Abrir menu principal

O Castro de Romariz é um povoado fortificado datado do século V a.C., com níveis de ocupação até ao século I d.C. Considerada uma das estações arqueológicas mais significativas da região de Entre Douro e Vouga foi classificada como Imóvel de Interesse Público, pelo Decreto-Lei nº 34 452, de 20 de Março de 1945.

Esta estação arqueológica foi identificada em meados do século XIX, com a descoberta de um tesouro monetário – o tesouro de Romariz. Após um largo período de abandono, deu-se início em 1980, a uma nova fase de trabalhos arqueológicos sistemáticos, com o estudo das origens e evolução do habitat castrejo, identificando as diversas fases de ocupação proto-histórica e romana, analisando os aspectos de aculturação face às influências mediterrânicas e aos modelos introduzidos pela romanização.

O Castro de Romariz como uma das principais atracções históricas do Concelho de Santa Maria da Feira e o povoado castrejo mais expressivo da região de Entre Douro e Vouga.