Circunscrições eclesiásticas católicas do Brasil

artigo de lista da Wikimedia

As circunscrições eclesiásticas católicas do Brasil são quase trezentas e estão organizadas em vários níveis.

Mapa das regiões episcopais da CNBB, conferência de bispos atuantes no Brasil. Cada região episcopal possui uma ou mais províncias eclesiásticas.No total, há 19 regiões episcopais.

Estatísticas editar

Tipo de circunscrição 2010[1] 2013 2014[2] 2022[3] 2023[4]
Arquidioceses 41 44 44 45 45
Arquieparquias 0 0 1 1 1
Dioceses 209 214 214 217 219*
Eparquias 3 3 3 3 3
Prelazias 12 10 9 8 7*
Exarcados 1 1 1 1 1
Ordinariado oriental 1 1 1 1 1
Ordinariado Militar 1 1 1 1 1
Administração apostólica Pessoal 1 1 1 1 1
Total 269 275 275 278 279*

*Obs.: em novembro de 2022, a Prelazia de Borba foi elevada a Diocese de Borba. Em janeiro de 2023, foi criada a Diocese de Araguaína. Assim, a quantidade de dioceses passou de 217 para 219; a quantidade de prelazias, de 8 para 7; e o total de circunscrições, de 278 para 279.

Regionais editar

Norte I (AM, RR) editar

Uma província eclesiástica. Sediada em Manaus. Instalada em 1972-02-26.

Província eclesiástica editar

Manaus editar

Formada por 1 arquidiocese, 6 dioceses e 2 prelazias. Criada em 1952.[5]

Diretoria editar

Presidente: Edson Tasquetto Damian.[6]

Vice-Presidente: Edmilson Tadeu Canavarros dos Santos, SDB.

Secretário: Zenildo Luiz Pereira da Silva, CSsR.

Secretário Executivo: diácono Francisco Andrade de Lima.

Norte II (PA, AP) editar

Duas províncias eclesiásticas, das quais uma integralmente e a outra majoritariamente. Formada por 2 arquidioceses, 9 dioceses e 3 prelazias. Sediada em Belém. Instalada em 1972-02-26.

Uma observação:

Províncias eclesiásticas editar

 
Província eclesiástica de Belém do Pará.
Belém do Pará editar

Formada por 1 arquidiocese, 8 dioceses (das quais 7 dioceses pertencentes a esta regional e 1 diocese pertencente à regional CNBB Norte 3) e 1 prelazia. Criada em 1906.[7]

 
Provincia Eclesiástica de Santarém.
Santarém editar

Formada por 1 arquidiocese, 2 dioceses e 2 prelazias. Criada em 2019.[8]

Diretoria editar

Presidente: Irineu Roman, CSJ.

Vice-Presidente: José Maria Chaves dos Reis

Secretário: Antônio de Assis Ribeiro, S.D.B.

Secretária Executiva: Cristiane Araújo Queiroz.

Norte III (TO, PA, MT, GO) editar

Três províncias eclesiásticas, das quais uma integralmente e duas minoritariamente. Formada por 1 arquidiocese, 6 dioceses e 1 prelazia. Sediada em Palmas. Instalada em 2013-04-17.

.

Duas observações:

 
Provincia Eclesiástica de Palmas.

Províncias eclesiásticas editar

Palmas editar

Formada por 1 arquidiocese e 5 dioceses. Criada em 1996.[9]

Belém do Pará editar

Formada por 1 arquidiocese (pertencente à regional CNBB Norte 2), 8 dioceses (das quais 7 dioceses pertencentes à regional CNBB Norte 2 e 1 diocese pertencente a esta regional) e 1 prelazia (pertencente à regional CNBB Norte 2). Criada em 1906.

Cuiabá editar

Formada por 1 arquidiocese (pertencente à regional CNBB Oeste 2), 7 dioceses (pertencentes à regional CNBB Oeste 2) e 1 prelazia (pertencente a esta regional). Criada em 1910.

Diretoria editar

Presidente: Pedro Brito Guimarães.[11]

Vice-Presidente: Dominique Marie Jean Denis You.

Secretário: Wellington Queiroz Vieira.

Nordeste I (CE) editar

Uma província eclesiástica. Sediada em Fortaleza. Criada em 1971-06-08.

Província eclesiástica editar

Fortaleza editar

Formada por 1 arquidiocese e 8 dioceses. Criada em 1915.[12][13]

Diretoria editar

Presidente: Magnus Henrique Lopes.[14]

Vice-Presidente: José Luiz Gomes de Vasconcelos.

Secretário: Geraldo Freire Soares, C.Ss.R..

Secretário Executivo: Pe. Francisco Alves Magalhães

Nordeste II (PE, PB, RN, AL) editar

 
Regional CNBB Nordeste 2 (PE, PB, RN, AL).

Quatro províncias eclesiásticas. Formada por 4 arquidioceses e 17 dioceses. Sediada em Recife. Instalada em 1971-06-08.

Províncias eclesiásticas editar

Olinda e Recife editar

Formada por 1 arquidiocese e 9 dioceses. Criada em 1910.[15]

 
Província eclesiástica de Olinda e Recife.
Paraíba editar

Formada por 1 arquidiocese e 4 dioceses. Criada em 1914.[15]

Maceió editar

Formada por 1 arquidiocese e 2 dioceses. Criada em 1917.[15]

 
Província Eclesiástica de Natal.
Natal editar

Formada por 1 arquidiocese e 2 dioceses. Criada em 1952.[15]

Diretoria editar

Presidente: Dom Francisco de Sales Alencar Batista, OCarm

Vice-Presidente: Dom Antônio Carlos Cruz Santos, MSC

Secretário: Dom José Luiz Ferreira Salles, CSsR

Secretário executivo: Pe. Agenor Guedes Filho, OSB

Nordeste III (BA, SE) editar

Quatro províncias eclesiásticas. Formada por 4 arquidioceses e 22 dioceses. Sediada em Salvador. Instalada em 1971-06-08.

Províncias eclesiásticas editar

 
BA, SE.
São Salvador da Bahia editar

Formada por 1 arquidiocese e 8 dioceses. Criada em 1676.[16]

Vitória da Conquista editar

Formada por 1 arquidiocese e 4 dioceses. Criada em 2002.[16]

Feira de Santana editar

Formada por 1 arquidiocese e 8 dioceses. Criada em 2002.[16]

Aracaju editar

Formada por 1 arquidiocese e 2 dioceses. Criada em 1960.[16]

Diretoria editar

Presidente: Dom Dirceu de Oliveira Medeiros

Vice-Presidente: Dom José Genivaldo Garcia


Secretário: Dom Dorival Souza Barreto Júnior

Secretária Executiva: Maria Inês de Sousa Santos.

Nordeste IV (PI) editar

Uma província eclesiástica. Sediada em Teresina. Instalada em 1971-06-08.

Província eclesiástica editar

Teresina editar

Formada por 1 arquidiocese e 7 dioceses. Criada em 1952.[17]

Diretoria editar

Presidente: Juarez Sousa da Silva.[18]

Vice-Presidente: Francisco de Assis Gabriel dos Santos, CSsR.

Secretário: Marcos Antônio Tavoni.

Secretário Executivo: padre Ataan Nerson de Castro Brito.

Nordeste V (MA) editar

Uma província eclesiástica. Sediada em São Luís. Instalada em 1990-05-02.

Província eclesiástica editar

São Luís do Maranhão editar

Formada por 1 arquidiocese e 11 dioceses. Criada em 1922.[19]

Diretoria editar

Presidente: Sebastião Bandeira Côelho.[20]

Vice-Presidente: Jan Kot.

Secretário: Rubival Cabral Britto, OFMCap.

Secretária Executiva: Martha Isabel Furtado Bispo.

Leste I (RJ) editar

Duas províncias eclesiásticas. Formada por 2 arquidioceses, 8 dioceses e 1 administração apostólica pessoal. Sediada na cidade do Rio de Janeiro. Instalada em 1971-06-01.

Províncias eclesiásticas editar

São Sebastião do Rio de Janeiro editar

Formada por 1 arquidiocese e 5 dioceses. Criada em 1892.[21]

Niterói editar

Formada por 1 arquidiocese, 3 dioceses e 1 administração apostólica pessoal. Criada em 1960.[22]

Diretoria editar

Presidente: José Francisco Rezende Dias.[23]

Vice-Presidente: Gilson Andrade da Silva.

Secretário: Tarcisio Nascentes dos Santos.

Secretário Executivo: padre Douglas Alves Fontes.

 
Regional CNBB Leste 2. O estado de Minas Gerais é o que mais possui províncias eclesiásticas: 7 no total.

Leste II (MG) editar

Sete províncias eclesiásticas. Formada por 7 arquidioceses e 21 dioceses. Sediada em Belo Horizonte. Instalada em 1971-06-08.

Províncias eclesiásticas editar

Mariana editar

Formada por 1 arquidiocese e 3 dioceses. Criada em 1906.[24]

Diamantina editar

Formada por 1 arquidiocese e 4 dioceses. Criada em 1917.[25]

Belo Horizonte editar

Formada por 1 arquidiocese e 4 dioceses. Criada em 1924.[26]

Pouso Alegre editar

Formada por 1 arquidiocese e 2 dioceses. Criada em 1962.[27]

Uberaba editar

Formada por 1 arquidiocese e 3 dioceses. Criada em 1962.[27]

Juiz de Fora editar

Formada por 1 arquidiocese e 2 dioceses. Criada em 1962.[27]

Montes Claros editar

Formada por 1 arquidiocese e 3 dioceses. Criada em 2001.[27]

Diretoria editar

Presidente: José Carlos de Souza Campos.[28]

Vice-Presidente: Esmeraldo Barreto de Farias.

Secretário: Geovane Luís da Silva.

Secretário Executivo: padre Rodrigo Souza da Silva.

Leste III (ES) editar

Uma província eclesiástica. Sediada em Vitória. Instalada em 2021-04-14.

Província eclesiástica editar

Vitória do Espírito Santo editar

Formada por 1 arquidiocese e 3 dioceses. Criada em 1958.[29]

Diretoria editar

Presidente: Dario Campos, OFM.[30]

Vice-Presidente: Paulo Bosi Dal’Bó.

Secretário: Luiz Fernando Lisboa, CP.

Secretário Executivo: padre Roberto Marcelino de Oliveira.

Sul I (SP) editar

Sete províncias eclesiásticas. Formada por 6 arquidioceses, 35 dioceses e 2 eparquias. Sediada na cidade de São Paulo. Instalada em 1971-06-08.

Províncias eclesiásticas editar

 
Província Eclesiástica de São Paulo, 1908.
São Paulo editar

Formada por 1 arquidiocese e 8 dioceses. Criada em 1908.[31]

Botucatu editar

Formada por 1 arquidiocese e 7 dioceses. Criada em 1958.[31]

Campinas editar

Formada por 1 arquidiocese e 5 dioceses. Criada em 1958.[31]

Ribeirão Preto 1 editar

Formada por 1 arquidiocese e 3 dioceses. Criada em 1958.[31]

Ribeirão Preto 2 editar

Formada por 5 dioceses.[1]

Aparecida editar

Formada por 1 arquidiocese e 4 dioceses. Criada em 1958.[31]

Sorocaba editar

Formada por 1 arquidiocese e 4 dioceses. Criada em 1992.[31]

Circunscrições eclesiásticas pessoais editar

Formada por 2 eparquias.

Diretoria editar

Presidente: Júlio Endi Akamine, SAC.[32]

Vice-Presidente: Moacir Silva.

Secretário: Carlos Silva, O.F.M. Cap. .

Secretário Executivo: padre Michel dos Santos.

Sul II (PR) editar

Quatro províncias eclesiásticas. Formada por 4 arquidioceses, 14 dioceses, 1 arquieparquia e 1 eparquia. Sediada em Curitiba. Instalada em 1972-02-26.

Províncias eclesiásticas editar

Curitiba editar

Formada por 1 arquidiocese e 5 dioceses. Criada em 1926.[33]

Londrina editar

Formada por 1 arquidiocese e 3 dioceses. Criada em 1970.[33]

Maringá editar

Formada por 1 arquidiocese e 3 dioceses. Criada em 1979.[33]

Cascavel editar

Formada por 1 arquidiocese e 3 dioceses. Criada em 1979.[33]

Arquieparquia editar

Arquieparquia Metropolitana de São João Batista em Curitiba dos Ucranianos editar

Formada por 1 arquieparquia e 1 eparquia. Criada em 2014.[34]

Diretoria editar

Presidente: Geremias Steinmetz.[35]

Vice-Presidente: Amilton Manoel da Silva, CP.

Secretário: Mário Spaki

Secretário Executivo: padre Valdecir Badzinski.

Sul III (RS) editar

Quatro províncias eclesiásticas. Formada por 4 arquidioceses e 14 dioceses. Sediada em Porto Alegre. Instalada em 1971-06-08.

Províncias eclesiásticas editar

Porto Alegre editar

Formada por 1 arquidiocese e 4 dioceses. Criada em 1910.[36]

Pelotas editar

Formada por 1 arquidiocese e 2 dioceses. Criada em 2011.[36]

Santa Maria editar

Formada por 1 arquidiocese e 5 dioceses. Criada em 2011.[36]

Passo Fundo editar

Formada por 1 arquidiocese e 3 dioceses. Criada em 2011.[36]

Diretoria editar

Presidente: José Gislon, OFMCap.[37]

Vice-Presidente: Rodolfo Luís Weber.

Secretário: Adilson Pedro Busin, CS.

Secretária Executiva: Sandra Zambon.

Sul IV (SC) editar

Uma província eclesiástica. Sediada em Florianópolis. Instalada em 1971-06-08.

Província eclesiástica editar

Florianópolis editar

Formada por 1 arquidiocese e 9 dioceses. Criada em 1927.[38]

Diretoria editar

Presidente: Francisco Carlos Bach.[39]

Vice-Presidente: Rafael Biernaski.

Secretário: frei Mário Marquez, OFMCap.

Secretário Executivo: padre Luciano dos Santos.

 
Províncias eclesiásticas de Goiânia (GO) e de Brasília (DF).

Centro-Oeste (GO, DF) editar

Duas províncias eclesiásticas. Formada por 2 arquidioceses e 10 dioceses. Sediada em Brasília. Instalada em 1971-06-08.

Províncias eclesiásticas editar

Goiânia editar

Formada por 1 arquidiocese e 7 dioceses. Criada em 1956.[9][40]

Brasília editar

Formada por 1 arquidiocese e 3 dioceses. Criada em 1960.[41]

Diretoria editar

Presidente: Waldemar Passini Dalbello.[42]

Vice-Presidente: Adair José Guimarães.

Secretário Executivo: Francisco Agamenilton Damascena.

 
Oeste 1 (Mato Grosso do Sul).

Oeste I (MS) editar

Uma província eclesiástica. Sediada em Campo Grande. Instalada em 1971-06-08.

Província eclesiástica editar

Campo Grande editar

Formada por 1 arquidiocese e 6 dioceses. Criada em 1979.[41]

Diretoria editar

Presidente: Dimas Lara Barbosa.[43]

Vice-Presidente: Luiz Gonçalves Knupp.

Secretário: Januz Marian Danecki, OFMConv.

Secretário Executivo: padre André Márcio Nogueira de Souza.

 
Oeste 2 (Mato Grosso).

Oeste II (MT) editar

Uma província eclesiástica majoritariamente. Sediada em Cuiabá. Instalada em 1987-06-24.

Uma observação:

Província eclesiástica editar

Cuiabá editar

Formada por 1 arquidiocese e 7 dioceses. Criada em 1910.[44]

Diretoria editar

Presidente: Canísio Klaus.[45]

Vice-Presidente: Vital Chitolina, SCJ.

Secretário: Derek John Cristopher Byrne, SPS.

Secretário Executivo: padre Reinaldo Braga Junior.

Noroeste (RO, AC, AM) editar

Uma província eclesiástica. Sediada em Porto Velho. Instalada em 2001-07-18.

Província eclesiástica editar

Porto Velho editar

Formada por 1 arquidiocese, 5 dioceses e 1 prelazia. Criada em 1982.[46]

Diretoria editar

Presidente: Joaquín Pertiñez Fernández, OAR.[47]

Vice-Presidente: Santiago Sánchez Sebastián, OAR.

Secretário: Benedito Araújo.

Secretária Executiva: irmã Elizabete de Fátima Nascifico.

Circunscrições eclesiásticas pessoais editar

Sediadas no Brasil editar

Sediadas no exterior editar

Catedrais editar

Lista de catedrais católicas brasileiras por estado e cidade.

Estado Cidade Nome
Acre Rio Branco Catedral Nossa Senhora de Nazaré
Cruzeiro do Sul Catedral Diocesana de Nossa Senhora da Glória
Alagoas Maceió Catedral Nossa Senhora dos Prazeres
Penedo Catedral Nossa Senhora do Rosário
Palmeira dos Índios Catedral Nossa Senhora do Amparo
Amapá Macapá Catedral São José
Amazonas Manaus Catedral Nossa Senhora da Conceição
Coari Catedral Diocesana de Sant’Ana e São Sebastião
Borba (Prelazia de Borba) Catedral Basílica Santo Antônio de Pádua
Tabatinga Catedral Santos Anjos da Guarda
São Paulo de Olivença (Co-Catedral) Catedral de de São Paulo Apóstolo
Tefé (Prelazia de Tefé) Catedral Prelatícia Santa Teresa
Parintins Catedral Nossa Senhora do Carmo
Itacoatiara (Prelazia de Itacoatiara) Catedral Prelatícia Nossa Senhora do Rosário
São Gabriel da Cachoeira Catedral de São Gabriel
Lábrea (Prelazia de Lábrea) Catedral Prelatícia Nossa Senhora de Nazaré
Humaitá Catedral de Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Bahia Salvador Catedral Basílica Primacial São Salvador
Cruz das Almas Catedral de Nossa Senhora do Bom Sucesso
Caetité Catedral Senhora Santa'na
Vitória da Conquista Catedral Metropolitana Nossa Senhora das Vitórias
Jequié Catedral de Santo Antônio
Teixeira de Freitas Catedral São Pedro
Feira de Santana Catedral de Feira de Santana
Barreiras Catedral São João Batista
Paulo Afonso Catedral de Nossa Senhora de Fátima
Ceará Fortaleza Catedral Metropolitana de Fortaleza
Crato Catedral Nossa Senhora da Penha
Quixadá Catedral Jesus Maria e José
Crateús Catedral Senhor do Bonfim
Limoeiro do Norte Catedral Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Sobral Catedral Nossa Senhora da Conceição
Itapipoca Catedral Nossa Senhora das Mercês
Iguatu Catedral São José
Tianguá Catedral Sant'Ana
Distrito Federal Brasília Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida
Catedral Militar Rainha da Paz (Ordinariado Militar)
Espírito Santo Vitória Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Vitória
Cachoeiro de Itapemirim Catedral de São Pedro Apóstolo
Colatina Catedral do Sagrado Coração de Jesus
Goiás Goiânia Catedral Metropolitana Nossa Senhora Auxiliadora
Itumbiara Catedral Santa Rita de Cássia
Jataí Catedral Divino Espírito Santo
Goiás Catedral de Santana
Anápolis Catedral Bom Jesus
Itumbiara Catedral Santa Rita de Cássia
Ipameri Catedral Divino Espírito Santo
Luziânia Catedral de Nossa Senhora da Evangelização
Maranhão São Luís Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Vitória
Bacabal Catedral Diocesana de Santa Teresinha do Menino Jesus
Balsas Catedral Sagrado Coração de Jesus
Brejo Catedral de Nossa Senhora da Conceição
Carolina Catedral de São Pedro de Alcântara
Caxias Catedral de Nossa Senhora dos Remédios
Coroatá Catedral Diocesana Nossa Senhora da Piedade
Grajaú Catedral de Nosso Senhor do Bonfim
Imperatriz Catedral de Nossa Senhora de Fátima
Pinheiro Catedral Santo Inácio de Loyola
Viana Catedral Nossa Senhora da Conceição
Zé Doca Catedral de Santo Antônio de Pádua
Mato Grosso Cuiabá Catedral Metropolitana Basílica do Senhor Bom Jesus
Guiratinga Catedral São João Batista[desambiguação necessária]
Mato Grosso do Sul Campo Grande Catedral Nossa Senhora da Abadia
Dourados Catedral Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Corumbá Catedral Nossa Senhora da Candelária
Coxim Catedral São José
Jardim Catedral Nossa Senhora de Fátima
Naviraí Catedral Nossa Senhora de Fátima
Três Lagoas Catedral Santo Antônio
Minas Gerais Almenara Catedral de São João Batista
Araçuaí Catedral de São José
Belo Horizonte Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem
Campanha Catedral de Santo Antônio
Caratinga Catedral de São João Batista
Coronel Fabriciano Catedral de São Sebastião
Diamantina Catedral Santo Antônio
Divinópolis Catedral Divino Espírito Santo
Governador Valadares Catedral de Santo Antônio de Pádua
Guanhães Catedral São Miguel
Guaxupé Catedral de Nossa Senhora das Dores
Itabira Catedral Nossa Senhora do Rosário
Ituiutaba Catedral São José
Janaúba Catedral Imaculado Coração de Maria
Januária Catedrla de Nossa Senhora das Dores
Juiz de Fora Catedral Metropolitana de Juiz de Fora
Leopoldina Catedral de São Sebastião
Luz Catedral Nossa Senhora da Luz
Mariana Catedral Basílica Nossa Senhora da Assunção
Montes Claros Catedral Nossa Senhora Aparecida
Oliveira Catedral Nossa Senhora de Oliveira
Paracatu Catedral de Santo Antônio
Patos de Minas Catedral Santo Antônio
Pouso Alegre Catedral Senhor Bom Jesus
São João del-Rei Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar
Sete Lagoas Catedral de Santo Antônio
Teófilo Otoni Catedral Imaculada Conceição
Uberaba Catedral Metropolitana de Uberaba
Uberlândia Catedral Santa Teresinha
Pará Belém do Pará Catedral Santa Maria de Belém
Abaetetuba Catedral Nossa Senhora da Conceição
Cametá Catedral Prelática São João Batista
Bragança Catedral Nossa Senhora do Rosário
Castanhal Catedral Santa Maria Mãe de Deus
Paraíba João Pessoa Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves
Guarabira Catedral Nossa Senhora da Luz
Campina Grande Catedral Nossa Senhora da Conceição
Patos Catedral Nossa Senhora da Guia
Cajazeiras Catedral Nossa Senhora da Piedade
Paraná Apucarana Catedral Nossa Senhora de Lourdes (Apucarana)
Campo Mourão Catedral São José
Cascavel Catedral Nossa Senhora Aparecida
Cornélio Procópio Catedral Cristo Rei (Cornélio Procópio)
Curitiba Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Luz
Catedral São João Batista (Arquieparquia Ucraniana)
Foz do Iguaçu Catedral Nossa Senhora de Guadalupe
Francisco Beltrão Concatedral Nossa Senhora da Glória
Guarapuava Catedral Nossa Senhora de Belém
Jacarezinho Catedral Imaculada Conceição
Londrina Catedral Metropolitana de Londrina
Maringá Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Glória
Palmas Catedral Senhor Bom Jesus da Coluna dos Campos de Palmas
Paranaguá Catedral Nossa Senhora do Rosário
Paranavaí Catedral Maria Mãe da Igreja
Ponta Grossa Catedral Sant'Ana
Prudentópolis ( Eparquia Ucraniana) Catedral Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Toledo Catedral Cristo Rei
Umuarama Catedral Divino Espírito Santo (Umuarama)
União da Vitória Catedral Sagrado Coração de Jesus
Pernambuco Olinda e Recife Catedral São Salvador do Mundo
Nazaré da Mata Catedral Nossa Senhora da Conceição
Pesqueira Catedral Sant'Águeda
Caruaru Catedral Nossa Senhora das Dores
Floresta Catedral Senhor Bom Jesus dos Aflitos
Garanhuns Catedral Santo Antônio
Petrolina Catedral Diocesana Sagrado Coração de Jesus
Salgueiro Catedral Santo Antônio
Piauí Teresina Catedral Nossa Senhora das Dores
Bom Jesus Catedral Nossa Senhora das Mercês
Campo Maior Catedral Santo Antônio
Floriano Catedral São Pedro de Alcântara
Oeiras Catedral Nossa Senhora da Vitória
Parnaíba Catedral Nossa Senhora da Graça
Picos Catedral Nossa Senhora dos Remédios
São Raimundo Nonato Catedral São Raimundo Nonato
Rio Grande do Norte Caicó Catedral Sant'Ana
Mossoró Catedral Santa Luzia
Natal Catedral Nossa Senhora da Apresentação de Natal
Rio Grande do Sul Porto Alegre Catedral Metropolitana de Porto Alegre
Cruz Alta Catedral do Divino Espírito Santo
Passo Fundo Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida
Bagé Catedral de São Sebastião
Erechim Catedral São José
Fredrico Westphalen Cateral Santo Antônio
Novo Hamburgo Catedral São Luiz Gonzaga
Pelotas Catedral Metropolitana de Pelotas
Osório Catedral Nossa Senhora da Conceição
Rio Grande Catedral São Pedro
Santa Cruz do Sul Catedral de São João Batista
Santo Ângelo Catedral Angelopolitana
Santa Maria Catedral Nossa Senhora da Conceição
Uruguaiana Catedral Sant'Ana
Rio de Janeiro Rio de Janeiro Catedral Metropolitana São Sebastião do Rio de Janeiro
Petrópolis Catedral de Petrópolis
Niterói Catedral São João Batista
Valença Catedral Nossa Senhora da Glória
Duque de Caxias e São João de Meriti Catedral Santo Antônio de Pádua
Campos Catedral Santíssimo Salvador
(Catedral) Igreja do Imaculado Coração de Nossa Senhora do Rosário de Fátima (Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney)
Itaguaí Catedral São Francisco Xavier
Nova Friburgo Catedral São João Batista
Nova Iguaçu Catedral Santo Antônio
Barra do Piraí-Volta Redonda Catedral Sant'Anna.
Rondônia Porto Velho Catedral Sagrado Coração de Jesus
Ji-Paraná Catedral São João Bosco
Guajará-Mirim Catedral Nossa Senhora do Seringueiro
Roraima Boa Vista Catedral Cristo Redentor
Santa Catarina Florianópolis Catedral Metropolitana de Florianópolis
São Paulo São Paulo Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Assunção e São Paulo
Catedral Nossa Senhora do Paraíso (Eparquia Melquita)
Catedral Nossa Senhora do Líbano (Eparquia Maronita)
Catedral São Gregório Iluminador (Exarcado Armênio)
Catedral Santo Amaro (Diocese de Santo Amaro)
Catedral São Miguel Arcanjo (Diocese de São Miguel Paulista)[48]
Catedral Santuário Sagrada Família (Diocese de Campo Limpo)
Santo André Catedral Nossa Senhora do Carmo
Guarulhos Catedral Nossa Senhora da Conceição
Mogi das Cruzes Catedral Sant'Ana
Santos Catedral Nossa Senhora do Rosário
Osasco Catedral Santo Antônio
Campinas Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Conceição de Campinas
Bragança Paulista Catedral Nossa Senhora da Conceição
Botucatu Catedral Metropolitana Sant'Ana de Botucatu
Ribeirão Preto Catedral Metropolitana de Ribeirão Preto
Franca Catedral Francopolitana Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Aparecida Catedral Basílica Nossa Senhora Aparecida[49]
Sorocaba Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Ponte de Sorocaba
Piracicaba Catedral Santo Antônio de Piracicaba
Presidente Prudente Catedral de São Sebastião
São Carlos Catedral Diocesana de São Carlos
Jundiaí Catedral Nossa Senhora do Desterro
Amparo Catedral Nossa Senhora do Amparo
Limeira Catedral Nossa Senhora das Dores
Lins Catedral de Santo Antônio
Bauru Catedral de Bauru
Marília Catedral Basílica São Bento
São José do Rio Preto Catedral Imaculado coração de maria de São José do Rio Preto
Jaboticabal Catedral Nossa Senhora do Carmo
Jales Catedral Nossa Senhora da Assunção
Taubaté Catedral São Francisco das Chagas
São José dos Campos Catedral São Dimas
Assis Catedral São Francisco de Assis
Sergipe Aracaju Catedral Arquidiocesana Nossa Senhora da Conceição
Propriá

Estância

Catedral Diocesana de Propriá

Catedral Diocesana Nossa Senhora de Guadalupe

Tocantins Palmas Catedral Metropolitana do Divino Espírito Santo
Porto Nacional Catedral Diocesana Nossa Senhora das Mercês
Tocantinópolis Catedral Diocesana Nossa Senhora da Consolação
Miracema do Tocantins Catedral Diocesana Santa Teresinha do Menino Jesus
Cristalândia Catedral Diocesana Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Araguaína Catedral Diocesana Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Dioceses vacantes editar

É o Código de Direito Canônico que, através das normas jurídicas, define e regula a organização da Igreja Católica Apostólica Romana como às possíveis causas para Sede Vacante.[50] Sé vacante ou sede vacante (do latim trono vazio), no direito canônico da Igreja Católica Romana, corresponde ao período em que a Sé episcopal de uma Igreja particular está sem ocupante.[51] Isto significa que para uma diocese, o bispo diocesano faleceu, renunciou, foi transferido ou perdeu seu ofício.[52]

Em 12 de fevereiro de 2024, havia no Brasil duas arquidioceses, uma prelazia e nove dioceses vacantes.

Dioceses vacantes no Brasil
Diocese Data da vacância Motivo
Diocese de Tocantinópolis 31 de janeiro de 2023 Nomeação de Dom Giovane Pereira de Melo como bispo de Araguaína[53]
Diocese de Rio Grande 24 de maio de 2023 Nomeação de Dom Ricardo Hoepers como bispo auxiliar de Brasília[54]
Diocese de Garanhuns 14 de junho de 2023 Nomeação de Dom Paulo Jackson Nóbrega de Sousa como arcebispo de Olinda e Recife [55]
Diocese de Bom Jesus da Lapa 5 de julho de 2023 Nomeação de Dom João Santos Cardoso como arcebispo de Natal[56]
Arquidiocese de Aracaju 19 de julho de 2023 Renúncia de Dom João José da Costa.
Diocese de Corumbá 4 de outubro de 2023 Nomeação de Dom João Aparecido Bergamasco como bispo de Primavera do Leste-Paranatinga[57]
Diocese de Rio do Sul 1 de novembro de 2023 Nomeação de Dom Onécimo Alberton como bispo-auxiliar de Florianópolis.
Prelazia de Itacoatiara 3 de novembro de 2023 Nomeação de Dom José Ionilton Lisboa de Oliveira como bispo de Marajó[58]
Diocese de Juazeiro 8 de novembro de 2023 Nomeação de Dom Carlos Alberto Breis Pereira como arcebispo coadjutor de Maceió
Diocese de Floriano 8 de novembro de 2023 Nomeação de Dom Edivalter Andrade como bispo de Parnaíba[59]
Diocese de Cajazeiras 18 de novembro de 2023 Nomeação de Dom Francisco de Sales Alencar Batista,O.Carm como bispo de Mossoró
Arquidiocese de Cascavel 12 de fevereiro de 2024 Renúncia de Dom Adelar Baruffi [60]

Referências

  1. Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (2009). Diretório da liturgia e da organização da Igreja no Brasil: 2010. Brasília: CNBB. 420 páginas 
  2. Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (2013). Diretório da liteurgia e da organização da Igreja no Brasil: 2014. Brasília: CNBB. p. 452. 452 páginas 
  3. Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil. Brasília: CNBB. 2022. p. 444. 445 páginas. ISBN 978-65-5975-053-3 Verifique |isbn= (ajuda)  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  4. Comunicação, Departamento de (24 de abril de 2023). «Você sabe quantos bispos o Brasil tem? | Diocese de São João del Rei». diocesedesaojoaodelrei.com.br. Consultado em 27 de abril de 2023 
  5. CNBB (30 de novembro de 2012). «Peregrinação da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora no Regional Norte 1». Jovens Conectados. Confederação Nacional dos Bispos do Brasil. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  6. «Norte 1 - CNBB». 20 de abril de 2020. Consultado em 27 de abril de 2023 
  7. CNBB (30 de novembro de 2012). «Peregrinação da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora no Regional Norte 1». Jovens Conectados. Confederação Nacional dos Bispos do Brasil. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  8. «Rinunce e nomine». press.vatican.va. Consultado em 6 de novembro de 2019 
  9. a b Diocese de São José dos Campos (3 de maio de 2012). «Conheça o roteiro dos Símbolos da JMJ no Distrito Federal, Goiás e Tocantins». Consultado em 25 de novembro de 2016 
  10. a b «Regional Norte 3 dá boas-vindas a dioceses incorporadas». Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. 20 de abril de 2018. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  11. «Norte 3 - CNBB». 20 de abril de 2020. Consultado em 27 de abril de 2023 
  12. Jornada Mundial de Juventude (12 de janeiro de 2012). «Veja o itinerário da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora no Ceará». Consultado em 25 de novembro de 2016 
  13. CNBB Nordeste 1. «Bispos e Dioceses». Confederação Nacional dos Bispos do Brasil. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  14. {{Citar web|url=https://www.cnbbne1.org.br/bispos-do-ceara-elegem-sua-nova-presidencia-para-quadrienio-2023-2027/
  15. a b c d CNBB (28 de dezembro de 2011). «Cruz e Ícone de Maria peregrinam por mais quatro estados do Nordeste a partir de janeiro de 2012». Jovens Conectados. Confederação Nacional dos Bispos do Brasil. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  16. a b c d e Pastorais da Juventude. «Nosso Regional». CNBB Nordeste 3. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  17. heney, David M. «Archdiocese of Teresina». Catholic Hierarchy. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  18. «Nordeste 4 - CNBB». 20 de abril de 2020. Consultado em 27 de abril de 2023 
  19. Cheney, David M. (21 de agosto de 2016). «Archdiocese of São Luís do Maranhão». Catholic Hierarchy. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  20. «Nordeste 5 - CNBB». 20 de abril de 2020. Consultado em 27 de abril de 2023 
  21. Cheney, David M. (18 de outubro de 2016). «Archdiocese of São Sebastião do Rio de Janeiro». Catholic Hierarchy. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  22. Cheney, David M. (21 de agosto de 2016). «Archdiocese of Niterói». Catholic Hierarchy. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  23. «Leste 1 - CNBB». 20 de abril de 2020. Consultado em 27 de abril de 2023 
  24. Cheney, David M. (21 de agosto de 2016). «Archdiocese of Mariana». Catholic-Hierarchy. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  25. Cheney, David M. (21 de agosto de 2016). «Archdiocese of Diamantina». Catholic Hierarchy. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  26. Cheney, David M. (29 de setembro de 2016). «Archdiocese of Belo Horizonte». Catholic Hierarchy. Consultado em 26 de novembro de 2016 
  27. a b c d Cheney, David M. (19 de novembro de 2016). «Leste 2 Region of Brazil». Catholic Hierarchy. Consultado em 26 de novembro de 2016 
  28. «Leste 2 - CNBB». 20 de abril de 2020. Consultado em 27 de abril de 2023 
  29. «Criação do regional Leste 3 é aprovada pela 58ª Assembleia Geral da CNBB». Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. 14 de abril de 2021. Consultado em 14 de abril de 2021 
  30. «Leste 3 - CNBB». 2 de dezembro de 2021. Consultado em 27 de abril de 2023 
  31. a b c d e f Cheney, David M. (19 de novembro de 2016). «Sul 1 Region of Brazil». Catholic Hierarchy. Consultado em 26 de novembro de 2016 
  32. https://cnbbsul1.org.br/dom-julio-endi-akamine-arcebispo-metropolitano-de-sorocaba-sera-o-novo-presidente-do-regional-sul-1/
  33. a b c d Cheney, David M. (19 de novembro de 2016). «Sul 2 Region of Brazil». Catholic Hierarchy. Consultado em 26 de novembro de 2016 
  34. Canção Nova (12 de maio de 2014). «Fiéis ucranianos no Paraná têm nova Eparquia». Canção Nova Notícias. Consultado em 26 de novembro de 2016 
  35. «Sul 2 - CNBB». 20 de abril de 2020. Consultado em 27 de abril de 2023 
  36. a b c d Cheney, David M. (19 de novembro de 2016). «Sul 3 Region of Brazil». Catholic Hierarchy. Consultado em 26 de novembro de 2016 
  37. «Sul 3 - CNBB». 20 de abril de 2020. Consultado em 27 de abril de 2023 
  38. Cheney, David M. (19 de novembro de 2016). «Sul 4 Region of Brazil». Catholic Hierarchy. Consultado em 26 de novembro de 2016 
  39. «Sul 4 - CNBB». 20 de abril de 2020. Consultado em 27 de abril de 2023 
  40. Cheney, David M. (19 de novembro de 2016). «Centro-Oeste Region of Brazil». Catholic Hierarchy. Consultado em 26 de novembro de 2016 
  41. a b Cheney, David M. (19 de novembro de 2016). «Oeste 1 Region of Brazil». Catholic Hierarchy. Consultado em 26 de novembro de 2016 
  42. «Centro-Oeste - CNBB». 20 de abril de 2020. Consultado em 27 de abril de 2023 
  43. «Oeste 1 - CNBB». 20 de abril de 2020. Consultado em 27 de abril de 2023 
  44. Cheney, David M. (19 de novembro de 2016). «Oeste 2 Region of Brazil». Catholic Hierarchy. Consultado em 26 de novembro de 2016 
  45. «Oeste 2 - CNBB». 20 de abril de 2020. Consultado em 27 de abril de 2023 
  46. Cheney, David M. (19 de novembro de 2016). «Noroeste Region of Brazil». Catholic Hierarchy. Consultado em 26 de novembro de 2016 
  47. «Noroeste - CNBB». 23 de abril de 2020. Consultado em 27 de abril de 2023 
  48. «Catedral São Miguel Arcanjo». Lista de Paróquias. Site da Diocese de São Miguel Paulista. Consultado em 28 de outubro de 2016 
  49. «Papa concede ao Santuário Nacional título de Igreja-Catedral». Site A12. 10 de novembro de 2016. Consultado em 10 de novembro de 2016 
  50. «Código de Direito Canónico». Wikipédia, a enciclopédia livre. 21 de julho de 2020 
  51. Marienberg, Evyatar. (2014). Catholicism Today : an Introduction to the Contemporary Catholic Church. Hoboken: Taylor and Francis. OCLC 884017670 
  52. Código do Direito Canônico. São Paulo: Loyola. 1987. pp. 73–78 
  53. (em italiano). 31 de janeiro de 2023 https://press.vatican.va/content/salastampa/it/bollettino/pubblico/2023/01/31/0089/00211.html#er. Consultado em 31 de janeiro de 2023  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  54. https://www.cnbb.org.br/dom-ricardo-hoepers-bispo-auxiliar-brasilia/
  55. https://www.cnbb.org.br/renuncia-dom-saburido-nomeacao-olinda-e-recife/
  56. https://press.vatican.va/content/salastampa/it/bollettino/pubblico/2023/07/05/0495/01103.html
  57. https://www.cnbb.org.br/papa-francisco-bispo-para-a-vacante-diocese-de-primavera-do-leste-paranatinga-mt/
  58. https://www.cnbb.org.br/dom-jose-ionilton-lisboa-e-nomeado-novo-bispo-da-prelazia-do-marajo-no-para/
  59. https://www.cnbb.org.br/papa-francisco-nomeia-dom-edivalter-andrade-como-novo-bispo-da-diocese-de-parnaiba-no-piaui/
  60. https://cgn.inf.br/noticia/1437475/papa-aceita-renuncia-de-dom-adelar-baruffi-ao-governo-pastoral-da-arquidiocese-de-cascavel-12-02-2024

Ligações externas editar