Castelo de Sigmaringen

O Castelo de Sigmaringen (em alemão: Schloss Sigmaringen) foi uma residência principesca e sede governamental dos príncipes de Hohenzollern-Sigmaringen. Situado na região dos Alpes Suábios na região de Baden-Württemberg, Alemanha, este castelo domina o horizonte da cidade de Sigmaringen. Após um incêndio ocorrido em 1893, somente restaram as torres da antiga fortaleza medieval e o edifício teve que ser reconstruído. O castelo era propriedade dos Hohenzollern da Suábia, um ramo cadete da família Hohenzollern, berço dos imperadores alemães e reis da Prússia.

Castelo de Sigmaringen
Schloss Sigmaringen
O castelo, visto do noroeste.
Estilo dominante Neogótico
Eclético[1]
Arquiteto Johannes de Pay (1893)
Emanuel von Seidl (1893)[1]
Engenheiro Hans Alberthal (1627-1630)
Michael Beer (1650)
Josef Laur (1860-1880)[1]
Início da construção aprox. 1077
Fim da construção 1650
Restauro 1736
1879
1893
Proprietário inicial Burg Sigmaringen[1]
Função inicial residência fortificada
Proprietário atual Casa Principesca de Hohenzollern[2]
Função atual residência
museu
Website schloss-sigmaringen.de
Geografia
País Alemanha
Cidade Sigmaringen
Coordenadas 48° 05' 16" N 9° 13' 01" E
Castelo de Sigmaringen está localizado em: Alemanha
Castelo de Sigmaringen
Geolocalização no mapa: Alemanha
Fonte de Neptuno na Galeria Portuguesa, concluída em 1903

Nos meses finais da Segunda Guerra Mundial, o castelo Sigmaringen foi brevemente sede do governo francês de Vichy, depois que a França foi libertada pelos Aliados. O prédio e seus museus podem ser visitados durante todo o ano, mas somente em visitas guiadas.

LocalizaçãoEditar

Sigmaringen está localizada no extremo sul dos Alpes Suábios, uma região de planalto no sul de Baden-Württemberg. O castelo de Hohenzollern foi construído abaixo do estreito vale do rio Danúbio no atual Parque Natural do Alto Danúbio (em alemão: Naturpark Obere Donau). A construção ergue-se acima do rio,[nota 1] sobre uma projeção de falésia de giz que é uma ramificação do Maciço do Jura. Esta colina é conhecida simplesmente como Schlossberg ou Pedro do Castelo, tem 200 metros de comprimento e fica a aproximadamente 35 metros acima do leito do rio. O castelo é o maior dentre outros existentes no vale do Danúbio. Os penhascos íngremes e as faces escarpadas tornaram o local ideal para abrigar um bem protegido castelo medieval.

HistóriaEditar

Construção do primeiro casteloEditar

 
O castelo localiza-se no vale do Danúbio, sobre um rochedo de giz de 35 metros de altura conhecido como Schlossberg.

O primeiro castelo de Sigmaringen foi erguido em fins da Idade Média, no início do século XI. A menção mais antiga à construção data de 1077,[1] na sequência do malsucedido cerco ao Burgo Sigmaringen por parte de Rodolfo da Suábia, em sua luta contra Henrique IV, rei da Germânia.[nota 2] Em 1083, os irmãos Ludwig e Manegold von Sigmaringen, são listado como testemunhas em um documento da abadia de Königseggwald.

Casamento de Dom Manuel IIEditar

Em 4 de setembro de 1913, Dom Manuel II de Portugal, casou-se com Augusta Vitória de Hohenzollern-Sigmaringen, na capela do palácio.

Notas

  1. O castelo está localizado 605 metros acima do nível do mar, enquanto o Danúbio está a 570 metros.
  2. Conforme as Crônicas de Petershausen: "De lá, o rei Rodolfo da Suábia marchou para o Burgo Sigmaringen e o sitiou. Quando ele descobriu que o rei Henrique IV e seu exército se aproximavam pela passagem alpina em direção ao seu exército, ele levantou o cerco e moveu-se para Saxe."

Referências

  1. a b c d e «History of the castle». Schloss Sigmaringen. Consultado em 6 de Julho de 2015 
  2. «A brief family history». Schloss Sigmaringen. Consultado em 6 de Julho de 2015