Cemitério de Highgate

Cemitério de Highgate
Entrance to Highgate West Cemetery - geograph.org.uk - 1691935.jpg

Entrada oeste do Cemitério de Highgate

País
Endereço
Superfície
149 733,7 m2Visualizar e editar dados no Wikidata
Sepultamentos
170 000Visualizar e editar dados no Wikidata
Entrada em serviço
20 de maio de 1839 (181 anos)
Estatuto patrimonial
Edifício listado como Grade I (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Find a Grave
Coordenadas

O Cemitério de Highgate é um cemitério localizado na cidade de Londres, Reino Unido. Construído durante a segunda metade da década de 1830, foi consagrado pelo Bispo Charles James Blomfield em 20 de maio de 1839, tendo o primeiro enterro ocorrido em 26 de maio, seis dias depois. No total, possui aproximadamente 170 000 pessoas sepultadas.[1][2]

História e desenvolvimentoEditar

No início do século XIX, o crescimento da população de Londres e o consequente aumento da quantidade de óbitos mostraram-se como problemas. Durante a década de 1830, o Parlamento, buscando amenizar a questão, determinou a construção de sete cemitérios: Kensal Green, West Norwood, Highgate, Abney Park, Brompton, Nunhead e Tower Hamlets. Em 1836, outro ato do Parlamento criou a The London Cemetery Company, sob a direção do arquiteto Stephen Geary. Foram comprados dezessete acres de terras no lado oeste da Swain's Lane e, entre 1836 e 1839, Geary e os também arquitetos James Bunstone Bunning e David Ramsey trabalharam na construção do cemitério e de seus jardins. Em 20 de maio de 1839, uma segunda-feira, o cemitério foi consagrado pelo Bispo Charles James Blomfield, tendo sido reservados quinze acres para utilização por membros da Igreja e os outros dois para pessoas que não tinham vínculo com a Igreja Anglicana. O primeiro enterro foi o de Elizabeth Jackson, ocorrido em 26 de maio do mesmo ano.[1]

O cemitério mostrou-se um negócio lucrativo, o que fez com que em 1854 a London Cemetery Company comprasse mais vinte acres no outro lado da avenida, para ampliá-lo. Essa área adjacente, conhecida como Cemitério do Leste, foi inaugurada em 1856, tendo seu primeiro enterro ocorrido em 12 de junho de 1860. A conexão entre as duas áreas se dava por meio de um túnel abaixo da avenida.[1]

No entanto, no início do século XX os enterros e funerais mais elaborados passaram a perder importância para a população de Londres. Além disso, a manutenção das sepulturas já adquiridas também foi sendo paulatinamente abandonada pelos proprietários, o que fez com que a renda do cemitério diminuísse significativamente. Em 1956, como forma de obter recursos, a London Cemitery Company vendeu algumas áreas até que, em 1960, declarou falência e foi absolvida pela United Cemetery Company. Porém, a nova companhia também não conseguiu manter o cemitério, que acabou sendo fechado.[1]

Em 1975 foi fundada a organização The Friends of Highgate Cemetery, que obteve a propriedade da área em 1981 e vem administrando-a desde então, utilizando os fundos arrecadados com ingressos e visitas para arcar com a manutenção e restauro das estruturas.[1][2][3]

ArquiteturaEditar

Situado em um ponto alto de Londres e portanto privilegiado, a cerca de 115 metros acima do nível do mar, foi construído com a intenção de ser um cemitério para a elite londrina. Possui duas capelas, uma para membros da Igreja e outra para não-membros, localizadas ambas em um edifício único que serve também como entrada para o terreno.[1]

Uma das estruturas de destaque é a Avenida Egípcia, composta por uma entrada em forma de arco seguida por 32 abóbadas que conduzem ao Círculo do Líbano, com mais 36 abóbadas, construídas a partir da escavação do solo no local.[1]

SepultamentosEditar

 
Túmulo de Karl Marx.

Dentre as personalidades notórias enterradas no cemitério, estão:

Referências

  1. a b c d e f g Bickersteth, Justin. «History» (em inglês). Highgate Cemetery. Consultado em 6 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 6 de agosto de 2020 
  2. a b c d e f «Frequently Asked Questions» (em inglês). Highgate Cemetery. Consultado em 9 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 16 de fevereiro de 2013 
  3. «The Friends» (em inglês). Highgate Cemitery. Consultado em 9 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 9 de agosto de 2020 
  4. a b c d e f g h i Johnson, Ben. «Highgate Cemetery» (em inglês). Historic UK. Consultado em 9 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 9 de agosto de 2020 
  5. a b c d e f g h i j k l m n o p q r Bartlett, Nicola (30 de março de 2017). «Who are the other notable people buried with George Michael at London's Highgate Cemetery?» (em inglês). Mirror. Consultado em 9 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 9 de agosto de 2020 
  6. a b c d e f g «Who's here» (em inglês). Highgate Cemitery. Consultado em 9 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 9 de agosto de 2020 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cemitério de Highgate