Alessa Gillespie

(Redirecionado de Cheryl Mason)
Alessa Gillespie
Informações gerais
Série Silent Hill
Primeiro jogo Silent Hill

Alessa Gillespie é uma personagem fictícia da série de jogos de survival horror Silent Hill. Na história, quando ela tinha sete anos, sua mãe Dahlia Gillespie, uma líder religiosa do culto pagão que existia na cidade, provocou um incêndio que tomou proporções gigantescas, porém o alvo era sua filha Alessa. A menina teve o corpo todo carbonizado no que seria parte de um ritual objetivando ressuscitar o deus d'A Ordem, que viria a nascer mediante o sofrimento de uma criança. Alessa foi dada como morta para os habitantes da cidade, porém ela sobreviveu e passou a habitar um quarto localizado no subterrâneo do Alchemilla Hospital com a supervisão de sua mãe Dahlia Gillespie e do Dr. Michael Kaufmann, um diretor do hospital, além da enfermeira Lisa Garland. Devido ao intenso sofrimento, seu espírito foi dividido e o lado bom tornou-se um bebê chamado posteriormente de Cheryl Mason enquanto o lado mau permaneceu em Silent Hill, criando o universo tenebroso da cidade.

A história de Alessa recontadaEditar

A tragédia do incêndio que abalou as estruturas de Silent Hill foi recontada no jogo Silent Hill: Origins, dessa vez com maiores detalhes ocultos no 1º jogo da série. É possível saber que Alessa foi salva da morte pelo caminhoneiro Travis Grady, que estava de passagem por Silent Hill a caminho de Brahms. Travis percebe uma casa coberta por fumaça e entra, dentro estava uma criança já completamente desfigurada por queimaduras, ao sair da casa em chamas ele desmaia com Alessa em seus braços, quando recobra os sentidos a criança já não está mais ali. Como sabemos, Alessa já estava oculta do mundo, no subterrâneo do Hospital Alchemilla. Travis então começa a procura para saber sobre a criança supostamente carbonizada na casa onde a salvara.

Pseudônimos e reencarnaçõesEditar

Cheryl MasonEditar

Cheryl Mason é filha de Harry Mason na história do primeiro jogo da série Silent Hill. Quando ela e seu pai vão a cidade de Silent Hill para tirar umas férias ela some após um acidente e Harry vai a sua busca se envolvendo nos acontecimentos dessa estranha cidade. Originalmente seu nome seria Dolores, uma referência ao nome da protagonista do filme Lolita de Stanley Kubrick, mas foi fortemente criticado e rejeitado. O nome provém da atriz americana Sheryl Lee, da série Twin Peaks, mas não tem um significado forte em particular..[1]

VersõesEditar

Nas adaptações de Silent Hill para os cinemas, Alessa foi interpretada pela atriz Jodelle Ferland, que também interpretou Sharon e Dark Alessa. Na sequência ela foi interpretada pelas atrizes Erin Pitt, que interpretou sua versão negativa, e por Adelaide Clemens que interpretou uma Sharon adolescente, claramente baseada na Heather Morris de Silent Hill 3, e uma nova personificação de Alessa, Memory of Alessa.[2]

Referências

  1. Book of Lost Memories (Traduzido por Translated Memories Arquivado em 29 de março de 2007, no Wayback Machine.). Konami, 2003. Pg 24-25, "Silent Hill Character Commentary".
  2. Translated Memories Arquivado em 27 de novembro de 2013, no Wayback Machine. - "Pages 24/25 Silent Hill Character Commentary"
  Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.