Cercocebus torquatus

Cercocebus torquatus é um macaco do Velho Mundo da subfamília Cercopithecinae e gênero Cercocebus.[2] Cercocebus atys já foi incluído como subespécie, mas atualmente é monotípico.[3]

Cercocebus torquatus
CercocebusTorquatus.jpg
Classificação científica edit
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Primates
Subordem: Haplorhini
Infraordem: Simiiformes
Família: Cercopithecidae
Gênero: Cercocebus
Espécies:
C. torquatus
Nome binomial
Cercocebus torquatus
(Kerr, 1792)
Cercocebus torquatus distribution.svg

DescriçãoEditar

C torquatus possui a pelagem de cor cinza com um capuz avermelhado na cabeça e um colar branco no pescoço.[4] As orelha são pretas e as pálpebras são brancas.[4] Possui a cauda de cor cinza escuro que excede o comprimento do corpo.[4] Possui molares longos e grandes incisivos.[5] Os machos pesam, em média, entre 9 e 10 kg e as fêmeas entre 7,5 e 8,6 kg.[5] Machos têm entre 47 e 67 cm de comprimento e as fêmeas, entre 45 e 60 cm.[4]

Distribuição geográfica e habitatEditar

Habita as florestas pantanosas e de terras baixas e mangues do oeste da Nigéria, leste e sul dos Camarões, passando por toda a Guiné Equatorial e Gabão, e na fronteira entre o Gabão e o Congo.[1][4]

ComportamentoEditar

C. torquatus vive em grande grupos entre 10 e 35 indivíduos, incluindo vários machos.[6][4] Sua dieta é composta por frutos e sementes, mas também come folhas, flores, invertebrados, cogumelos, e goma.[6][5] Não possui estação de acasalamento defina, e alcança a maturidade sexual entre 5 e 7 anos, e a gestação dura em média 170 dias.[6]

ConservaçãoEditar

É listado como vulnerável pela IUCN devido à perda do habitat e caça.[1] Está no Apêndice II da CITES e classificado como Clase B na Convenção Africana para Conservação da Natureza e Recursos Naturais.[1]

Referências

  1. a b c d Maisels, F.; Oates, J.F.; Linder, J.; Ikemeh, R.; Imong, I.; Etiendem, D. (2019). «Cercocebus torquatus». Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas. 2019: e.T4201A154210757. doi:10.2305/IUCN.UK.2019-1.RLTS.T4201A154210757.en . Consultado em 16 de novembro de 2021 
  2. Rowe, N. (1996). The Pictorial Guide to the Living Primates. [S.l.]: Pogonia Press, Charlestown, Rhode Island. ISBN 0-9648825-0-7 
  3. Groves, C.P. (2005). Wilson, D.E.; Reeder, D.M. (eds.), ed. Mammal Species of the World 3 ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press. 154 páginas. ISBN 978-0-8018-8221-0. OCLC 62265494 
  4. a b c d e f Matthew Richardson (26 de março de 2009). «Red-capped mangabey (Cercocebus torquatus. ARKive. Consultado em 6 de janeiro de 2012 
  5. a b c The Primata (17 de junho de 2007). «White-collared Mangabey (Cercocebus torquatus. The Primata. Consultado em 6 de janeiro de 2012 
  6. a b c Nguyen, Khoa Huu (1999). «Cercocebus torquatus». Animal Diversity Web. Consultado em 6 de janeiro de 2012 

Ligações externasEditar