Abrir menu principal
Clancy Wiggum
Personagem fictícia de The Simpsons
Clancy Wiggum.png
Nome original Clancy Wiggum
Idade 43 anos
Sexo Masculino
Ocupação Chefe de Polícia
Família Esposa: Sarah Wiggum
Filho: Ralph Wiggum
Pais: Iggy Wiggum e Sra. Wiggum
Voz Estados Unidos Hank Azaria
Brasil * José Luiz Barbeito (Temporadas: 1ª até a 6ª)

Clancy Wiggum (16 de novembro de 1949) é o chefe de polícia da cidade de Springfield, da série animada Os Simpsons. Pode ser considerado como uma pessoa irresponsável, incompetente e corrupta. É o pai de Ralph Wiggum, o pior aluno da classe de Lisa Simpson. Clancy Wiggum é o Delegado do Departamento de Polícia de Springfield, o braço longo e atarracado da lei. Depois de combater a acne, a caspa e muitas espinhas na infância e adolescência, o Delegado Wiggum cresceu, (e cresceu e cresceu), transformando-se no homem imponente que é hoje. Wiggum conseguiu se transformar em chefe de polícia subornando com massagens as autoridades de Springfield, como o prefeito Quimby.

Seus dois maiores sucessos de combate ao crime foram desvendar a tentativa do assassinato de C. Montgomery Burns por Maggie Simpson (um sonho levou Wiggum à pista principal), e a captura e prisão de Sideshow Bob, depois que ele raptou a família Simpson e destruiu o barco em que moravam. O maior sucesso de Wiggum como homem é seu filho Ralph Wiggum, um garotinho especial que brinca com amiguinhos especiais, que não são visíveis para ninguém mais. Fora isso, Wiggum considera um sucesso conseguir levantar da cama pela manhã. Se isso não o cansar demais, ele pode até combater um pouco o crime. Atualmente, Wiggum age como um policial americano de vida real e não é mais corrupto, evitando receber propinas, mas ainda é viciado em rosquinhas.

BiografiaEditar

O chefe Wiggum é descendente de irlandeses. O pai de Wiggum, Iggy, serviu no esquadrão de infantaria de Abe Simpson, sugerindo que os Wiggums emigraram para os Estados Unidos no início dos anos 1940. No episódio "Mother Simpson", um adolescente Wiggum era um guarda de segurança estagiário na Universidade de Springfield, quando a mãe de Homer, Mona, sabotou o laboratório da Universidade, que Burns estava usando para armas biológicas. Antibióticos usados ​​para matar as armas curaram a asma de Wiggum=, permitindo que ele se juntasse à força policial.

 
Wiggum comendo em frente ao seu próprio acidente de carro no Universal Studios Florida.

Muitos episódios têm lidado com a história de como Wiggum, apesar de sua incompetência, ocupa um papel tão alto na força policial. Tal como acontece com a maioria dos personagens de apoio no programa, eles são piadas para um episódio e se contradizem. Wiggum foi temporariamente promovido a comissário de polícia para o estado de Springfield no episódio de 2005 "Pranksta Rap".

Apesar de sua severa incompetência em sua ocupação, Wiggum ocasionalmente ajudou vários outros personagens, como ajudar Homer a encontrar sua esposa em "Marge on the Lam". Ele resgatou Maggie Simpson quando ela fugiu de casa para procurar Marge em "Homer Alone", ajudando Lisa Simpson a encontrar o agressor de Mr. Burns em "Who Shot Mr. Burns?", Bem como ajudando a apoiá-la em um protesto escolar em uma ocasião, em "The President Wore Pearls". No episódio "Pranksta Rap" ele consegue encontrar o presumido Bart Simpson seqüestrado em Kirk Van Houte no apartamento. Ele também chegou na hora certa em momentos cruciais, como nos vários momentos em que Sideshow Bob tentara matar Bart Simpson. Talvez o melhor exemplo disso seja o episódio "Mother Simpson", onde está implícito que ele leva o FBI a se desviar em sua busca por Mona Simpson, permitindo que ela escape em gratidão por curar sua asma. Embora Wiggum possa muitas vezes antagonizar os outros também, está fortemente implícito que não é por maldade, mas simplesmente porque ele está fazendo o seu trabalho ou porque ele é ignorante da situação.


  Este artigo sobre a série animada Os Simpsons é um esboço relacionado ao projeto The Simpsons. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.