Central (departamento)

departamento do Paraguai
Central
  Departamento  
Símbolos
Bandeira de Central
Bandeira
Brasão de armas de Central
Brasão de armas
Localização
Localização de Central
Capital Areguá
País Paraguai
Características geográficas
Área total 2 465 km²
População total (2002) 1 363 399 hab.
Densidade 553,1 hab./km²
ISO 3166-2 PY-11

Central é um departamento do Paraguai. Sua capital é a cidade de Areguá. Trata-se do departamento número 11 dos 17 que conformam o país, é o menor departamento mas o mais povoado representando ao 35% da população do país, o de melhores níveis sociais e infra-estrutura e o que concentra mais de 56% das indústrias do país.

HistóriaEditar

O Departamento Central, reconhecido como Comarca Asuncena, foi a região mais antigamente povoada do país.[1]

Um dos principais nomes das fundações dos distritos do departamento foi Domingo Martínez de Irala,[2] que fundou os distritos de Itá e Areguá, a capital. O distrito de Luque formou-se a partir de uma vila espanhola. Os distritos de Villeta e Tapuá, hoje denominada Mariano Roque Alonso, foram fundadas com o objetivo de estabelecer fortes militares para a defesa.

Outras cidades como Capiatá e Itauguá foram se desenvolvendo entorno de centros religiosos. As cidades que fazem parte do departamento se localizam uma próxima da outra devido aos constantes ataques indígenas, que não permitiram uma maior penetração no território. Posteriormente se formaram os distritos de Guarambaré, Ypané e Ñemby.

As cidades de Nueva Itália e Villa Elisa que se nasceram a partir de colônias agrícolas já nos séculos XIX e XX, com a população originária de imigrantes. Em 1985, foi criado o último distrito do departamento, denominado Saldívar, ficando constituída de forma definitiva a divisão política do departamento.

GeografiaEditar

 
Orla do Rio Paraguai.

ClimaEditar

No verão, as máximas podem chegar aos 40°C, e no inverno, cair até 0°C. A média anual é de 22°C. O índice de precipitação anual gira entorno de 4000 mm. O período mais chuvoso vai de janeiro e abril, sendo os meses mais secos de junho a agosto.[3]

HidrografiaEditar

O departamento é banhado pelo Rio Paraguai e seus afluentes, dentre os principais o Rio Salado, que deságua no Lago Ypacaraí e o Arroio Ytororó.[4] Há nesta região alguns lagos, como o Ypacaraí, o Ypoá e a Lagoa Cabral.

LocalizaçãoEditar

O departamento está localizado no oeste da região oriental do Paraguai. Rodeia a capital, Assunção, sendo que esta não está inclusa em nenhum departamento. Limita-se ao norte com os departamentos de Presidente Hayes e Cordillera, a sul com o Departamento de Ñeembucú, a leste com o Departamento de Paraguarí, e a oeste com a cidade de Assunção e a Argentina, separada pelo Rio Paraguai.

SubdivisõesEditar

O departamento está dividido em 19 distritos:

Distrito Área População (2011)


Areguá 114 75.391
Capiatá 88 232.257
Fernando de la Mora 20 180.753
Guarambaré 30 29.719
Itá 182 90.101
Itauguá 126 99.395
Julián Augusto Saldívar 32 63.862
Lambaré 27 190.341
Limpio 110 97.008
Luque 152 323.621
Mariano Roque Alonso 40 96.708
Ñemby 29 96.248
Nueva Italia 386 15.700
San Antonio 23 43.263
San Lorenzo 56 320.018
Villa Elisa 18 77.617
Villeta 868 40.256
Ypacaraí 111 33.504
Ypané 53 38.829

EconomiaEditar

O departamento caracteriza-se por possuir uma maior atividade industrial, sendo o principal polo industrial do país. O principal ramo da indústria presente é o alimentício. São encontradas indústrias de menor porte que produzem álcool, calçados, cigarros e tecidos. Por ser densamente povoado e possuir poucas terras para a produção agropecuária, é possível encontrar pequena granjas, culturas de hortaliças e frutas, e pequenos centros produtores de leite e derivados. As principais culturas cultivadas são o tomate, o morango, o abacaxi, a pimenta, a cana de açúcar, o pimentão e o limão.

Atrativos turísticosEditar

É um dos principais destinos turísticos do país, sendo lá localizado o Lago Ypacaraí. Tal lago constitui um atrativo natural muito importante para a cidade de Areguá, capital do departamento, está localizada as margens deste lago.

Por ser o centro inicial da colonização, e depois do país, o departamento muitos museus, lugares históricos e centros culturais. Também são encontrados parques e espaços verdes conservados para a prática de esportes ao ar livre. A hotelaria constitui uma importante setor da economia local.

InfraestruturaEditar

EducaçãoEditar

Em todo o departamento existem aproximadamente 830 instituições de ensino. Na educação Universitária destaca-se a cidade de San Lorenzo, que, por ser sede de diferentes estabelecimentos universitários, recebeu o nome de Cidade universitária. Ali encontra-se a sede da Universidade Nacional, um dos centros mais importantes do país.

MídiaEditar

O departamento conta com muitas emissoras de radio, principalmente em frequência AM. Também conta com vários canais de televisão aberta e serviços de transmissão de sinal por cabo.

TransportesEditar

Por estar localizado no entorno da capital, o departamento é servido pelas mais importantes rodovias do país. As principais rodovias são a Rota I, que segue até Encarnación, capital do Departamento de Itapúa; a Rota II, que segue até Cidade do Leste, capital do Departamento de Alto Paraná; a Rota III, que segue até o norte do país; a Rota IX, que segue em direção ao Gran Chaco.[5]

As vias fluviais que servem o departamento, passam pelo Rio Paraguai, cujo os principais portos são os de Assunção e Villeta. Sua principal instalação aérea é o Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi, localizado na cidade de Luque.

Referências

  1. admin (9 de junho de 2016). «Assunção». Portal São Francisco. Consultado em 1 de agosto de 2020 
  2. «Domingo Martínez de Irala | Spanish explorer». Encyclopedia Britannica (em inglês). Consultado em 1 de agosto de 2020 
  3. «El clima del Paraguay - Escolar - ABC Color». www.abc.com.py (em espanhol). Consultado em 5 de agosto de 2020 
  4. «NGA GeoNames Additional Attributes». geonames.nga.mil. Consultado em 5 de agosto de 2020 
  5. «Rutas del Paraguay - Escolar - ABC Color». www.abc.com.py (em espanhol). Consultado em 5 de agosto de 2020 

BibliografiaEditar

  • Geografia do Paraguai - Editorial Hispana Paraguai S.R.L.- 1a. Edição 1999 - Assunção Paraguai
  • Geografia Ilustrada do Paraguai - ISBN: 99925-68-04-06 - Distribuidora Arami S.R.L.
  • A Magia de nossa terra. Fundação em Aliança. Assunção. 2007.
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Central (departamento)

Ligações externasEditar