Abrir menu principal
Castelo de Aguz
Souira Qdima fort 01.jpg
Apresentação
Tipo
Estatuto patrimonial
Património de influência portuguesa (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Localização
Endereço
Coordenadas
Planta do Castelo de Aguz numa obra do francês Edmond Doutté (1867–1926).

O chamado Castelo de Aguz localizava-se na cidade de Aguz (atualmente Souira Kedima), 35 km a sul de Safim, no litoral atlântico do Marrocos.[1]

Índice

HistóriaEditar

A fortificação, em estilo manuelino, foi erguida por forças portuguesas junto à margem direita da foz do rio Tensift (por vezes referido em português como rio Tenerife), a partir de 1508,[2] como apoio à praça-forte de Safim. Foi perdida em 1525.

CaracterísticasEditar

Na sua construção foi utilizada uma torre de madeira, transportada pré-fabricada do reino, recurso que deu origem à "Lenda de Aguz", segundo a qual os portugueses, numa só noite, teriam erguido a fortaleza, com o auxílio dos anjos.

Atualmente encontra-se em ruínas.[1]

O forteEditar

Ver tambémEditar

Notas e referênciasEditar

[a] ^ O site WorldStatesmen.org refere que Aguz esteve nas mãos dos portugueses entre 1506 e 1525.[3] O Dicionário de História de Portugal apenas refere que o forte de Aguz foi construído cerca de 1508.[2]
  1. a b Ellingham, Mark; McVeigh, Shaun; Jacobs, Daniel; Brown, Hamish (2004). The Rough Guide to Morocco (em inglês) 7ª ed. Nova Iorque, Londres, Deli: Rough Guide, Penguin Books. p. 393. 824 páginas. ISBN 9-781843-533139 
  2. a b Serrão, Joel, ed. (1963), «Aguz», Dicionário de História de Portugal, ISBN 9726611601, I, Lisboa: Iniciativas Editoriais 
  3. «Morocco». World Statesmen.org (em inglês). Consultado em 19 de junho de 2012 

Ligações externasEditar