Abrir menu principal

Cistaceae é um grupo monofilético, da ordem Malvales, normalmente encontrada em solos arenosos ou pedrosos. Essa família engloba oito gêneros com cerca de 200 espécies, tem uma distribuição cosmopolita concentrada em regiões temperadas e é especialmente diversa no mediterrâneo.[1]

Como ler uma infocaixa de taxonomiaCistaceae
Helianthemum apenninum roseum
Helianthemum apenninum roseum
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Subclasse: Dilleniidae
Ordem: Malvales
Família: Cistaceae
Géneros
Ver texto.

Índice

MorfologiaEditar

Descritas como Arbusto ou ervas com tanino em sua composição, podendo ter ou não pelos estrelados ou escamas peltadas.[1]

FolhasEditar

Suas folhas podem ser alternadas e espiraladas ou opostas, simples, inteiras, com venação geralmente peninérvea, muitas vezes reduzidas com apenas uma nervura podendo ter ou não estípulas. Inflorescência determinadas, às vezes reduzida a uma flor terminal ou axilar.[2]

 
Ilustração Botânica evidenciando folhas alternas e peninérveas


FloresEditar

Flores Bissexuais com simetria radial. Possuem 5 sépalas, duas das cinco sépalas são mais estreitas e externas do que as outras três. Suas pétalas são livres, geralmente onduladas, imbricas e em geral convolutas. Possuem vários estames, filetes livres, anteras loculares e seus grãos de pólen geralmente são tricolporados. Geralmente com três carpelos, ovário súpero e placentação parietal (placenta geralmente intrusiva). Estigma pontuado e capitado frequentemente trilobado. Geralmente com 4 óvulos ortótropos por placenta e presença de disco nectarífero.[1][2]

As flores são vistosas (frequentemente amarelas brilhantes), atraindo abelhas, moscas ou coleópteros. Suas flores se abrem normalmente nos horários de maiores intensidades solares e permanecem abertas por um pequeno período. A dispersão das sementes se da pelo vento ou pela chuva.[1][2]

 
Flor de Tuberaria guttata


FrutosEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cistaceae

Possuem o fruto em forma de cápsula loculicida com o embrião diversamente curvado ou dobrado.[2]

Distribuição TaxonômicaEditar

Os principais gêneros são[2]: Helianthemum com 80 espécies, Crocanthemum com 24 espécies, Lechea com 17 espécies, Hudsonia e Cistus. Crocanthemum e Lechea ocorrem nos Estados Unidos e no Canada juntamente com Hudsonia e Cistus

Morfologicamente foram classificados[3]:

Cistus L.

Crocanthemum

Fumana

Halimium

Helianthemum Mill

Hudsonia L.

Lechea L.

Tuberaria

Domínios e estados de ocorrência no BrasilEditar

No Brasil há apenas uma espécie de Cistaceae, a Helianthemum brasiliense - também chamada de rosa-das-rochas. Essa espécie predomina nas regiões sul e sudeste com distribuição geográfica observada e confirmada nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Como domínio fitogeográfico a espécie nativa habita a mata atlântica localizando-se em campos de altitude, rupestre, floresta estacional semidecidual, vegetação sobre afloramentos rochosos ou pedregosos.[1][2]


Relações FilogenéticasEditar

Cistacea é um grupo monofilético. Sua monofilia pode ser sustentada pelo característico cálice da família. O grupo irmão é Dipterocarpaceae, e ambas as famílias apresentam cálice imbricado, endosperma amiláceo e anatomia da testa da semente semelhante.[2][3]

As relações filogenéticas dentro de Cistaceae é pouco compreendida, infere-se que Fauna e Lechea devem ser clados de divergência precoce.[2][3]

Referências BibliográficasEditar

  1. a b c d e «Detalha Taxon Publico». reflora.jbrj.gov.br. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  2. a b c d e f g h JUDD, Walter (2009). Sistemática Vegetal: Um Enfoque Filogenético. Porto Alegre.: Artmed. pp. 427–428. 
  3. a b c «Historical biogeography and character evolution of Cistaceae (Malvales) based on analysis of plastid rbcL and trnL-trnF sequences». Organisms Diversity & Evolution (em inglês). 9 (2): 83–99. 25 de junho de 2009. ISSN 1439-6092. doi:10.1016/j.ode.2009.01.001 


  Este artigo sobre Malvales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.