Abrir menu principal

O Castro de Fiães é um povoado fortificado castrejo. Possui uma longa cronologia de ocupação que abarca o período proto-histórico à ocupação romana. Localizado na freguesia de Fiães, em Santa Maria da Feira, o Castro de Fiães apresenta um núcleo mais antigo que teria terminado em meados do Século I, que evoluiu para um outro que teve grande desenvolvimento, sobretudo nos séculos IV e V.

Índice

LancobrigaEditar

Pensa-se que este castro possa ter sido a mítica povoação de Lancóbriga conforme referência no traçado romano da via que ligava Braga a Lisboa. Segundo o itinerário antonino a distância que ligava Cale (Gaia) a Lancóbriga era aproximadamente a que separa Gaia de Fiães. Infelizmente não foram ainda encontradas quaisquer referências toponímicas ou epigráficas que confirmem a tese.

Estado actualEditar

Apesar de ter permanecido incólume durante séculos o património arqueológico do castro de Fiães não resistiu ao crescimento desordenado e atroz de fim do século XX. Hoje em dia o castro encontra-se severamente destruído na sua quase totalidade em consequência da actividade exercida numa pedreira situada nas imediações, pela edificação de uma moradia justamente no centro do monte em que se ergue o povoado, assim como a edificação de um complexo de piscinas.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

 
Ajude a melhorar este artigo sobre Arquitetura ilustrando-o com uma imagem. Consulte Política de imagens e Como usar imagens.
  Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.