Cherry Red

"Cherry Red"
Single de Bee Gees
Lado A "I Want Home" (Austrália, 1966)
Lado B "Take Hold of That Star" (Brasil, 1970)
Lançamento Fevereiro de 1970 (Brasil)
Formato(s) 7"
Gravação Fevereiro de 1966, nos estúdios da Festival Records, Sídnei, Austrália[1]
Gênero(s) Balada, Pop rock
Duração 3:07
Gravadora(s) Polydor (Brasil)
Composição B. Gibb
Produção Joe Halford[1]
Cronologia de singles de Bee Gees
"Let There Be Love" Benelux
(1970)
"If Only I Had My Mind on Something Else" Estados Unidos
(1970)

"Cherry Red" é uma canção composta em 1966 por Barry Gibb e gravada pelos Bee Gees. Foi primeiramente lançada como lado B do single australiano "I Want Home", em 1966; e depois como single independente, em 1970, no Brasil, sem alcançar as paradas de qualquer dos países.

História e gravaçãoEditar

A canção foi gravada em fevereiro de 1966. Foi a primeira (junto com "I Want Home") a ser gravada na Leedon Records com o novo equipamento de gravação em quatro faixas[1]. Apesar disto, foi a última faixa gravada ainda no selo, pois, logo após este single, os Bee Gees se mudaram para o selo Spin Records (como a Leedon, também da Festival Records), por onde gravaram o álbum posterior, Spicks and Specks.

A canção ainda merece destaque pois o álbum The Bee Gees Sing and Play 14 Barry Gibb Songs apresentava o grupo como "Barry Gibb and the Bee Gees", como também vários outros singles anteriores. "I Want Home"/"Cherry Red" retomou o nome original: "Bee Gees", que não foi mais mudado d'ora avante.

Em março de 1966, "Cherry Red" foi lançada, junto com "I Want Home", como single, na Austrália, sem fazer sucesso. O material promocional pedia às rádios que fossem executados ambos os lados do compacto[1], mas "I Want Home" é, geralmente, considerado o lado A, por ter número de série matricial menor. "Cherry Red" só foi lançada como A-side no Brasil, em 1970, tendo por B-side a canção "Take Hold of That Star", de 1963, que, na Austrália, tinha sido lado B de "Timber!". Em nenhum dos dois países, "Cherry Red" alcançou as paradas de sucesso.

Na Austrália, "Cherry Red" só foi lançada em álbum no LP Turn Around, Look at Us, de 1967. No Brasil, apenas na coletânea Autógrafos de Sucessos, de 1971.

EstruturaEditar

A canção tem solo por Barry Gibb, mas é sustentada a todo o tempo pelos vocais de apoio de Robin e Maurice Gibb. Compõe-se de: uma pequena introdução a cappella; de duas estrofes; o refrão ("I wonder why / the stars at night / shine big and bright / for me (...)"); novamente a primeira estrofe ("Cherry red, / sweeter than a honeycomb (...)"); um interlúdio instrumental em órgão Farfisa; mais uma vez o refrão; e, pela última vez, a primeira estrofe em fade out. O tom é mi maior.

Lista de faixasEditar

Todas as canções escritas e compostas por B. Gibb

7" (BRA Polydor FC 126.029)
N.º Título Duração
1. "Cherry Red"   3:07
2. "Take Hold of That Star"   2:38
Duração total:
5:45

Ficha técnicaEditar

Fontes:[1][2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d e BRENNAN, Joseph (2006–2011). «Gibb Songs : 1966». Consultado em 25 de abril de 2012 
  2. BRENNAN, Joseph (2006–2011). «Gibb Songs : 1963». Consultado em 25 de abril de 2012 
  Este artigo sobre um single de Bee Gees é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.