Charles Corver

Charles George Reinier Corver (Leiden, 16 de janeiro de 1936Leidschendam, 10 de novembro de 2020) foi um árbitro de futebol, empresário e político neerlandês.

Charles Corver
Corver em 1980
Nome completo Charles George Reinier Corver
Nascimento 16 de janeiro de 1936
Leiden, Países Baixos
Morte 10 de novembro de 2020 (84 anos)
Leidschendam, Países Baixos
Nacionalidade neerlandês
Ocupação Empresário e político
Árbitro FIFA 1972–1983

CarreiraEditar

Filiado à FIFA em 1972, Corver apitou seu primeiro jogo internacional em novembro do mesmo ano, entre Escócia e Dinamarca, pelas eliminatórias da Copa de 1974, mas não foi selecionado para a competição.

Esteve presente na Copa de 1978, trabalhando na partida entre Áustria e Suécia, e na 1980. Na Copa de 1982, foi bandeirinha na histórica partida que terminou com vitória da Hungria por 10 a 1 sobre El Salvador, e também na vitória do Brasil por 4 a 0 sobre a Nova Zelândia, e apitou o jogo entre Inglaterra e Tchecoslováquia, na primeira fase.

Porém, Corver tornou-se conhecido na partida entre Alemanha Ocidental e França, quando não viu 2 lances, ambos envolvendo o goleiro Harald Schumacher; no primeiro, deu um empurrão em Didier Six após ser atingido, mas Corver não viu. O mais famoso foi quando Patrick Battiston, que havia entrado minutos antes, foi violentamente atingido por Schumacher. O árbitro demorou para perceber o incidente e, após permitir a entrada da equipe médica para retirar o volante, não expulsou o goleiro e deu tiro de meta, revoltando a torcida e os jogadores franceses[1]. Este foi o último jogo de Corver como árbitro em Copas do Mundo.

Em nível de clubes, Corver apitou as finais da Copa da UEFA de 1976–77 e da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1977–78. Encerrou sua carreira como árbitro em 1983, e foi eleito o árbitro neerlandês do Século XX pela revista Voetbal International em 2000, além de ter sido condecorado com a Ordem de Orange-Nassau.

Fora dos gramados, foi gerente de vendas da Heineken e líder do Partido Popular para a Liberdade e Democracia nos conselhos municipais de Leidschendam e Voorburg.

MorteEditar

Em 10 de novembro de 2020, Corver faleceu aos 84 anos, após uma longa batalha contra uma doença terminal não divulgada[2].

Referências

  1. «VIDÉO - France-RFA - Mondial 82 à Séville : l'arbitre Charles Corver revient sur son erreur». RTL.fr. Consultado em 12 de novembro de 2016 
  2. «Oud-topscheidsrechter Charles Corver (84) overleden». Algemeen Dagblad (em neerlandês). 11 de novembro de 2020. Consultado em 11 de novembro de 2020 
  Este artigo sobre um árbitro de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.