Centro de Ensino Unificado de Brasília Esporte Clube

Clube de futebol brasileiro fundado em 1968 e extinto em 1976
 Nota: Para a instituição de ensino superior, veja Centro de Ensino Unificado de Brasília.

O Centro Esportivo Universitário de Brasília (CEUB), posteriormente CEUB Esporte Clube, foi um clube de futebol brasileiro, sediado em Brasília, no Distrito Federal. Costumava mandar seus jogos no Estádio Pelezão e encerrou as atividades de futebol em agosto de 1976.

CEUB
Nome Centro de Esportivo Universário de Brasília Esporte Clube
Principal rival CSU
Fundação 1968
Extinção 1976
Estádio Pelezão
Capacidade 40,000
Localização Brasília, DF, Brasil
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

História

editar

Fundado em 17 de outubro de 1968 por alunos do Centro de Ensino Unificado de Brasília,[carece de fontes?] o CEUB foi a primeira equipe brasiliense a disputar a divisão principal do campeonato nacional, em 1973.[1]

Para disputar o campeonato nacional, o CEUB precisava se profissionalizar, além de contar com um estádio com capacidade mínima exigida para mandar seus jogos.[1] Desta forma, a agremiação mudou o nome para CEUB Esporte Clube, e o clube se desligou administrativamente do centro universitário que o dera origem. A instituição, porém, manteve a ajuda financeira e continuou cedendo bolsas de estudo aos atletas. Além disso, reformou e ampliou a toque de caixa o Estádio Edson Arantes do Nascimento, o Pelezão, que passou a receber até 40 mil pessoas.[1]

Entretanto, a vida da equipe foi curta. A primeira edição do Campeonato Brasiliense, em 1976, marcou também o fim do CEUB. O time ganhou os dois primeiros turnos. Liderava o terceiro e último quando a federação local virou a mesa, determinando que fosse disputado um quadrangular para apontar o campeão e representante do Distrito Federal no Brasileirão. A diretoria do CEUB Esporte Clube não aceitou.

Irritado com a posição do CEUB Esporte Clube, Heleno Nunes, presidente da antiga CBD (hoje CBF), determinou que o Distrito Federal não teria representante no Brasileirão. A manobra antecipou o fim do clube, que também apresentava problemas financeiros depois de ter representado o Distrito Federal em 3 edições do Campeonato Brasileiro da Primeira Divisão. Hoje, tudo que restou do CEUB foram troféus e recortes de jornais guardados no escritório de Adílson Peres, advogado, que foi o presidente do CEUB naquela época. "Sinto saudade daquele time", afirma.

Campeonato brasiliense de 1971

editar

o CEUB estreou no campeonato brasiliense em 29 de agosto de 1971 contra o Jaguar. Vitória do CEUB por 1 a 0.

Uma coincidência: No final o clube terminou na terceira posição com oito pontos em oito jogos (3 V, 2 E, 3 D, 12 GP, 12 GC).

O clube ainda contou com o artilheiro da competição: Dinamite com oito gols.

Vice campeonato brasiliense de 1972

editar

Após a terceira posição em 1971 o CEUB entrou como um dos favoritos ao título em 1972.

Em um campeonato disputado o CEUB perdeu o título para o Serviço Gráfico. No primeiro jogo um empate sem gols. No segundo jogo vitória do Serviço Gráfico por 2 a 1. No terceiro e decisivo jogo outro empate sem gols e o título ficou com o Serviço Gráfico.

Campeão brasiliense de 1973

editar

Após bater na trave um ano antes enfim o CEUB conquistou o título brasiliense. Na final o clube enfrentou o Relações Exteriores na final e após dois empates o CEUB venceu o terceiro e decisivo jogo por 1 a 0, com gol de Lucas.

Confira os jogos da final:

10/02/1974 CEUB 1 x 1 Relações Exteriores

17/02/1974 Relações Exteriores 1 x 1 CEUB

19/02/1974 CEUB 1 X 0 Relações Exteriores

Campeonato brasiliense de 1974

editar

O campeonato de 1974 foi conturbado e repleto de desistências e punições. Mesmo assim o CEUB terminou na terceira posição.

Campeonato brasiliense de 1975

editar

Em 1975 o clube foi apenas quinto colocado mais teve o artilheiro do certame, Lucas com 11 gols.

Campeonato brasiliense de 1976

editar

O CEUB estava muito próximo de conquistar o bicampeonato estadual quando após desavenças com a federação fez o clube desistir da disputa e logo após o time foi extinto.

Histórico em campeonatos brasileiros

editar

Campeonato Brasileiro de 1973

editar

Foi apenas 33º colocado entre 40 clubes.[carece de fontes?] A sua estreia na elite foi no empate sem gols com o Botafogo. Coube a Péricles marcar o primeiro gol do clube, na derrota para o Coritiba por 2 a 1, na segunda rodada da competição. A primeira vitória veio na rodada seguinte contra o Figueirense. O time de Brasília venceu por 2 a 1 com dois gols de Péricles. Na rodada seguinte vitória sobre o Cruzeiro por 2 a 0. Outros resultados importantes foram o empate sem gols com o São Paulo e a vitória sobre o Corinthians,por 2 a 1, todos em Brasília.[2]

No geral o clube fez uma boa participação no seu primeiro campeonato brasileiro, terminando na 33ª colocação.

Campanha: 28 jogos, 08 vitórias, 06 empates, 14 derrotas, 23 gols marcados e 33 gols sofridos.

Artilharia: 05 gols: Juraci; 04 gols: Péricles; 03 gols: Dario e Xisté; 02 gols: Cláudio e Fernandinho; 01 gol: Gilberto, Marco Antônio, Odair e Rildo.[3]

Campeonato Brasileiro de 1974

editar

Entre 40 clubes o CEUB ficou apenas na 37ª posição.[carece de fontes?] Na sua segunda participação o time estreou com derrota para o Corinthians, por 2 a 1. O CEUB disputou os setes primeiros jogos como mandante, com a seguinte campanha: duas vitórias, dois empates e uma derrota. [4]

O resultado mais relevantes foram os empates com o Palmeiras (1 x 1) e com o São Paulo (1 x 1). O clube terminou na 19ª posição no grupo B entre vinte clubes, com a seguinte campanha: 19 jogos, 03 vitórias, 06 empates, 10 derrotas, 12 gols marcados e 23 gols sofridos. [3]

Campeonato Brasileiro de 1975

editar

Na primeira fase o CEUB foi o nono colocado no grupo D, o que levou o clube a repescagem. Na repescagem o time foi eliminado. [carece de fontes?] Na primeira fase o clube conseguiu como resultados mais relevantes os empates contra Grêmio (0 x 0) e Portuguesa (1 x 1), fora de casa e o empate com o Santos (2 x 2) em casa.[5]

Campanha: 11 jogos, 03 vitórias, 05 empates, 03 derrotas, 12 gols marcados e 12 gols sofridos.

O time disputou a repescagem no grupo que tinha: Náutico, Bahia, Americano, Desportiva e CSA. O CEUB começou a competição vencendo em casa o Desportiva (2 a 0) e empatando fora com o CSA (1 X 1). Os dois próximos jogos seriam em casa e em ambos saiu derrotado para o Americano (2 x 0) e para o Bahia (2 x 1). Na última rodada derrota por 3 a 0 para o Náutico. [6]

Campanha total: 31º lugar, 16 jogos, 04 vitórias, 06 empates, 06 derrotas, 16 gols marcados e 20 gols sofridos. [7]

Desempenho contra os 12 times grandes

editar

Atlético-MG : 05 J - 0 V - 02 E - 03 D - 06 GP -10 GC [8]

Botafogo: 06 J - 0 V - 03 E - 03 D - 02 GP - 11 GC [9]

Corinthians: 03 J - 01 V - 01 E - 01 D - 05 GP - 05 GC [10]

Cruzeiro: 03 J - 01 V - 01 E - 01 D - 01 GP - 02 GC [11]

Flamengo: 05 J - 0 V - 02 E - 03 D - 05 GP - 09 GC [12]

Fluminense: 03 J - 0 V - 01 E - 02 D - 02 GP - 05 GC [13]

Grêmio: 03 J - 0 V - 02 E - 01 D - 01 GP - 02 GC [14]

Internacional: 01 J - 0 V - 0 E - 01 D - 0 GP - 01 GC [15]

Palmeiras: 01 J - 0 V - 01 E - 0 D - 01 GP - 01 GC [16]

Santos: 02 J - 0 V - 01 E - 01 D - 03 GP - 05 GC [17]

São Paulo: 02 J - 0 V - 02 E - 0 D - 01 GP - 01 GC [18]

Vasco: 02 J - 0 V - 01 E - 01 D - 03 GP - 04 GC [19]

Títulos

editar
Estaduais
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Brasiliense 1 1973
  • 1973- 33° colocado - 22 pontos - 28 jogos - 08 vitórias - 06 empates - 14 derrotas - 23 gols marcados e 33 gols sofridos.[20]
  • 1974- 37º colocado - 12 pontos - 19 jogos - 03 vitórias - 06 empates - 10 derrotas - 12 gols marcados e 23 gols sofridos. [21]
  • 1975- 31º colocado - 15 pontos - 16 jogos - 04 vitórias - 06 empates - 06 derrotas - 16 gols marcados e 20 gols sofridos. [7]

Desempenho: 49 pontos - 63 jogos - 15 vitórias - 18 empates - 30 derrotas - 51 gols marcados e 76 gols sofridos.[22]

  • Posição: 197º
  • Pontuação: 12 pontos

Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol que pontua todos os times do Brasil.

Ver também

editar

Ligações externas

editar

Referências

   Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.