Abrir menu principal

Chico Mattoso (Paris, 2 de agosto de 1978) é um escritor, tradutor e roteirista brasileiro[1][2].

Formado em Letras pela USP, foi editor, entre 2002 e 2005, da revista literária Ácaro. Escreveu Cabras (1999), em parceria com Antonio Prata, Paulo Werneck e José Vicente da Veiga, e Parati para Mim (2003), com João Paulo Cuenca e Santiago Nazarian[3].

Em 2007 lançou seu primeiro romance, Longe de Ramiro (Editora 34)[4]. Em seguida veio Nunca vai embora (Companhia das Letras), de 2011[5].

Em 2012 foi selecionado como um dos "melhores jovens escritores brasileiros" pela revista britânica Granta.

Referências

  1. De olho neles - Chico Mattoso Arquivado em 15 de julho de 2014, no Wayback Machine. - Portal Literal, 16 de outubro de 2007
  2. Lista dos vinte melhores escritores brasileiros da "Granta" reaviva debate. Folha de S.Paulo, 16 de julho de 2012
  3. Encontros BRAVO! Fnac - O Amor na Literatura. Revista Bravo!, agosto de 2010
  4. Longe de Ramiro - Editora 34
  5. Autor vai a Cuba e conta história de amor. Livros - iG, 16 de maio de 2011

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.