Abrir menu principal
Cedric Gibbons
Nome completo Austin Cedric Gibbons
Nascimento 23 de março de 1893
Dublin, Irlanda
Morte 26 de julho de 1960 (67 anos)
Los Angeles, Califórnia
Cônjuge Dolores del Rio (c. 1930–41)
Hazel Brooks (c. 1944–60)
Ocupação Diretor de arte
Cenografista
Período de atividade 1919–1956

Austin Cedric Gibbons (Dublin, 23 de março de 1893 — Los Angeles, 26 de julho de 1960) foi um diretor de arte e designer de produção irlandês para a indústria cinematográfica.

Ele é creditado como um dos fundadores da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e criador da estatueta do Óscar em 1928, prêmio para qual ele foi nomeado trinta e nove vezes na categoria melhor direção de arte, dos quais ganhou onze.[1][2][3]

As cenografias de Gibbons, particularmente aquelas em filmes como Born to Dance (1936) e Rosalie (1937), fortemente inspiraram o movimento de arquitetura teatral do cinema no final dos anos 1930 até 1950. O estilo é encontrado muito claramente nos longas que foram dirigidos pelos irmãos Skouras.

Sepultado no Calvary Cemetery (Los Angeles).

Prêmios e indicações ao ÓscarEditar

Referências

  1. «Cedric Gibbons Biography». theoscarsite.com. Consultado em 28 de fevereiro de 2010 
  2. «Find A Grave: Cedric Gibbons». findagrave.com. Consultado em 28 de fevereiro de 2010 
  3. "Nominee Facts - Most Nominations and Awards", Academy of Motion Picture Arts and Sciences; retrieved 29 de novembro de 2015.

BibliografiaEditar

  • "Cedric Gibbons Architect of Style", LA Modernism catalog, Maio de 2006, pp. 16–17 por Jeffrey Head

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.