Abrir menu principal

Celmo Celeno Porto

Celmo Celeno Porto
Nome completo Celmo Celeno Porto
Nascimento 16 de março de 1934
Araguari, MG
Nacionalidade  Brasil
Ocupação cardiologista
Magnum opus Semiologia médica

Celmo Celeno Porto (Araguari,[1] 16 de março de 1934[2]) é um médico cardiologista brasileiro, professor do curso de Medicina da Universidade Federal de Goiás e do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde.

Escreveu vários livros na área de cardiologia e semiologia. É doutor em clínica médica pela Universidade Federal de Minas Gerais, com a tese intitulada O Eletrocardiograma no Prognóstico da Doença de Chagas.

É filho do também médico e político Calil Porto, que foi o primeiro prefeito de cidade mineira de Abadia dos Dourados, situada na divisa de Minas Gerais com o sul goiano.

Ex-presidente da Regional de Goiás da Sociedade Brasileira de Clínica Médica.[3] É um dos sócios-fundadores da Sociedade Goiana de Cardiologia, sendo também seu presidente de 1981 a 1983.[4] Também foi fundador e presidente da Academia Goiana de Medicina da qual foi o primeiro presidente.[2] Recebeu o título de professor emérito da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Goiás.[2] É membro Honorario da Academia Nacional de Medicina.

FormaçãoEditar

  • Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais em 1958
  • Especialista em cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia
  • Especialista em clínica médica pela Sociedade Brasileira de Clínica Médica
  • Doutor em clínica médica pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais em 1963, com a tese O Eletrocardiograma no Prognóstico da Doença de Chagas (Arq. Bras. Cardiol.. 17:313, 1964)

LivrosEditar

  • PORTO, Celmo Celeno. Exame Clínico - Bases para a Prática Médica. 8ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan, 2017. 544 páginas. [5]
  • PORTO, Celmo Celeno; PORTO, Arnaldo Lemos. Semiologia Médica. 7ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan, 2014. 1320 páginas. [6]
  • PORTO, Celmo Celeno. Doenças do Coração - Prevenção e Tratamento. 2ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan, 2005. 1118 páginas. [7]
  • PORTO, Celmo Celeno. Vademecum de Clínica Médica. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan, 3ª Edição. 1070 páginas. [8]
  • Porto, Celmo Celeno. Dr Calil Porto. O menino e a borboleta. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan. 2010.
  • Porto, Celmo Celeno. Clínica Médica na Prática Diária. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan. 2016. 1ª Edição, 1482 páginas.

Referências

  1. Prof. Celmo Celeno Porto, fundador do PPGCS, é eleito para a Academia Nacional de Medicina acessado em 17 fev 2016
  2. a b c «AGM-Celmo Celeno Porto». Consultado em 25 de novembro de 2010 
  3. «SBCM - Regionais». Consultado em 25 de novembro de 2010 
  4. «SBC / GO - História». Consultado em 25 de novembro de 2010 
  5. «Google Books - Exame Clínico». Consultado em 25 de novembro de 2010 
  6. «Google Books - Semiologia Médica». Consultado em 25 de novembro de 2010 
  7. «Google Books - Doenças do Coração». Consultado em 25 de novembro de 2010 
  8. «Google Books - Vademecum». Consultado em 25 de novembro de 2010 

Ligações externasEditar