Ciclismo nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020 - Corrida em estrada masculina

A prova da corrida em estrada masculina do ciclismo nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020 ocorreu em 24 de julho de 2021 num percurso de 234 quilômetros que se iniciou no Parque Musashinonomori, em Chofu, e chegada no Fuji Speedway, em Oyama.[1] Um total de 126 ciclistas de 56 Comitês Olímpicos Nacionais (CON) participaram do evento.[2]

Corrida em estrada masculina nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2020
Japão Tóquio, Japão
Dados
Participantes 126 de 57 CONs
Sede Parque Musashinonomori
Fuji Speedway
Data 24 de julho de 2021
Dias de competição 1
Medalhistas
Medalha de ouro Ouro Richard Carapaz
EquadorECU Equador
Medalha de prata Prata Wout van Aert
BélgicaBEL Bélgica
Medalha de bronze Bronze Tadej Pogačar
EslovêniaSLO Eslovênia
◄◄ Brasil 2016 2024 França ►►
Ciclismo nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2020
Estrada
Corrida em estrada masc fem
Contra o relógio masc fem
Pista
Velocidade masc fem
Velocidade por equipes masc fem
Keirin masc fem
Perseguição por equipes masc fem
Madison masc fem
Omnium masc fem
Mountain bike
Cross-country masc fem
BMX
Corrida masc fem
Estilo livre masc fem

Qualificação

editar

Cada Comitê Olímpico Nacional (CON) poderia inscrever até cinco ciclistas na corrida em estrada individual masculina. Todas as vagas foram atribuídas aos CONs, que poderiam selecionar os ciclistas a competir. Havia um total de 130 vagas disponíveis para a prova, que foram alocadas em um processo de várias etapas:[3]

  • 122 vagas foram atribuídos através do ranking mundial de nações da União Ciclística Internacional (UCI). Esta classificação incluiu corridas masculinas de elite e sub-23 na temporada de 2019 (de 22 de outubro de 2018 a 22 de outubro de 2019). Os seis primeiros países receberam, cada um, o máximo de cinco vagas: Bélgica, Itália, Países Baixos, França, Colômbia e Espanha. As nações classificadas de 7º a 13º receberam quatro vagas cada, do 14º ao 21º três vagas cada, do 22º ao 32º duas vagas cada e do 33ª ao 50º receberam uma vaga cada um.
  • Uma regra especial deu a oportunidade para ciclistas individuais classificados entre os 200 primeiros no ranking, mas cujo país não estava entre os 50 no ranking de nações, de receber vagas (substituindo os países com classificação mais baixa), mas não havia individuais elegíveis.
  • As próximas seis vagas foram atribuídas nos campeonatos africano, asiático e pan-americano de 2019; em cada campeonato, entre as nações ainda não classificadas, as duas com o melhor ciclista de estrada conquistaram as vagas. Estas foram conquistadas por Burquina Fasso e Namíbia na África, Taipé Chinês e Uzbequistão na Ásia, e por fim, Peru e Panamá nas Américas. As duas últimas vagas foram reservadas ao país anfitrião, Japão; caso o país já tivesse conquistado uma ou duas vagas nos critérios citados anteriormente, elas seriam realocados para ranking mundial da UCI. Nesse caso, o Japão ganhou uma vaga por meio da qualificação padrão e, portanto, recebeu apenas uma vaga de anfitrião, sendo a outra realocada para o 51º colocado, Hong Kong.

Pouco antes dos Jogos, a Suécia retirou seu atleta, que foi substituído por Josip Rumac, 52º colocado da Croácia.[4] Em 18 de julho de 2021, Daniel Martínez, da Colômbia, não pôde viajar a Tóquio após ser testado positivo para COVID-19.[5] Em 23 de julho, Rohan Dennis, da Austrália, decidiu abandonar a corrida em estrada para se concentrar no contrarrelógio.[6] Esses ciclistas foram removidos da lista de largada e não foram substituídos.

Por fim, Simon Geschke, da Alemanha e Michal Schlegel, da República Tcheca não iniciaram a corrida após testarem positivo a COVID-19 um dia antes.[7][8]

Formato

editar
 
Fuji Speedway com o Monte Fuji, ao fundo.
 
Ciclistas logo após a largada no Parque Musashinonomori

A corrida em estrada é realizada com uma largada em massa e realizado em apenas um dia. Os percursos para as corridas masculinas e femininas foram revelados em agosto de 2018. A masculina se iniciou no Parque Musashinonomori, em Chofu, oeste de Tóquio, às 11:00 locais e terminou no circuito Fuji Speedway, em Oyama, Shizuoka. A corrida teve 234 quilômetros (145 milhas) de distância com um ganho de elevação total de 4 865 metros (15 961 pés).[9]

A primeira parte das corridas masculina e feminina foram idênticas. O percurso passou primeiro pela periferia quase plana da área metropolitana de Tóquio. Depois de 40 quilômetros (25 milhas), os ciclistas escalaram gradualmente em direção ao pé da subida para a estrada Doushi, subida esta de 5,9 quilômetros (3,7 milhas) com um gradiente médio de 5,7 por cento. A escalada terminou após 80 quilômetros (50 milhas) de corrida a uma altitude de 1 121 metros (3 678 pés) acima do nível do mar. Após alcançarem o lago Yamanakako, em Yamanashi, e cruzar o estreito de Kagosaka, os ciclistas enfrentaram uma descida de 15 quilômetros (9,3 mi) e a partir daqui com os percursos sendo diferentes para as provas masculina e feminina.

Após a descida, a corrida masculina dirigiu-se às encostas mais baixas do Monte Fuji, a montanha mais alta do Japão, onde subiram por 14,3 quilômetros (8,9 milhas) do Fuji Sanroku com uma inclinação média de seis por cento. A subida se encerrou com 96,5 quilômetros (60,0 milhas) deixando-os a uma altitude de 1 451 metros (4 760 pés) antes que os pilotos enfrentassem uma descida de 15,5 quilômetros (9,6 milhas) em Gotenba. Em seguida, eles seguiram em direção à um seção do Fuji Speedway, onde cruzaram a linha de chegada duas vezes antes de chegar ao pé da passagem de Mikuni. A subida foi de 6,5 quilômetros (4,0 milhas) de comprimento com um gradiente médio de 10,6 por cento e incluiu seções que atingiram 20 por cento. O pico, a uma altitude de 1 171 metros (3 842 pés), estava na crista com cerca de 33 quilômetros (21 milhas) restantes. Após a subida, a corrida retornou ao lago Yamanakako e ao estreito de Kagosaka antes de uma descida final em um pequeno trecho montanhoso em direção à linha de chegada do Fuji Speedway.[10]

Calendário

editar

Horário local (UTC+9)

Dia Horário Fase
24 de julho 11:00 Final

Medalhistas

editar
  Ouro  ECU Richard Carapaz
  Prata  BEL Wout van Aert
  Bronze  SLO Tadej Pogačar

Resultados

editar

A prova foi disputada em 24 de julho de 2021, com início as 11:00 locais. Dos 126 ciclistas que largaram, 85 conseguiram completar o percurso de 234 quilômetros.[11]

Pos. Bib Ciclista CON Tempo Dif.
  60 Richard Carapaz  ECU Equador 6:05:26
  4 Wout van Aert  BEL Bélgica 6:06:33 + 1:07
  6 Tadej Pogačar  SLO Eslovênia 6:06:33 + 1:07
4 32 Bauke Mollema  NED Países Baixos 6:06:33 + 1:07
5 79 Michael Woods  CAN Canadá 6:06:33 + 1:07
6 87 Brandon McNulty  USA Estados Unidos 6:06:33 + 1:07
7 13 David Gaudu  FRA França 6:06:33 + 1:07
8 38 Rigoberto Urán  COL Colômbia 6:06:33 + 1:07
9 23 Adam Yates  GBR Grã-Bretanha 6:06:33 + 1:07
10 50 Maximilian Schachmann  GER Alemanha 6:06:47 + 1:21
11 70 Michał Kwiatkowski  POL Polônia 6:07:01 + 1:35
12 44 Jakob Fuglsang  DEN Dinamarca 6:08:09 + 2:43
13 55 João Almeida  POR Portugal 6:09:04 + 3:38
14 24 Alberto Bettiol  ITA Itália 6:09:04 + 3:38
15 33 Dylan van Baarle  NED Países Baixos 6:09:04 + 3:38
16 58 Daniel Martin  IRL Irlanda 6:09:04 + 3:38
17 22 Simon Yates  GBR Grã-Bretanha 6:09:04 + 3:38
18 83 Patrick Konrad  AUT Áustria 6:09:04 + 3:38
19 71 Rafał Majka  POL Polônia 6:09:06 + 3:40
20 27 Gianni Moscon  ITA Itália 6:09:08 + 3:42
21 91 Alexey Lutsenko  KAZ Cazaquistão 6:11:46 + 6:20
22 99 Toms Skujiņš  LAT Letônia 6:11:46 + 6:20
23 17 Gorka Izagirre  ESP Espanha 6:11:46 + 6:20
24 25 Damiano Caruso  ITA Itália 6:11:46 + 6:20
25 51 Marc Hirschi  SUI Suíça 6:11:46 + 6:20
26 72 George Bennett  NZL Nova Zelândia 6:11:46 + 6:20
27 14 Guillaume Martin  FRA França 6:11:46 + 6:20
28 8 Primož Roglič  SLO Eslovênia 6:11:46 + 6:20
29 48 Emanuel Buchmann  GER Alemanha 6:11:46 + 6:20
30 85 Hermann Pernsteiner  AUT Áustria 6:13:17 + 7:51
31 54 Michael Schär  SUI Suíça 6:13:17 + 7:51
32 62 Pavel Sivakov  ROC ROC 6:13:17 + 7:51
33 98 Krists Neilands  LAT Letônia 6:15:38 + 10:12
34 66 Markus Hoelgaard  NOR Noruega 6:15:38 + 10:12
35 111 Yukiya Arashiro  JPN Japão 6:15:38 + 10:12
36 80 Michael Kukrle  CZE República Checa 6:15:38 + 10:12
37 100 Kevin Geniets  LUX Luxemburgo 6:15:38 + 10:12
38 12 Kenny Elissonde  FRA França 6:15:38 + 10:12
39 110 Eder Frayre  MEX México 6:15:38 + 10:12
40 52 Stefan Küng  SUI Suíça 6:15:38 + 10:12
41 56 Nelson Oliveira  POR Portugal 6:15:38 + 10:12
42 19 Alejandro Valverde  ESP Espanha 6:15:38 + 10:12
43 7 Jan Polanc  SLO Eslovênia 6:15:38 + 10:12
44 29 Tom Dumoulin  NED Países Baixos 6:15:38 + 10:12
45 34 Esteban Chaves  COL Colômbia 6:15:38 + 10:12
46 94 Tanel Kangert  EST Estônia 6:15:38 + 10:12
47 61 Jhonatan Narváez  ECU Equador 6:15:38 + 10:12
48 42 Richie Porte  AUS Austrália 6:15:38 + 10:12
49 3 Remco Evenepoel  BEL Bélgica 6:15:38 + 10:12
50 96 Amanuel Ghebreigzabhier  ERI Eritreia 6:15:38 + 10:12
51 31 Wilco Kelderman  NED Países Baixos 6:15:38 + 10:12
52 74 Stefan de Bod  RSA África do Sul 6:16:53 + 11:27
53 28 Vincenzo Nibali  ITA Itália 6:16:53 + 11:27
54 47 Nikias Arndt  GER Alemanha 6:16:53 + 11:27
55 97 Merhawi Kudus  ERI Eritreia 6:16:53 + 11:27
56 93 Anatoliy Budyak  UKR Ucrânia 6:16:53 + 11:27
57 11 Benoît Cosnefroy  FRA França 6:16:53 + 11:27
58 2 Tiesj Benoot  BEL Bélgica 6:16:53 + 11:27
59 63 Aleksandr Vlasov  ROC ROC 6:16:53 + 11:27
60 26 Giulio Ciccone  ITA Itália 6:16:53 + 11:27
61 65 Tobias Foss  NOR Noruega 6:16:53 + 11:27
62 16 Jesús Herrada  ESP Espanha 6:16:53 + 11:27
63 108 Polychrónis Tzortzákis  GRE Grécia 6:21:46 + 16:20
64 124 Muradjan Khalmuratov  UZB Uzbequistão 6:21:46 + 16:20
65 77 Guillaume Boivin  CAN Canadá 6:21:46 + 16:20
66 102 Aleksandr Riabushenko  BLR Bielorrússia 6:21:46 + 16:20
67 9 Jan Tratnik  SLO Eslovênia 6:21:46 + 16:20
68 126 Andrey Amador  CRC Costa Rica 6:21:46 + 16:20
69 37 Nairo Quintana  COL Colômbia 6:21:46 + 16:20
70 84 Gregor Mühlberger  AUT Áustria 6:21:46 + 16:20
71 41 Lucas Hamilton  AUS Austrália 6:21:46 + 16:20
72 40 Luke Durbridge  AUS Austrália 6:21:46 + 16:20
73 101 Michel Ries  LUX Luxemburgo 6:21:46 + 16:20
74 53 Gino Mäder  SUI Suíça 6:21:46 + 16:20
75 59 Nicolas Roche  IRL Irlanda 6:21:46 + 16:20
76 57 Eddie Dunbar  IRL Irlanda 6:21:46 + 16:20
77 5 Mauri Vansevenant  BEL Bélgica 6:21:46 + 16:20
78 45 Michael Valgren  DEN Dinamarca 6:21:46 + 16:20
79 18 Ion Izagirre  ESP Espanha 6:21:46 + 16:20
80 86 Lawson Craddock  USA Estados Unidos 6:21:46 + 16:20
81 35 Sergio Higuita  COL Colômbia 6:21:46 + 16:20
82 67 Tobias Halland Johannessen  NOR Noruega 6:25:12 + 19:46
83 68 Andreas Leknessund  NOR Noruega 6:25:12 + 19:46
84 112 Nariyuki Masuda  JPN Japão 6:25:16 + 19:50
85 78 Hugo Houle  CAN Canadá 6:25:16 + 19:50
123 Eduardo Sepúlveda  ARG Argentina DNF
92 Vadim Pronskiy  KAZ Cazaquistão
107 Attila Valter  HUN Hungria
76 Ryan Gibbons  RSA África do Sul
75 Nicholas Dlamini  RSA África do Sul
116 Orluis Aular  VEN Venezuela
10 Rémi Cavagna  FRA França
88 Juraj Sagan  SVK Eslováquia
21 Geraint Thomas  GBR Grã-Bretanha
69 Maciej Bodnar  POL Polônia
64 Ilnur Zakarin  ROC ROC
95 Peeter Pruus  EST Estônia
82 Zdeněk Štybar  CZE República Checa
119 Josip Rumac  CRO Croácia
46 Christopher Juul-Jensen  DEN Dinamarca
113 Manuel Rodas  GUA Guatemala
15 Omar Fraile  ESP Espanha
1 Greg Van Avermaet  BEL Bélgica
109 Christofer Jurado  PAN Panamá
89 Lukáš Kubiš  SVK Eslováquia
103 Azzedine Lagab  ALG Argélia
105 Eduard-Michael Grosu  ROU Romênia
120 Paul Daumont  BUR Burquina Fasso
43 Kasper Asgreen  DEN Dinamarca
129 Feng Chun-kai  TPE Taipé Chinês
20 Tao Geoghegan Hart  GBR Grã-Bretanha
125 Mohcine El Kouraji  MAR Marrocos
90 Dmitriy Gruzdev  KAZ Cazaquistão
73 Patrick Bevin  NZL Nova Zelândia
122 Saeid Safarzadeh  IRI Irã
30 Yoeri Havik  NED Países Baixos
130 Choy Hiu Fung  HKG Hong Kong
128 Royner Navarro  PER Peru
104 Hamza Mansouri  ALG Argélia
106 Evaldas Šiškevičius  LTU Lituânia
114 Moise Mugisha  RWA Ruanda
115 Tristan de Lange  NAM Namíbia
117 Onur Balkan  TUR Turquia
118 Ahmet Örken  TUR Turquia
121 Wang Ruidong  CHN China
127 Elchin Asadov  AZE Azerbaijão
49 Simon Geschke  GER Alemanha DNS
81 Michal Schlegel  CZE República Checa

Referências

  1. «Cycling Road Competition Schedule» (em inglês). Olympics.com. Consultado em 1 de março de 2020. Arquivado do original em 21 de abril de 2021 
  2. «Cycling Road – Road Race, Individual, Men» (em inglês). Olympedia. Consultado em 8 de março de 2023 
  3. «Qualification System – Games of the XXXII Olympiad – Road Cycling» (PDF) (em inglês). UCI. Consultado em 8 de março de 2023 
  4. «Biciklist Josip Rumac 59. hrvatski olimpijski putnik za Igre u Tokiju» (em croata). hoo.hr. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  5. «Dani Martínez out of Tokyo Olympics with COVID-19» (em inglês). Cycling News. 18 de julho de 2021. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  6. «Rohan Dennis to skip Olympic road race and focus on time trial» (em inglês). Cycling News. 23 de julho de 2021. Consultado em 8 de março de 2023 
  7. «Simon Geschke out of Tokyo Olympics after positive COVID-19 test» (em inglês). Cycling News. 23 de julho de 2021. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  8. «Michal Schlegel out of Tokyo Olympic Games after positive test for COVID-19» (em inglês). Cycling News. 22 de julho de 2021. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  9. «Tokyo 2020 unveil cycling road races courses for Olympic Games» (em inglês). Inside the Games. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  10. «Tokyo Olympics 2021: Men's Road Race - Preview» (em inglês). Cycling News. 22 de julho de 2021. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  11. «Cycling Road – Men's Road Race – Results» (PDF) (em inglês). Olympics.com. Consultado em 24 de julho de 2021. Arquivado do original (PDF) em 25 de julho de 2021