Cinderelas, Lobos e um Príncipe Encantado

2009 documentário criado e dirigido por Joel Zito Araujo
Cinderelas, Lobos e um Príncipe Encantado
Brasil
2008 •  cor •  107’52’’ min 
Direção Joel Zito Araújo
Roteiro Joel Zito Araújo & José Carvalho
Género documentário
Idioma portugues, espanhol, alemão, italiano

Cinderelas, lobos e um príncipe encantado é um filme brasileiro de 2008, de longa-metragem, do gênero documentário, dirigido por Joel Zito Araújo. Lançado no Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro de 2008, recebeu menção honrosa no Festival Internacional de Cinema de Brasilia em 2008, os prêmios de Melhor Filme e Melhor Direção na 9ª edição do Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe (Curta-SE 9), e também os prêmios de Melhor Longa-metragem e Melhor Documentário do III Bahia Afro Film Festival. Maio/2010. E Melhor Documentário (votação do público) e Menção Honrosa do Júri do VII Mostra Vidas na Tela – Natal. 2009.

Ficha técnicaEditar

  • Duração: 107’52’’ /Cor / HD
  • Direção e produção executiva

Joel Zito Araújo

  • Fotografia

Alberto Bellezia

  • Captação de som

Antonio Muricy

  • Produção e Assistência de direção

Luis Carlos de Alencar

  • Montagem

Márcia Watzl

  • Roteiro

Joel Zito Araújo e José Carvalho

  • Arte e Videografismo:

Fábio Arruda e Rodrigo Blaque – Cubículo

SinopseEditar

Em Cinderelas, lobos e um príncipe encantado, viajando pelo nordeste brasileiro e pela Europa, na Itália e Alemanha, o diretor discute o sonho de cinderela de várias mulheres brasileiras que buscam encontrar um marido europeu. Muitas migram e se tornam dançarinas em apresentações de ritmos ligados ao Brasil. Sem estudo ou formação profissional, outras se transformam em prostitutas. Mas, uma minoria consegue criar o seu final feliz.

Participação em FestivaisEditar

Duas CríticasEditar