Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Dezembro de 2008). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Chris Montez
Chris Montez em 1967.
Informação geral
Nome completo Ezekiel Christopher Montanez
Nascimento 17 de janeiro de 1943 (76 anos)
Origem Los Angeles, California
País Estados Unidos
Nacionalidade estadunidense
Gênero(s)
Ocupação(ões)
Instrumento(s)
Período em atividade 1962-1974
Gravadora(s)
Página oficial http://www.chrismontez.com

Chris Montez, nome artístico de Ezekiel Christopher Montanez (Los Angeles, 17 de janeiro de 1943) é um cantor e guitarrista estadunidense.

Índice

BiografiaEditar

Montez cresceu em Hawthorne, influenciado pela música com sabor latino de sua comunidade e pelo sucesso de Ritchie Valens. Ele estudou composição musical no El Camino College.[1] A música era parte integrante de sua vida familiar e Chris começou a cantar rancheras com seus irmãos mais velhos quando era menino. Eles o ensinaram a tocar violão e a cantar com notas altas. Pouco depois, Chris gravaria All You Had to Do Was Tell Me, que tornou-se um hit local.

Em 1962, Chris gravou o single Let's Dance, que chegou ao Top 10. Ele viria então a excursionar com Clyde McPhatter, Sam Cooke, The Platters e Smokey Robinson. No ano seguinte, enquanto estava em Liverpool com Tommy Roe, seu show foi aberto por um novo grupo inglês chamado The Beatles.

Após três anos na estrada, Montez voltou para casa em 1965 para terminar seus estudos e gravar um disco pela gravadora A & M. Herb Alpert, que sugeriu que ele cantasse baladas suaves. Em um estilo mais conservador, foram gravados os sucessos The More I See You, There Will Never Be Another You, Call Me e Time After Time.

Enquanto o rock britânico e o rock psicodélico invadiam os Estados Unidos, Chris trocou sua gravadora antiga pela CBS International e acumulou uma sequência de hits fora dos EUA que o firmaram como uma estrela internacional. Ele tem músicas gravadas em inglês e espanhol que fizeram sucesso especialmente na Áustria, na Alemanha e na Holanda.

DiscografiaEditar

ÁlbunsEditar

Ano Álbum Gravadora
1962 Let's Dance and Have Some Kinda Fun!!! London Records e Monogram Records
1966 Time After Time A&M Records
The More I See You
1967 Foolin' Around
1968 Watch What Happens
1972 Let's Dance CBS
1974 Chris Montez and Raza: Ay No Digas Caytronics
The Best Of Chris Montez CBS
1975 Time After Time A&M Records
1983 Cartas de Amor

SinglesEditar

Ano Título Posições nas tabelas Álbum
EUA AC EUA UK
1960 "I Lost My Baby" - - -
1962 "All You Had To Do (Was Tell Me)" - - - Let's Dance and Have Some Kinda Fun!!!
"Let's Dance" 4 - 2
"Some Kinda Fun" 43 - 10
1963 "(Let's Do) The Limbo" - - -
"In An English Towne" - - -
"Monkey Fever" - - -
1964 "All You Had To Do (Was Tell Me)" - - -
"It Takes Two" - - -
1965 "Call Me" 22 2 - The More I See You
1966 "The More I See You" 16 2 3
"There Will Never Be Another You" 33 4 37
"Time After Time" 36 12 - Time After Time
1967 "Because of You" 71 25 - Foolin' Around
"Foolin' Around" - - -
1968 "The Face I Love" - 15 - Watch What Happens
"Love Is Here To Stay" - 38 -
"Watch What Happens" - - -
1971 "The End Of The Line" - - -
1972 "Loco Por Ti (Crazy For You)" - - -

Referências

  1. Erika Maldonado, "Just Call Him Zeke" El Camino College Union (October 21, 2010).

Ligações externasEditar