Caturaí
  Município do Brasil  
Hino
Gentílico caturaiense
Localização
Localização de Caturaí em Goiás
Localização de Caturaí em Goiás
Caturaí está localizado em: Brasil
Caturaí
Localização de Caturaí no Brasil
Mapa de Caturaí
Coordenadas 16° 26' 48" S 49° 29' 21" O
País Brasil
Unidade federativa Goiás
Região metropolitana Região Metropolitana de Goiânia
Municípios limítrofes Inhumas, Araçu, Goianira, Trindade e Avelinópolis.
Distância até a capital 33 km km
História
Aniversário 14 de novembro de 1958
Administração
Prefeito(a) Divina Aparecida Zago (PDT, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 207,154 km²
População total (IBGE/2018[2]) 5 038 hab.
Densidade 24,3 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [3]) 0,664 médio
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 34 556,957 mil
PIB per capita (IBGE/2014[4]) R$ 10 709,57

Caturaí é um município brasileiro do estado de Goiás. Possui uma área 205,075 Km², e sua população estimada em 2017 é de 5 038 habitantes.[2]

Até no ano de 2015 ocorria na praça central, a Festa do Arroz, que era uma dedicação à lavoura comunitária. Atualmente, ocorre o Encontro de Carreiros, que teve sua primeira edição no ano de 2017, o evento mantém a tradição e a cultura goiana. No mês de junho, por volta do dia 13, ocorre a tradicional festa a Santo Antônio de Pádua, padroeiro da cidade.

HistóriaEditar

O município de Caturaí, teve início na década de 30, com a mudança de Antônio Moreira de Melo, paulista que veio se estabelecer em Goiás.

Antônio com sua família, Carolina da Luz (esposa), e Virgílio Moreira de Melo (filho), compraram uma fazenda chamada Rio do Peixe.

A família de Antônio doou uma parcela de quatro alqueires para famílias carentes da região, onde começaram as primeiras construções. O povoado em sua fundação era freguesia de Inhumas.

Em seguida, um senatório e um centro espírita foram inaugurados no dia 8 de janeiro de 1938[5].

Com a aglomeração de pessoas foi fundado o povoado, cujo nome original era Santo Antônio de Pádua, que permaneceu como seu padroeiro.

O plano da cidade foi elaborado por João Miguel de Lima, genro de Virgílio de Melo, com o auxílio de um topógrafo ou técnico agrimensor (conforme imagem da Planta Original da Cidade de Caturaí[6]). A planta apresenta pequenas alterações se comparada com imagens recentes de satélite. No verso do mapa consta o nome de Manoel Lopes da Silva, porém, não está claro qual a sua participação no processo.

SaneamentoEditar

36,4% das residências possui esgotamento sanitário básico adequado. (IBGE 2010)

ReligiãoEditar

Predominantemente católica: 62%, seguido por evangélica 18% e espirita 7% (dados IBGE 2010)

 
Plano Urbanístico Original do Povoado de Santo Antônio de Pádua, atual Cidade de Caturaí, Goiás. Realizado por João Miguel de Lima, cerca de 1940-44.

HidrografiaEditar

Ribeirão Rio do Peixe.

Córrego Pateiro

Córrego Serra abaixo

EconomiaEditar

Basicamente agropecuária.

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. a b «Estimativas 2018». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 4 de janeiro de 2019 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. Prefeitura de Caturaí (s.d.). «Historia Caturaí». Prefeitura de Caturaí. Consultado em 6 de outubro de 2014 
  6. Arquivo pessoal do arquiteto Alan Miguel de Lima

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre municípios do estado de Goiás é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.