Ciclo solar

Disambig grey.svg Nota: Se procura o Ciclo solar nos calendários litúrgicos, veja Ciclo solar nos calendários.
Um ciclo solar: uma montagem de dez anos de imagens Yohkoh SXT, demonstrando a variação na atividade solar durante um ciclo de manchas solares, de 30 de agosto de 1991 a 6 de setembro de 2001. Crédito: a missão Yohkoh da JAXA (Japão) e NASA (EUA).
O mínimo de Maunder em uma história de 400 anos de observação de números de manchas solares.

ciclo solar de Schwabe, conhecido popularmente apenas como ciclo solar, é o ciclo com uma série de fenômenos determinados do sol que ocorrem em intervalos de aproximadamente 11 anos.[1]

A observação das ondas solares é o passo fundamental para a compreensão do cosmos e do espaço.[1] O Sol é um laboratório para a obtenção in situ de dados necessários para a elaboração das teorias de entendimento dos processos, fenômenos e suas causas, que ocorrem em todos os corpos do Sistema Solar e do Universo.[1]

A máxima duração de um ciclo solar foi de 13 anos e 8 meses, pertence ao ciclo 4 (de setembro de 1784 à maio de 1798). O ciclo de menor duração foi o número 2, com 9 anos exatos (de junho de 1766 à junho de 1775).[1] Nos períodos de atividade mais elevada, conhecidos como máximo solar, as manchas solares aparecem, enquanto que períodos de atividades mais baixas são denominados de mínimo solar.[1]

Monitoramento solarEditar

Anualmente, as explosões solares causam prejuízos de aproximadamente 1 bilhão de dólares nos equipamentos de satélites; por estarem em órbita não recebem a proteção nas camadas altas da atmosfera e, durante essa explosão os prótons colidem com uma velocidade de mais de 100 mil km/s.[2]

Ciclos recentesEditar

Ciclo solar 22Editar

O ciclo solar 22, iniciou no mês de setembro de 1986 e finalizou em outubro de 1996. Sua duração foi de 10 anos e 1 mês. Notou-se que ainda continua a tendência de ciclos curtos. Estes predominam desde 1913. O atual ciclo 23 – se encontra entre os três mais ativos, empatando com o terceiro ciclo e superando nos máximos os ciclos 19 e 21.

Ciclo Solar 23Editar

O início oficial do ciclo 23 foi arbitrado no mês de outubro de 1996. Houve controvérsias, se em maio ou outubro, pois não se havia detectado com certeza o final do ciclo 22, e o começo do ciclo 23 aparentava anormal devida demora em aparecer os grupos de manchas e por não coincidir o mês de valor mínimo da média suavizada (maio 1996 com 8,1 unidades).

No mês em que se registrou a média mensal menor (outubro de 1996 com 0,9 unidades), acabou motivando discrepâncias na hora de fixar o início do ciclo. Na realidade, após fixado o começo do ciclo, este segue seu avanço até o máximo dentro do normal, em comparação aos ciclos anteriores.

As publicações do S.I.D.C. demonstraram num primeiro momento o início do ciclo 23 em maio de 1996, o qual teve uma média suavizada de 8,1, ligeiramente inferior a 8,6 registrado nos meses de abril e junho. Um comportamento anormal da média suavizada se observou a partir do mês de julho, quando a mesma começa a descer alcançando o valor de 8,5, em agosto chega aos 8,4, para aumentar de novo em setembro com 8,5 e continuar sua subida até o mês de maio de 1999 com um valor de 90,4 unidades.

A decisão foi tomada pelos centros mundiais de observação solar tais como o Sunspot Index Data Center (S.I.D.C.), de Bruxelas, Bélgica, adotado por consenso o mês de outubro de 1996 como fim do ciclo solar 22 e início do ciclo solar 23. Para esta decisão se tomou em consideração que durante aquele mês se registrou o mínimo absoluto das médias mensais do número de Wolf com um valor de 0,9 unidades, no total de 37 dias com o Sol livre de manchas e existiu um período de 66 dias desde 4 de setembro a 8 de novembro durante o qual só houve 5 dias com manchas.

Ver tambémEditar

BibliográfiaEditar

  • Steffen, A. C., Moraes, E. C., Gama, F. F. Radiometria óptica espectral. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, VIII. Salvador, 14-19. Abr., 1996. Tutorial São José dos Campos. INPE, 1996. 43p.
  • BARNES, A. Solar system plasma physics. Amsterdam: North-Holland Publishing Company, 1979.

Referências

  1. a b c d e Freitas, Eduardo de. «Ciclo solar de schwaber. Definição do ciclo solar de schwaber». Astronomia. Brasil Escola. Consultado em 15 de junho de 2020 
  2. «APOLO11.COM - Monitoramento da atividade solar, Imagens do Sol e tempestades geomagneticas». www.apolo11.com. Consultado em 15 de junho de 2020 

Ligações externasEditar