Abrir menu principal

Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife


Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife
(CESAR)
Tipo Instituto de pesquisa sem fins lucrativos
Fundação 20 de maio de 1996 (23 anos)
Sede Recife, PE
Fundadores Silvio Meira, Fábio Silva e Ismar Kaufman
Organização Fred Arruda (CEO)

Eduardo Peixoto (CDO) Karla Godoy (COO)

Empregados 600+ (2019) [1]
Sítio oficial http://www.cesar.org.br

O Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife, também conhecido por seu acrônimo CESAR, é um centro de pesquisa e inovação sem fins lucrativos com sede na cidade do Recife, Pernambuco e filiais em Sorocaba, Curitiba e Manaus.[1] O CESAR foi fundado em 1996 por três professores do Centro de Informática da UFPE, Silvio Meira, Fábio Silva e Ismar Kaufman, como forma de aproximar a academia do mercado.[2]

Em 2019, o centro conta com mais de 600 funcionários e em 2018 seu faturamento foi da ordem de R$ 100 milhões.[1][3][4][5]

O CESAR é parte integrante e instituição âncora do Porto Digital, um dos maiores parques tecnológicos do Brasil também sediado em Recife.[6]

Em 2010 o instituto ganhou o prêmio Finep de Inovação na categoria de melhor instituição brasileira de ciência e tecnologia.[7]

Índice

Área EducacionalEditar

Além de atuar como centro de pesquisa e inovação, o CESAR criou um braço educacional, a CESAR School, oferecendo cursos de graduação, mestrados e doutorados profissionais.[4]

O centro iniciou sua atuação na área educacional em 2007 quando iniciou a oferta do mestrado profissional em Engenharia de Software, que foi avaliado pela CAPES em 2017 como um dos dois melhores mestrados profissionais na área de computação do país.[8] Em 2013 foi autorizada a abertura do segundo mestrado profissional, dessa vez com ênfase em Design de Artefatos Digitais.[9] A partir de 2016 o mestrado em Design passou a também ser oferecido na unidade de Manaus.[10]

Em 2016 o Ministério da Educação autorizou o CESAR a ofertar cursos de graduação[11] e começaram a ser ofertados os cursos de Ciência da Computação e Design, com abertura da primeira turma no primeiro semestre de 2018.[12] A unidade de ensino superior usa a metodologia de aprendizagem baseada em problemas, que permite o contato com demandas reais da sociedade desde os primeiros dias do curso.[13]

Em 2018 o CESAR se tornou a primeira instituição do país a oferecer um curso de doutorado na modalidade profissional.[4]

Curso/Programa Cidade ref
Graduação
Ciência da Computação Recife [11]
Design Recife [11]
Mestrado Profissional
Engenharia de Software Recife [8]
Design de Artefatos Digitais Recife [14]
Design de Artefatos Digitais Manaus [14]
Doutorado Profissional
Engenharia de Software Recife [4]

Empreendedorismo e CESAR.labsEditar

O instituto mantém uma incubadora de empresas e uma aceleradora, chamada CESAR.labs.[15] O CESAR.labs é uma das aceleradoras parceiras do programa do governo federal Start-up Brasil,[16] tendo acelerado através desse programa 12 empresas.[17] A aceleradora abre chamadas anualmente, investindo até R$ 200 mil por startup.[18] No total, o CESAR já contribuiu para a criação de mais de 50 novas empresas.[3]


Empresas incubadas e aceleradas de destaque:

Unidades e SubsidiáriasEditar

O CESAR possui quatro unidades, sendo sua sede no Recife e três filiais em Manaus, Curitiba e Sorocaba.[25]

Além das filiais, o instituto controla duas subsidiárias. O fundo de participação em empresas CESAR.PAR e a desenvolvedora de projetos de software Pitang.[23]

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. a b c «Cesar chega aos 21 anos com novos planos | Economia | Diario de Pernambuco - O mais antigo jornal em circulação na América Latina». www.impresso.diariodepernambuco.com.br. Consultado em 6 de outubro de 2017 
  2. «Recife é tech. Tudo começou com 3 professores no Cesar | EXAME.com - Negócios, economia, tecnologia e carreira». exame.abril.com.br. Consultado em 13 de maio de 2017 
  3. a b «Receita de mula sem cabeça». Valor Econômico 
  4. a b c d «CESAR multiplica o conhecimento». www.impresso.diariodepernambuco.com.br. Consultado em 16 de maio de 2018 
  5. «Cesar inaugura novo laboratório de inovação aberta». Computerworld. 27 de março de 2019. Consultado em 31 de março de 2019 
  6. «Inovação com sotaque pernambucano». Gazeta do Povo 
  7. «Premiados - Prêmio Finep». premio.finep.gov.br. Consultado em 13 de maio de 2017 
  8. a b «CIENCIA DA COMPUTAÇÃO_Relatorio_pos CTC 173.pdf». docs.google.com. Consultado em 6 de outubro de 2017 
  9. «Quem | CESAR». www.cesar.org.br. Consultado em 13 de maio de 2017 
  10. LeiaJá. «Cesar abre mestrado profissional em design». www.leiaja.com. Consultado em 13 de maio de 2017 
  11. a b c «Mendonça Filho autoriza funcionamento da Faculdade Cesar» 
  12. Pernambuco, Diario de (18 de julho de 2016). «Faculdade do Cesar começa aulas em 2018». Diario de Pernambuco 
  13. «You are being redirected...». folhape.com.br. Consultado em 20 de outubro de 2017 
  14. a b «ARQUITETURA_Relatório_pós CTC 173.pdf». docs.google.com. Consultado em 6 de outubro de 2017 
  15. «Aceleradas do CESAR.LABS são graduadas - ANPEI». ANPEI. 14 de dezembro de 2016 
  16. «Conheça o C.E.S.A.R Labs, nova aceleradora do Startup Brasil». Startupi. 27 de fevereiro de 2014 
  17. «StartupBrasil » Blog Archive » C.E.S.A.R Labs». StartupBrasil 
  18. «CESAR abre inscrições para atrair startups». Convergência Digital 
  19. «Tempest Security Intelligence: aporte de R$ 28 mi do Fundo Aeroespacial - Tecnosense». Tecnosense. 15 de abril de 2016 
  20. «Empresa de TI pernambucana recebe aporte e abre vagas». www.diariodepernambuco.com.br. Consultado em 13 de maio de 2017 
  21. «Startups de Pernambuco ganham espaço no mercado». www.diariodepernambuco.com.br. Consultado em 13 de maio de 2017 
  22. «A criação que sai do papel e vira inovação». Valor Econômico 
  23. a b «Veja a TI no ranking das 250 da Exame | Notícias | Baguete». www.baguete.com.br. Consultado em 13 de maio de 2017 
  24. «Grupo Radix equilibra suas contas em dois meses». COMPUTERWORLD. 11 de julho de 2001 
  25. «Contato | CESAR». cesar.org.br. Consultado em 13 de maio de 2017