Abrir menu principal
Christophe Chabouté
Nascimento 8 de fevereiro de 1967 (52 anos)
Alsácia, França
Nacionalidade francês
Ocupação
Principais trabalhos
  • Um pedaço de madeira e aço
  • Tout seul

Christophe Chabouté (Alsácia, França, 8 de fevereiro de 1967) é um quadrinista francês.

BiografiaEditar

Christophe Chabouté, nascido em 08 de fevereiro de 1967, é de origem alsaciana. Frequentou os cursos de Belas Artes em Angoulême e Estrasburgo. A editora Vents d'Ouest publicou suas primeiras obras em 1993 em Les Récits, um álbum coletivo sobre Arthur Rimbaud.[1] Porém ficou mais conhecido em 1998 através da publicação de Sorcières, pela Éditions Le Téméraire (premiado no Illzach Festival) e Quelques jours d'été (Festival de Angoulême). Ele também ilustrou romances para jovens. Seu trabalho Tout seul, ainda sem tradução para o português, é considerado sua obra-prima.

ÁlbunsEditar

  • Sorcières, Le Téméraire, 1998 (rééd. Vents d'Ouest, 2001)
  • Quelques jours d'été, éditions Paquet, 1998 (rééd. 1999 & 2004)
  • Zoé, collection Intégra, Vents d'Ouest, 1999
  • Pleine lune, collection Intégra, Vents d'Ouest, 2000
  • Un îlot de bonheur, Paquet, 2001
  • La bête, collection Intégra, Vents d'Ouest, 2002
  • Purgatoire, collection Equinoxe, Vents d'Ouest
  1. Livro 1, 2003
  2. Livro 2, 2004
  3. Livro 3, 2005
  • Henri Désiré Landru, collection Intégra, Vents d'Ouest, 2006
  • Construire un feu, collection Equinoxe, Vents d'Ouest, 2007 - Baseado no romance homônimo de 1907 de Jack London
  • Tout seul, Vents d'Ouest, 2008 - (Sélection officielle du Festival d'Angoulême 2009)
  • Terre-Neuvas, collection Intégra, Vents d'Ouest, 2009
  • Fables Amères, De Tout Petits Riens, Vents d'Ouest, 2010
  • Princesses aussi vont au petit coin (Les), Vents d'Ouest, 2011
  • Un peu de bois et d'acier, Vents d'Ouest, 2012 (PT-BR *Um pedaço de madeira e aço)[2]
  • Moby Dick - Primeiro livro, Vents d'Ouest, 2014 - Adaptação do livro de Herman Melville publicado em 1851
  • Moby Dick - Segundo livro, Vents d'Ouest, 2014 (PT-BR *Moby Dick - volume único)

Prêmios e indicaçõesEditar

Eisner Award
Ano Resultado Prêmio Obra
2018 Indicado Best Writer/Artist Moby Dick (Dark Horse); Alone, Park Bench (Gallery 13/Simon & Schuster)
Indicado Best Adaptation from Another Medium Herman Melville’s Moby Dick[3]
Festival de Angoulême
Ano Resultado Prêmio Obra
2006 Venceu Grande Prêmio RTL de Quadrinhos Henri Désiré Landru[4]

Referências

  1. «Clássico de Herman Melville, 'Moby Dick' é adaptado por quadrinista Chabouté - ISTOÉ Independente». ISTOÉ Independente. 2 de janeiro de 2018 
  2. «Confira uma prévia de Um Pedaço de Madeira e Aço, HQ de Chabouté e próximo lançamento da Pipoca & Nanquim». Vitralizado. 4 de maio de 2018 
  3. Forlani, Marcelo (21 de julho de 2018). «Prêmio Eisner 2018 | Marcelo D'Salete ganha o Oscar dos Quadrinhos». Omelete. Consultado em 5 de setembro de 2018 
  4. Codespoti, Sérgio (31 de janeiro de 2007). «Conheça os vencedores do Festival de Angoulême». Universo HQ. Consultado em 5 de setembro de 2018 

Ligações externasEditar