Charles Pisot

Charles Pisot
Da esquerda para a direita: Simone Weil (acompanhando seu irmão André), Charles Pisot, André Weil (parcialmente oculto), Jean Dieudonné (sentado), Claude Chabauty, Charles Ehresmann e Jean Delsarte
Nascimento 2 de março de 1910
Obernai
Morte 7 de março de 1984 (74 anos)
Paris
Cidadania França
Alma mater Escola Normal Superior de Paris
Ocupação matemático, professeur des universités
Empregador Faculdade de Ciências de Paris, Escola Politécnica
Orientador(es) Arnaud Denjoy[1]

Charles Pisot (Obernai, Alsácia, 2 de março de 1910Paris, 7 de março de 1984) foi um matemático francês. É conhecido principalmente como um dos primeiros investigadores do conjunto numérico associado com seu nome, o número de Pisot–Vijayaraghavan.

Estudou na Escola Normal Superior de Paris, onde foi recebido na agrégation em 1932. Iniciou sua carreira acadêmica na Universidade de Bordeaux, antes de ser-lhe oferecida uma cátedra na École Polytechnique. Foi membro do Nicolas Bourbaki.[2]

Referências

  1. Charles Pisot (em inglês) no Mathematics Genealogy Project
  2. Mashaal, Maurice (2006) [2002]. Bourbaki: une sociéte secréte de mathématiciens. Traduzido por Anna Pierrehumbert. [S.l.]: American Mathematical Society. 137 páginas 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.