Abrir menu principal
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Christino Áureo
Deputado federal do Rio de Janeiro Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg
Período 2018-atual
Deputado estadual do Rio de Janeiro Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg
Período 1º- 2006-2010
2º- 2010-2014
3º- 2014-2018
Secretário de Estado da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico pelo Rio de Janeiro Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg
Período 2017-2018
Secretário de Estado de Agricultura e Pecuária do Rio de Janeiro Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg
Período 2001-2017
Dados pessoais
Nome completo Christino Áureo da Silva
Nascimento 23 de abril de 1962 (57 anos)
Macaé,  Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro
Alma mater Universidade Federal Fluminense
Universidade Federal de Lavras
Partido PMN (2006-2010)
PSD (2011-2016)


PP (2016-atual)

Profissão Médico veterinário e administrador
Website https://christinoaureo.com

Christino Áureo da Silva, conhecido como Christino Áureo (Macaé, 26 de abril de 1962), é um médico veterinário, administrador e político do Rio de Janeiro, eleito deputado federal em 2018,[1] foi deputado estadual por três mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ). Foi também Secretário de Estadual de Agricultura[1] entre 2001 e 2017. De janeiro de 2017 a abril de 2018, Áureo esteve à frente da secretaria estadual da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico.[2][3]

Índice

FormaçãoEditar

É formado em Medicina Veterinária e pós-graduado em Administração Rural, pela Universidade Federal de Lavras (MG); Possui MBA em Administração, pela Fundação Getúlio Vargas e possui especialização em Políticas Públicas e Governo pela UFRJ, além ter atuado como pesquisador junto à Universidade Federal Fluminense.[carece de fontes?]

Carreira profissionalEditar

Hoje aposentado, pertence ao quadro de Administradores do Banco do Brasil, onde iniciou como Menor Aprendiz aos 14 anos de idade e, ao longo dos anos, exerceu diversos cargos de gestão em Brasília, Rio de Janeiro e outros estados, tendo atuado como representante do banco nas discussões com o Congresso Nacional sobre a Regulamentação do Sistema Financeiro do país. Experiente na gestão e no Conselho de companhias de capital aberto listadas em bolsas de valores.[4]

Carreira políticaEditar

Iniciou a carreira pública como Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico de Piraí (RJ), na gestão de Luiz Fernando Pezão. No governo do Estado do Rio de Janeiro exerceu diferentes funções tais como: presidente da EMATER-RIO - Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro, Coordenador de Desenvolvimento Econômico da Secretaria Executiva do Gabinete do Governador e Secretário de Estado de Agricultura, Abastecimento, Pesca e Desenvolvimento do Interior, no Governo de Anthony Garotinho e Secretário de Estado de Agricultura, Abastecimento, Pesca e Desenvolvimento do Interior no Governo de Rosinha Garotinho. No Governo de Sérgio Cabral, foi Secretário de Agricultura, Abastecimento, Pecuária e Pesca e ocupou o cargo[5] de Secretário de Agricultura e Pecuária no Governo Luiz Fernando Pezão[6] até janeiro de 2017.

Foi conselheiro da AgeRio[7] – Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro, órgão responsável pelo financiamento à produção do Estado e assumiu em 2017 a presidência do Conselho Nacional de secretários de Estado de Agricultura (CONSEAGRI).[8]

À frente da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento do Interior implementou programas estruturantes e setoriais, com destaque para o Rio Rural,[9] em parceria com o Banco Mundial e a ONU/FAO.

Em janeiro de 2017, Christino Áureo assume a secretaria estadual da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico.[2] Cargo este que foi ocupado por Áureo até abril de 2018.[3] Como secretário da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico trabalhou pela implantação do plano de recuperação fiscal do Estado do Rio.[10]

Christino foi eleito deputado estadual em 2006 pelo PMN, com 39161 votos.[11] Reelegeu-se ao cargo na Alerj, em 2010, novamente pelo PMN, com 74.336 votos.[12] Foi reeleito deputado estadual em 2014 pelo PSD, com 50.168 votos.[13] Em 2018, foi eleito deputado federal pelo PP, com 47.101 votos.[14]

Como deputado estadual é autor de leis como a que estabelece prazos para que a agroindústria de cana no estado reduza a prática da queimada[15] e a Lei 5.814/10, que rege a transferência de créditos de ICMS para investimento no setor lácteo.[16][17]

A frente da secretaria de Agricultura desde de 2001, implantou programas setoriais como:

O Rio Carne e Rio Leite, especificamente, foram responsáveis pela atração de indústrias do segmento para o Estado do Rio nos últimos 10 anos. Entre elas a Lactalis,[28] Grupo Frisa,[29] BRF,[30] Vigor Alimentos,[31] Nestle,[32] totalizando 51 novos empreendimentos em todo estado.[33] O fomento a Floricultura permitiu que hoje 52 municípios do estado do Rio tenham aderido a atividade, gerando 18 mil empregos diretos.[34] Criou ainda programas estruturantes como o Sanidade Rio,[35] Rio Genética,[36] Rio Rural,[37] Estradas da Produção,[38] Crédito Fundiário[39] e Eletrificação Total.[40] Um estudo da ONU destacou o programa Rio Rural como referência no estímulo a agricultura familiar com a conservação dos recursos naturais.[41]

Em abril de 2015, votou a favor da nomeação de Domingos Brazão para o Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, nomeação que foi muito criticada na época.[42]

Em 17 de novembro de 2017, votou pela revogação da prisão dos deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, denunciados na Operação Cadeia Velha, acusados de integrar esquema criminoso que contava com a participação de agentes públicos dos poderes Executivo e do Legislativo, inclusive do Tribunal de Contas, e de grandes empresários da construção civil e do setor de transporte.[43]

Atualmente, na Câmara Federal, é membro de três Comissões Parlamentares:[44] Minas e Energia; Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; Finanças e Tributação; participa da Frente Parlamentar da Agropecuária[45] e implantou a Subcomissão de Óleo e Gás no Congresso Nacional,[46] a fim de discutir assuntos importantes para o segmento e especialmente para Estados e Municípios produtores de petróleo.

DenúnciaEditar

O político e sua esposa, Claudia Cataldi, foram denunciados por peculato pelo Ministério Público, em 2017, por ter nomeado funcionários para cargos em comissão na secretaria (quando ele era secretário de estado), mas exerciam atividades domésticas para ele ou na organização não governamental (ONG) Responsa Habilidade, presidida na época por Claudia.[47]

Referências

  1. a b «Biografia do Deputado(a) Federal CHRISTINO AUREO — Portal da Câmara dos Deputados». www.camara.leg.br. Consultado em 21 de maio de 2019 
  2. a b «Pezão nomeia Christino Áureo como seu número 2 no governo do Rio». Valor Econômico. 11 de janeiro de 2017. Consultado em 11 de janeiro de 2017 
  3. a b «Pezão exonera chefe da Casa Civil Christino Áureo». GB News. Consultado em 30 de junho de 2018 
  4. «Diretoria e Conselho de Administração». Kepler Weber 
  5. G1 Rio (20 de dezembro de 2014). «Pezão anuncia nomes de mais dois novos secretários do RJ». Globo. Consultado em 11 de janeiro de 2016 
  6. «Após renúncia de Cabral, Pezão assume Governo do RJ nesta sexta». Rio de Janeiro. 4 de abril de 2014 
  7. «AGÊNCIA DE FOMENTO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO S.A.» 
  8. «Subsecretaria de Comunicação Social». www.rj.gov.br. Consultado em 28 de agosto de 2018 
  9. «label.portal.titulo.home». www.rj.gov.br. Consultado em 28 de agosto de 2018 
  10. «Governo do Rio adere hoje ao Regime de Recuperação Fiscal». EXAME. 31 de julho de 2017. Consultado em 21 de maio de 2019 
  11. TSE (2006). «Resultado da eleição 2006». TSE. Consultado em 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  12. «UOL - Eleições 2010 - Apuração - Rio de Janeiro». Consultado em 6 de outubro de 2010 
  13. TSE (2014). «Resultados Eleições 2014». TSE. Consultado em 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  14. «Christino Aureo 1155 (PP) Deputado Federal». Gazeta do Povo. Consultado em 21 de maio de 2019 
  15. «Agroindústria de cana no estado reduza a prática da queimada». Alerj. 20 de novembro de 2015. Consultado em 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  16. «LEI TORNA BENEFÍCIO À PRODUÇÃO DE LEITE E CARNE MAIS CLARO». Alerj. 2 de setembro de 2010. Consultado em 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  17. «LEI GARANTE BENEFÍCIOS PARA PRODUTORES DE LEITE E CARNE». JusBrasil. 20 de abril de 2010. Consultado em 2006  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  18. «FRUTIFICAR». Governo do Estado do Rio de Janeiro 
  19. «CULTIVAR ORGÂNICO». rj.gov.br 
  20. «PROSPERAR». rj.gov.br 
  21. «FLORESCER». rj.gov.br 
  22. «MULTIPLICAR». rj.gov.br 
  23. «RIO HORTI». rj.gov.br 
  24. «RIO CAFÉ». rj.gov.br 
  25. «RIO AGROENERGIA». rj.gov.br 
  26. «RIO CARNE». rj.gov.br 
  27. «RIO LEITE». rj.gov.br 
  28. «Lactalis». Valor Econômico. 23 de outubro de 2015 
  29. «Grupo Frisa». Valor Econômico. 20 de agosto de 2015 
  30. «BRF». Valor Econômico. 10 de dezembro de 2011 
  31. «Vigor Alimentos». Valor Econômico. 13 de maio de 2015 
  32. «Nestle». rj.gov.br 
  33. «INSTALAÇÃO DE FÁBRICA CONSOLIDA INDÚSTRIA LÁCTEA NO ESTADO». rj.gov.br 
  34. «Floricultura brasileira faturou R$ 5,2 bilhões no ano passado». EBC. 19 de janeiro de 2014 
  35. «SANIDADE RIO». rj.gov.br 
  36. «RIO GENÉTICA» 
  37. «RIO RURAL». rj.gov.br 
  38. «Estradas da Produção» 
  39. «CRÉDITO FUNDIÁRIO». rj.gov.br 
  40. «ELETRIFICAÇÃO TOTAL». rj.gov.br 
  41. «Estudo conclui que reservas de água podem diminuir até 40% em 15 anos». G1. 20 de março de 2015 
  42. Pedro Zuazo (29 de abril de 2015). «Conselheiro vapt-vupt: veja quem votou em Brazão para o TCE». Jornal Extra. Consultado em 8 de dezembro de 2016 
  43. G1 (17 de novembro de 2017). «ALERJ revoga prisões de Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi». Consultado em 17 de novembro de 2017 
  44. «Biografia do Deputado(a) Federal CHRISTINO AUREO — Portal da Câmara dos Deputados». www.camara.leg.br. Consultado em 21 de maio de 2019 
  45. «Frente Parlamentare - Câmara dos Deputados». www.camara.leg.br. Consultado em 21 de maio de 2019 
  46. «Deputado Christino Áureo lidera bancada do Petróleo no Congresso Nacional». tnpetroleo.com.br. Consultado em 21 de maio de 2019 
  47. EBC (27 de agosto de 2018). «Ex-secretário da Casa Civil do Rio é denunciado por peculato». Consultado em 17 de novembro de 2017