Citigroup

Citigroup Inc. é a maior empresa do ramo de serviços financeiros do mundo de acordo com a revista Forbes.[carece de fontes?] Tem sede na cidade de Nova Iorque. A sua formação foi anunciada em 7 de abril de 1998, a partir da fusão do Citicorp com o Travelers Group. Foi a primeira empresa americana a unir seguros com serviços bancários desde a Grande Depressão. Possui cerca de 210 000 funcionários e mais de 200 milhões de clientes em mais de 100 países, com seus ativos valendo algo em torno de 2,3 trilhões de dólares. É o principal negociador do Tesouro dos Estados Unidos e suas ações fazem parte do índice Dow Jones. Por ser uma das maiores empresas do mundo, possui grande patrimônio financeiro e se ocupa em financiar projetos de desenvolvimento através de sua linha de crédito com empréstimos a juros baixos.[carece de fontes?]

Citigroup
Razão social Citigroup Inc.
Empresa de capital aberto
Cotação
Atividade Bancário
Serviços financeiros
Gênero Incorporation
Fundação 1986 (36 anos) em Baltimore, Maryland
Sede Nova Iorque, Nova Iorque, EUA
Área(s) servida(s) Mundo
Pessoas-chave Jane Fraser (CEO)
John C. Dugan (Presidente)
Empregados 210 000 (2020)[1]
Produtos Cartões de crédito, banco de varejo, banco comercial, banco de investimento, gestão global de riqueza, análise financeira, private equity
Subsidiárias Citibank
Ativos Aumento US$2.29 trilhões (2021)[1]
Lucro Aumento US$22 bilhões (2021)[1]
LAJIR Aumento US$27.47 bilhões (2021)[1]
Faturamento Baixa US$71.88 bilhões (2021)[2]
Antecessora(s) Citicorp
Travelers Group
Website oficial www.citigroup.com

HistóriaEditar

 
A sede da empresa, em Nova Iorque

Em 5 de setembro de 2006, o Citigroup anunciou que o ex-primeiro-ministro de Singapura, Lee Kuan Yew, aceitara ser seu conselheiro. Ele passaria a fornecer conselhos à diretoria do Citigroup em desenvolvimentos de negócios internacionais que impactassem a economia e os negócios globalmente.

Em 11 de novembro de 2011, anunciou a venda da gravadora EMI para a Vivendi por 1,2 bilhão de libras esterlinas.[3]

DivisãoEditar

O Citigroup anunciou que vai se dividir em duas unidades de negócio, para conter o prejuízo líquido de 8,29 bilhões de dólares estadunidenses que ocorreu no quarto trimestre de 2008 (1,72 dólares por ação). As unidades que não possuírem problemas serão mantidas sob o nome de Citicorp e as unidades que apresentarem problemas passarão a se chamar Citi Holdings.

Referências

  1. a b c d «2021 Earnings Report» (PDF). Citi Group IR (em inglês) 
  2. «2021 Annual Report» (PDF). Citi Group IR (em inglês). Fevereiro de 2022. Consultado em 6 de março de 2021 
  3. «Universal fecha compra da EMI por US$ 1,9 bilhão». G1 Economia. 11 de novembro de 2011 

Ligações externasEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Imagens e media no Commons
  Notícias no Wikinotícias
  Este artigo sobre um banco ou instituição financeira é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.