Celestino Aós Braco

Celestino Aós Braco
Cardeal da Igreja Católica
Arcebispo de Santiago do Chile
Hierarquia
Papa Francisco
Ministro-geral Frei Roberto Genuin, O.F.M.Cap.
Atividade eclesiástica
Ordem Ordem dos Frades Menores Capuchinhos
Diocese Arquidiocese de Santiago do Chile
Nomeação 27 de dezembro de 2019
Entrada solene 11 de janeiro de 2020
Predecessor Dom Ricardo Cardeal Ezzati Andrello, S.D.B.
Mandato 2019 — atual
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 30 de março de 1968
Pamplona
por Ignacio Gregorio Larrañaga Lasa, O.F.M. Cap.
Nomeação episcopal 25 de julho de 2014
Ordenação episcopal 18 de outubro de 2014
Catedral de Copiapó
por Ivo Scapolo
Nomeado arcebispo 27 de dezembro de 2019
Brasão arquiepiscopal
Coat of arms of Celestino Aós Braco.svg
Cardinalato
Criação 28 de novembro de 2020
por Papa Francisco
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santos Nereu e Aquileu
Brasão
Coat of arms of Celestino Aós Braco (cardinal).svg
Lema Amar y Servir
Dados pessoais
Nascimento Artaiz
6 de abril de 1945 (76 anos)
Nacionalidade espanhol
chileno
Funções exercidas -Bispo de Copiapó (2014-2019)
-Administrador Apostólico de Santiago do Chile (2019)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Celestino Aós Braco O.F.M. Cap. (6 de abril de 1945) é um frei, psicólogo, teólogo, filósofo e cardeal da Igreja Católica navarro, atual arcebispo de Santiago do Chile.

BiografiaEditar

Nasceu no concelho navarro de Artaiz, no município de Unciti em 6 de abril de 1945.[1]

Estudou Filosofia em Saragoça e Teologia em Pamplona. Entrou então na Universidade de Saragoça, mas formou-se em Psicologia pela Universidade de Barcelona e ao terminar o ensino superior, ingressou na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, na qual fez os votos de Franciscano Capuchinho em Sangüesa, em 1964 e os temporários em 1967, em Pamplona. Lá foi finalmente ordenado presbítero em 30 de março de 1968, por Dom Ignacio Gregorio Larrañaga Lasa, OFM. Cap., Bispo de Pingliang.[1][2]

Algum tempo depois da ordenação, trabalhou como professor e como vigário de Tudela e Saragoça.

Em 1983 foi enviado por sua ordem ao Chile, onde atuou como Vigário da Paróquia Longaví, Superior da Comunidade de Los Angeles, Pároco da Paróquia San Miguel de Viña del Mar, Pároco da Região Recreo , Vigário Episcopal para a Vida Consagrada da Diocese de Valparaíso e em 2008 foi Vigário de San Francisco de Asís em Los Angeles. Além disso, também foi Ecônomo Provincial dos Capuchinhos do Chile, Promotor de Justiça do Tribunal Eclesiástico de Valparaíso, Juiz do Tribunal da Arquidiocese de Santísima Concepción e Tesoureiro da Associação Chilena de Direito Canônico.[1]

Em 25 de julho de 2014, foi nomeado Bispo da Diocese de Copiapó pelo Papa Francisco,[3] recebendo a consagração episcopal na Catedral de Copiapó,[4] em 18 de outubro do mesmo ano,[1][2] tendo como consagrador Dom Ivo Scapolo, arcebispo-titular de Tagaste e núncio apostólico no Chile, e seus co-consagradores foram Dom Gaspar Francisco Quintana Jorquera, C.M.F., bispo-emérito de Copiapó e Dom Pablo Lizama Riquelme, arcebispo de Antofagasta.[2]

Em 23 de março de 2019, o Papa Francisco o nomeou administrador apostólico sede vacante et ad nutum Sanctæ Sedis da Arquidiocese de Santiago do Chile, após a saída do Arcebispo Ricardo Ezzati Andrello,[2][5] acusado em uma investigação em larga escala de abusos sexuais que envolveu toda a hierarquia eclesiástica chilena, levando à sua renúncia em massa.[6]Por isso também assumiu como pró-grão-chanceler da Pontifícia Universidade Católica do Chile.[7] Em 27 de dezembro de 2019, o Papa o nomeou arcebispo da mesma Sé,[8] dando entrada solene em 11 de janeiro de 2020.[2]

Em 25 de outubro de 2020, o Papa Francisco anunciou a sua criação como cardeal no consistório programado para 28 de novembro de 2020.[9] Recebeu o anel cardinalício, o barrete vermelho e o título de cardeal-presbítero de Santos Nereu e Aquileu.[10] Em 16 de dezembro de 2020, o Papa o nomeou membro da Pontifícia Comissão para a América Latina.[11]

Referências

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Celestino Aós Braco


Precedido por
Gaspar Francisco Quintana Jorquera, C.M.F.
 
Bispo de Copiapó

20142019
Sucedido por
Ricardo Basilio Morales Galindo, O. de M.
Precedido por:
Ricardo Ezzati Andrello, S.D.B.
 
Arcebispo de Santiago do Chile

Sucedido por:
incumbente
 
Grão-chanceler da PUC Chile

2019
Precedido por
Theodore Edgar McCarrick
 
Cardeal-presbítero de
Santos Nereu e Aquileu

2020
Sucedido por
incumbente