Abrir menu principal

Chupinguaia é um município brasileiro do estado de Rondônia. Localiza-se a uma latitude 12º33'08" sul e a uma longitude 60º53'59" oeste, estando a uma altitude de 360 metros. Surgiu do desmembramento das terras de Vilhena e de Pimenta Bueno. Sua população estimada em 2010 era de 8.304 habitantes.

Município de Chupinguaia
Bandeira de Chupinguaia
Brasão de Chupinguaia
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 27 de dezembro
Fundação 27 de dezembro de 1996 (22 anos)
Gentílico chupinguaiense
CEP 76990-000
Prefeito(a) Sheila Flavia Anselmo Mosso (PV)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Chupinguaia
Localização de Chupinguaia em Rondônia
Chupinguaia está localizado em: Brasil
Chupinguaia
Localização de Chupinguaia no Brasil
12° 33' 08" S 60° 53' 59" O12° 33' 08" S 60° 53' 59" O
Unidade federativa Rondônia
Mesorregião Leste Rondoniense IBGE/2008[1]
Microrregião Vilhena IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Pimenta Bueno (N), Parecis e Pimenteiras do Oeste (O), Vilhena (L), Corumbiara (S).
Distância até a capital 533 km
Características geográficas
Área 5 126,675 km² [2]
População 8 304 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 1,62 hab./km²
Altitude 360 m
Clima equatorial Am
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,707 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 163 227,307 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 21 384,42 IBGE/2008[5]

Possui uma área de 5.127 km².

Índice

GeografiaEditar

Grande parte é formada por pastos e coberta por densa floresta equatorial, caracterizada pela mata de terra firme com árvores enormes, com mais de 30 metros de altura, sendo abundantes as madeiras aproveitadas, como: mogno, cerejeiras, itaúba, ipê, cedro, garapeira e outros.

O solo do município é classificado como foto-solo vermelho/amarelo, com areia distrofia, sendo que a área rural é de uso predominante pela agropecuária (pastos).

O município é composto em sua grande maioria por grandes fazendas, nas quais se destacam a criação de bovinos e agricultura (soja e milho), considerada a capital do boi gordo do Estado de Rondônia, por conter grande quantidade deste tipo de criação.

A cidade ainda é composta pelo Rio Pimenta, Rio Chupinguaia e adjacentes.

HistóriaEditar

O primeiro nome da cidade se dá ainda no década de 70 com o nome de Viradouro, por conter apenas duas ruas, logo com a emancipação realizada nos primórdios de 1995 se dá o nome de Chupinguaia. Algum dizem que o nome se dá devido uma ave encontrada no região (chupin), contudo moradores antigos e indígenas locais contestam esta afirmação completando que o nome é na verdade derivado de língua indígena e que o significado é na verdade (rio de sangue), em alusão aos acontecimentos predominantes na época da exploração do lugar.

A formação da cidade se deu devido a madeira, abundante no período, principalmente no que se refere as madeiras de lei como: Cerejeiras, Mogno, Cabriúva, e outras tantas dificilmente encontradas, e protegidas por lei nos dias atuais. Havia ainda no período grande incidência de serrarias nas quais eram responsáveis pela extração e envio das madeiras para outras cidades do território nacional a saber: São Paulo e Rio de Janeiro, como também para exportação a países como: Portugal, Espanha e outros.

O município é composto na atualidade de vários distritos a saber: Guaporé, Boa Esperança, Novo Plano, Corgão. O município passa no momento por uma fase de crescimento, estando entre os 10 maiores arrecadadores do estado, isto entre os municípios fora da rodovia federal BR-364, devido à grande quantidade de bovinos, madeira e agricultura no local.

SubdivisõesEditar

Distritos
  • Boa Esperança
  • Corgão
  • Guaporé
  • Novo Plano
  • Nova Andradina

EducaçãoEditar

Ensino básico, fundamental e médio

Dentre as escolas estaduais, municipais e particulares, destacam-se:

  • Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Chupinguaia — pública
  • Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Francisca Martendal — pública
  • Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Moacyr Caramello — pública
  • Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Ana Paula Marques — pública
  • Creche Municipal Jovelina Batista de Oliveira — pública
  • Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Irmas Juliana e Alini dos Santos Marcos — pública
  • Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Novo Plano — pública
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Santo Antonio — pública
  • Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Valter José Zanella — pública

SaúdeEditar

  • Hospital Municipal de Chupinguaia José Ivaldo de Souza (Zezão da Pará)

ComunicaçãoEditar

RádioEditar

  • Rádio Cidade FM - 87,9 FM

DiversãoEditar

  • 1ª Feira Agropecuária do Município de Chupinguaia (Expoguaia)
  • Clube do Laço

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externasEditar