Abrir menu principal

Chinês simplificado

(Redirecionado de Chinês Simplificado)
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde agosto de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

chinês simplificado (em chinês 简体中文) é um dos dois padrões de escrita da língua chinesa. É uma forma simplificada dos caracteres do chinês tradicional mantida pela Mesa Geral de Padronização de Caracteres Chineses na República Popular da China para fomentar a alfabetização.

Chinês simplificado
Hanzi.svg
À esquerda dois caracteres tradicionais e à direita e em vermelho a forma simplificada correspondente. Respectivamente: "hàn" referente à maior etnia da China Han e "Zi", que significa palavrar
TipoLogossilabário
LínguasLíngua chinesa
Período de tempo
Desde 1956
Sistemas-pais
Escrita oráculo em ossos

Atualmente o chinês simplificado é usado na República Popular da China, em Singapura e pela comunidade chinesa da Malásia, mas não é usado em Taiwan (República da China).

O chinês tradicional é usado em Hong Kong, Macau, Taiwan e também por chineses emigrados em todo o mundo, embora a forma simplificada ganhe gradualmente popularidade.

Os caracteres simplificados foram criados a partir de uma diminuição no números de traços empregados, utilizando padrões regulares, substituindo todas as ocorrências de determinado componente por uma variante mais simples. Outros caracteres foram simplificados irregularmente, de forma imprevisível do original tradicional. Outros caracteres não sofreram qualquer alteração, permanecendo idênticos aos originais tradicionais.

HistóriaEditar

A primeira simplificação de caracteres chineses ocorreu em 1935 com 324 caracteres, mas foi suspensa no ano seguinte, a República Popular da China passou a adotar oficialmente os caracteres em 1956, uma segunda versão foi publicada em 1964, houve uma modificação em 1977 que foi revertida para a anterior em 1986, durante esse período também houveram tentativas de se adotar oficialmente o Pinyin, mas sem sucesso.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar