Abrir menu principal

Caxambu ou bendenguê é o tambor cerimonial maior ou principal utilizado na manifestação cultural afro-brasileira denominada jongo (à qual, inclusive, empresta o nome em algumas regiões) e no bailado moçambique.[1]

HistóriaEditar

No final dos anos 1940, no interior do Espírito Santo, era um instrumento feito com uma tora de madeira tosca e oca, com couro esticado de animais em ambos os lados. Duas pessoas se sentavam nele, de costas uma para a outra, e cantavam desafios entre si. Diziam que as pessoas não conseguiam se levantar durante horas, por algum efeito místico misterioso.

EtimologiaEditar

Seu nome talvez seja uma transliteração de tchinguvo (ka-tchinguvo), grande tambor tradicional incumbido da transmissão de mensagens a longa distância utilizado pelos povos quimbundos da República de Angola.

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 375.

Referências bibliográficasEditar

  • O Jongo- Maria de Lourdes Borges Ribeiro – Ed. Funarte 1984
  • José Redinha -Instrumentos Populares de Angola, Coimbra, Portugal, 1984.
  • Arquivo Grupo Vissungo -1975 /1996


  Este artigo sobre instrumento musical é um esboço relacionado ao Projeto Música. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.