Abrir menu principal

Centro de diversidade, também por vezes centro de origem ou centro de Vavilov, é a designação dada em biogeografia à área geográfica onde um grupo de organismos, domesticados ou não, desenvolveram inicialmente as suas características distintivas.[1][2][3] Nikolai Vavilov inicialmente identificou 8 centros de diversidade, mas em 1935 subdividiu esses centros em 12, cobrindo a generalidade dos grandes grupos taxonómicos.[4][5]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.


Notas

  1. International Treaty on Plant Genetic Resources for Food and Agriculture (ITPGRFA), artigo 2.º: «“Centre of origin” means a geographical area where a plant species, either domesticated or wild, first developed its distinctive properties.»
  2. Schütt, Schuck, Stimm: Lexikon der Baum- und Straucharten. Nikol, Hamburg 2002, ISBN 3-933203-53-8, S. 195.
  3. Gerhard Wagenitz: Wörterbuch der Botanik. 2. Auflage. Nikol, Hamburg 2008, ISBN 3-937872-94-9, S. 126.
  4. World centers of origin of Cultivated Plants, Adapted from Vavilov (1951) by R. W. Schery, Plants for Man, Prentice Hall, Englewood Cliffs, NJ, 1972
  5. History of Horticulture, Jules Janick, Purdue University, 2002

BibliografiaEditar

  • BARBIERI, R. L.; STUMPF, E. R. T. Origem e evolução de plantas cultivadas. Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica; Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2008. 909 p. Disponível em: <link>.