Christoph Cellarius

professor académico alemão

Christoph (Keller) Cellarius (22 de novembro de 1638, Schmalkalden – 4 de junho de 1707, Halle an der Saale) foi um historiador e académico clássico alemão, autor da obra Historia Universalis que ajudou a popularizar tornar padrão a divisão tripartida da História em Antiguidade, Idade Média e Novo Período.[1]

Christoph Cellarius

Ao contrário do que às vezes se divulga,[2][3] Cellarius não cunhou o termo "Idade Média". Este já havia sido introduzido por Giovanni Andrea Bussi, anos antes.[4][5] No entanto, ele é o responsável por estipular a data de 1453 (Queda de Constantinopla) como o marco final da Idade Média.[4]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Universidade de Halle-Wittenberg. «Cellarius, Christoph» 
  2. P, GILBERT, Paul. Introdução à teologia medieval. [S.l.]: LOYOLA. ISBN 9788515018772 
  3. BARRACLOUGH, Geoffrey. Europa - Uma revisão Histórica. [S.l.]: Zahar. 75 páginas 
  4. a b Le Goff, Jacques (2015). A história deve ser dividida em pedaços?. São Paulo: Editora UNESP. pp. 26–27 
  5. Power, Daniel (2006). The central Middle Ages: Europe 950-1320. Oxford ; New York: Oxford University Press. pp. 3–4 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Christoph Cellarius