Siri
Casquinha de Siri servida com caipirinha
Casquinha de Siri servida com caipirinha
TipoEntrada ou Petisco
PratoEntrada
Lugar de origemBrasil
Ingredientes principaisCarne de siri, cebola, tomate, pimentão, leite de coco, farinha de trigo, azeite de dendê e temperos.
Bolinho de siri, similar a uma casquinha
Bolinho de siri, similar a uma casquinha

PreparoEditar

Os siris são pescados do mar com puçás e redes de espera, mas em algumas regiões é feito o uso de gaiolas.[2] Os animais são então limpos e cozidos, para aí terem suas patas e carapaças quebradas com martelo para separação da carne.[3] Esse processo de extração manual da carne de siri é chamado de desmariscamento. É comum que as mulheres de pescadores façam esse serviço usando garfos, facas ou colheres. Para obter 1kg de carne de siri, são necessários em média entre 35 a 45 indivíduos.[2]

A carne então é temperada e refogada com outros ingredientes que variam entre diferentes regiões do país. Ela pode ser servida como bolinhos fritos, em ramequins, conchas de barro ou porcelana, ou no seu formato mais comum dentro da própria carapaça do siri. O prato então costuma ser empanado com um pouco de farinha e assado para ter uma casquinha crocante.

DegustaçãoEditar

A casquinha de siri está muito associada a imagem da comida de pescadores, mas ela também figura em restaurantes de todos os tipos. Seu uso mais comum é como uma entrada[4] ou como um petisco de praia[5][6].

Referências

  1. «Casquinhas de siri». Demodelando. 30 de abril de 2011. Consultado em 17 de abril de 2019 
  2. a b «(PDF) EXTRATIVISMO DO SIRI COM GAIOLAS NO LITORAL PARANAENSE: IMPLICAÇÕES SOCIOECONÔMICAS». ResearchGate (em inglês). Consultado em 16 de abril de 2019 
  3. «Ilha das Caieiras abriga famílias de pescadores e desfiadoras de siri em Vitória». Fartura Brasil. Consultado em 16 de abril de 2019 
  4. «Casquinha de siri para fazer em casa». Destemperados. 29 de janeiro de 2016. Consultado em 16 de abril de 2019 
  5. «Receita do domingo: Casquinha de Siri». Travelpedia. 10 de fevereiro de 2019. Consultado em 16 de abril de 2019 
  6. «Casquinha de Siri: uma deliciosa tradição caiçara aqui na região». O Vale. 24 de agosto de 2018. Consultado em 16 de abril de 2019 
  Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.