Castrinho
Nome completo Geraldo Freire de Castro Filho
Outros nomes Geraldo, Cascatinha, Castro Filho
Nascimento 17 de outubro de 1940 (79 anos)
Nacionalidade brasileiro
Cônjuge Andréa Castrinho (c. 1993)
Filho(s) 3
Ocupação ator, humorista, cantor e apresentador
Período de atividade 1958–presente
Principais trabalhos Cascatinha em Chico Anysio Show e A Turma do Balão Mágico

Seu Geraldo na Escolinha do Professor Raimundo, Escolinha do Barulho e Escolinha do Gugu

Geraldo Freire de Castro Filho, mais conhecido como Castrinho (Rio de Janeiro, 17 de outubro de 1940), é um ator, cantor, apresentador, produtor e humorista brasileiro. Ficou nacionalmente conhecido pelo personagem Cascatinha, que fez um enorme sucesso entre as crianças na década de 80 ao integrar o programa infantil Balão Mágico.

Outro personagem conhecido foi o Geraldo, da Escolinha do Professor Raimundo. Geraldo também esteve presente em outras versões do programa, como Escolinha do Barulho e Escolinha do Gugu, ambas da RecordTV.

BiografiaEditar

Castrinho viveu sua infância no subúrbio carioca e sua vocação artística começou a despontar na adolescência, quando fazia shows e peças em que participava no colégio militar, onde estudava por escolha de sua mãe. Seu forte era a comédia e sabia divertir os colegas.

Quando saiu do colégio militar, já sabia que queria ser ator, mas para prosseguir na vida, entrou no mercado financeiro, imobiliário e fez sucesso também nessas áreas. Foi empresário no setor de restaurantes, onde pode desenvolver sua outra paixão: a culinária.[1]

CarreiraEditar

Em 1968, entra para o elenco do humorístico Balança Mas Não Cai, que foi da TV Paulista, e depois passou para a Rede Globo. A partir daí, passou a integrar o elenco de diversos programas do humorista Chico Anysio, como Chico City e Chico Anysio Show.

Na década de 80, Castrinho ficou famoso no Brasil inteiro, principalmente junto às crianças, por sua atuação como Cascatinha no famoso programa infantil Balão Mágico. Antes do Balão, o personagem já fazia sucesso com suas aparições no programas de Chico Anysio. Sua imagem já esteve estampada em bonecos, biscoitos, toalhas de banho, entre outros. Em 1982, o personagem gravou um disco e fez sucesso com as canções "O Orgulho do Papai", "Cascatinha Meu Garoto" e "Rock do Cascatinha". Ele também chegou a ter um livro, Histórias e Charadas de Cascatinha.

Na década de 90, fez parte da Escolinha do Professor Raimundo com o personagem Geraldo e seu inesquecível bordão Geraaaaaldo.... No fim dos anos 90, viveu o mesmo personagem, mas em uma outra escolinha de uma outra emissora, a Escolinha do Barulho, da RecordTV.

Após participar de diversos programas e humorístico da Globo, como Os Trapalhões, Chico Total, Malhação, Zorra Total, Sob Nova Direção e A Diarista, Castrinho se transferiu em 2006 para a RecordTV, onde atuou em diversas novelas e especiais da emissora. Em 2011, ele voltou a interpretar o personagem Seu Geraldo na Escolinha do Gugu, que era um quadro dentro do Programa do Gugu.

Nos cinemas, Castrinho esteve presente em diversos filmes como Deu a Louca no Cangaço, A Ostra e o Vento, O Xangô de Baker Street, Deus é Brasileiro e Sai de Baixo - O Filme.

Vida pessoalEditar

Castrinho é pai de três filhos, frutos de seu primeiro casamento. Desde 1993, é casado com a produtora Andréa Guimarães, conhecida como "Andréa Castrinho" por causa do marido.

Acusação de estupro por Íris BruzziEditar

Em 13 de dezembro de 2018, a atriz e ex-vedete Íris Bruzzi revelou ao canal de Antônia Fontenelle no Youtube ter sido abusada por Castrinho enquanto estava bêbada e inconsciente e ambos estavam hospedados no mesmo hotel na década de 1960.[2][3]

O relato de Iris Bruzzi começou assim: “Você sabe que eu não bebo nada, né? Eu fui com Castrinho e fomos fazer videotape, aí fomos lá, fizemos o nosso numerozinho, foi tudo bem… quando acabou, o dono da televisão, muito gentilmente, nos convidou para jantar… e eu, que não bebo nada, tomei 5 daiquiris (tipo de bebida alcoólica) seguidos, por que eu não sabia o que era daiquiri, que era novidade aqui (no Brasil), e eu pensei que era um refresco. Tomei cinco! Aí fiquei sabendo no dia seguinte que saí carregada pelo dono da TV. Só que (fomos pro hotel) e eu adoro o Castrinho, e continuei, apesar de tudo, gostando muito dele…”, falou Iris Bruzzi, que acabou sendo atravessada por Antonia Fontenelle, que disse: “Sorte sua que foi naquela época, hein, Castrinho, porque se fosse hoje você tava lascado”. E Iris declarou ainda que, se estivesse no pleno gozo de suas faculdades mentais, ela jamais teria permitido tal ação. “Eu não ia deixar, Castrinho, eu não ia deixar”.[4]

A revelação de Bruzzi ganhou enorme repercussão e surpreendeu até mesmo o próprio Castrinho, que alegou que as coisas não ocorreram exatamente como Íris havia contado e de que ambos chegaram a ter um rápido namoro na época.[5] O humorista ainda chegou a ameaçar processá-l por danos morais.[6]

E de fato o fez, em março de 2019: “Foi uma acusação tão absurda que eu demorei até pra entender o que estava acontecendo. Depois de conversar com minha familia e meus advogados, eu decidir entrar na Justiça com um pedido de retratação. Faço questão disso. O resto quem vai decidir é meu advogado”, contou Castrinho.[7]

Em dezembro de 2019, Fontenelle foi intimada a depor: "Ele processou a Íris e a mim também no criminal e cível após a entrevista do Na Cama da Gata. A gente não deu juízo de valor. Rimos, inclusive", disse a loira ao Notícias da TV. As duas contrataram o mesmo advogado, Guaracy Bastos. Apenas a youtuber foi convocada pela Justiça.[8]

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Papel Nota
1961–63 Teatro Psicotécnico da TV Rio Vários Personagens
1962–64 Chico Anysio Show Cascatinha / Januário
1962–63 O Riso é o Limite Vários Personagens
1963–67 A Cidade Se Diverte Vários Personagens
1968–72 Balança Mas Não Cai
1969 Show do Dia 7
1970–72 Café Sem Concerto Vários Personagens
1973–80 Chico City Cascatinha / Januário
1982 Sítio do Picapau Amarelo Episódio: "Estranho Conto de Fadas"
1982–88 Chico Anysio Show Romário / Cascatinha / Geraldo
1983–86 Balão Mágico Cascatinha / Castrinho
1990–91 Escolinha do Professor Raimundo Geraldo
1990 La Mamma Fausto (Faustinho)
1992 Os Trapalhões Robin Participação especial
Escolinha do Professor Raimundo Seu Tomé
1993 Seu Mao Laluno
1994 Seu Ourinho
1996 Chico Total Cascatinha
1998 Malhação Oscar
1999–00 Escolinha do Barulho Geraldo
2000–02 A Casa É Sua Apresentador
2004 A Diarista Episódio: "Num Piscar de Olhos"
2005 Sob Nova Direção Zelador do Prédio Episódio: "Eu Sei o Que Você Fez no Micão Passado"
A Diarista Paciente Episódio: "Dente Inocente"
2006 Bicho do Mato Mauro Barros Lima (Delegado Maurinho)[9][1]
2007 Amor e Intrigas Alcebíades Pêra Berreiros (Pierre)
2009 Poder Paralelo Leonel Pavão
2010 Balada, Baladão Macarrão Especial de fim de ano
2011–12 Escolinha do Gugu Geraldo Quadro do Programa do Gugu
2013 Dona Xepa Seu Ângelo Lazarini[10]
Noite de Arrepiar Professor Cosme / Codorna Especial de fim de ano
2015 Milagres de Jesus Zaqueu
As Canalhas Dr. Romar Episódio: "Gracinha"
2016 A Terra Prometida Farduk[11]
E Aí... Comeu? Dr. Jarbas Episódio: "29 de agosto"
2017 Apocalipse Oziel Gudman[12][13]
2019 Amor sem Igual Bento

CinemaEditar

Ano Título Personagem
1969 Deu a Louca no Cangaço Latifundiário
1984 Uma Aventura no Corpo Humano Fígado
1997 A Ostra e o Vento Pepe
1999 Orfeu Oswaldo
2000 Villa-Lobos - Uma Vida de Paixão Alfaiate
2001 O Xangô de Baker Street Barman
2003 Deus É Brasileiro Goró
2004 Onde Anda Você Mirandinha
Pato com Laranja
2015 O Duelo Cônsul
2019 Sai de Baixo - O Filme Juiz Antibes

Referências

  1. a b Juliana Ambold (28 de abril de 2006). «Castrinho faz novela na Record e prepara livro de culinária». OFuxico 
  2. Redação (15 de dezembro de 2018). «Íris Bruzzi afirma que sofreu abuso sexual de Castrinho na juventude». Notícias da TV. Consultado em 12 de janeiro de 2020 
  3. Quem Online (18 de dezembro de 2018). «Aos 83 anos, Íris Bruzzi diz ter sido abusada por Castrinho na juventude». Quem 
  4. https://www.tvebrasil.com.br/famosos/atriz-iris-bruzzi-revela-que-foi-embebedada-e-estuprada-por-castrinho-no-passado/
  5. André Carlos Zorzi - O Estado de S.Paulo (18 de dezembro de 2018). «Castrinho nega acusação de abuso a Íris Bruzzi e critica Antonia Fontenelle». Estadão. Consultado em 12 de janeiro de 2020 
  6. Redação (14 de março de 2019). «Castrinho vai à Justiça após ser acusado de estupro por Iris Bruzzi». ISTOÉ Gente. Consultado em 2 de janeiro de 2020 
  7. https://istoe.com.br/castrinho-vai-a-justica-apos-ser-acusado-de-estupro-por-iris-bruzzi/
  8. https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/celebridades/processada-por-castrinho-antonia-fontenelle-e-intimada-explicar-acusacao-de-abuso-sexual-31685?
  9. Tatiana Amin (2 de abril de 2006). «Castrinho é escalado para Bicho do Mato». OFuxico 
  10. «Castrinho vive dono de padaria italiano no remake de Dona Xepa». Redação. 17 de abril de 2013 
  11. «Confira o elenco da novela "A Terra Prometida"» 
  12. Bruna Vichi e Thaís Conz (22 de novembro de 2017). «Castrinho vive um judeu ortodoxo em Apocalipse: 'Eu tenho a oportunidade de fazer algo diferente'». R7.com. Consultado em 24 de novembro de 2017 
  13. Redação (23 de novembro de 2017). «Em 'Apocalipse', ex-'Escolinha do Professor Raimundo' é carola». Veja. Consultado em 29 de novembro de 2017 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.