Clássico das Cores (Ceará)

Clássico das Cores
Fortaleza 136 vitória(s), 475 gol(s)
Ferroviário 97 vitória(s), 418 gol(s)
Empates 92
Total de jogos 325
Total de gols 893
editar
Disambig grey.svg Nota: Se procura o clássico soteropolitano homônimo, veja Clássico das Cores (Salvador).

O Clássico das Cores é um dos três clássicos disputados pelos chamados clubes grandes da cidade de Fortaleza, no Nordeste do Brasil, e opõe os tricolores do Fortaleza Esporte Clube, o Leão do Pici, fundado em 18 de outubro de 1918, aos corais do Ferroviário Atlético Clube, o Tubarão da Barra, fundado em 9 de maio de 1933. É assim chamado pelo fato de ser disputado por dois clubes de três cores (Fortaleza com vermelho, azul e branco; Ferroviário com vermelho, preto e branco).

Esta rivalidade começou a ser gestada no final dos anos 1930 quando o clube coral começou a disputar o Campeonato Cearense de Futebol. O primeiro confronto oficial de que se tem notícia deu-se em 1938, pelo Campeonato Cearense daquele ano, o primeiro a ter participação do Tubarão. O resultado da partida foi de 2 a 0 para o Fortaleza. Desde então, segundo o site RSSSF,[1][2] já ocorreram mais de 300 encontros oficiais entre as duas equipes, alguns dos quais decidindo campeonatos cearenses, outros valendo por edições dos campeonatos brasileiros das séries A, B e C.

Estatística geralEditar

A estatística referente aos embates oficiais do Clássico das Cores é esta:

  • Vitórias do Fortaleza: 131
  • Empates: 92
  • Vitórias do Ferroviário: 97
  • Gols do Fortaleza: 475
  • Gols do Ferroviário: 418

A última partida considerada é a de 4 de março de 2020, uma vitória coral por 1 a 0, pela Campeonato Cearense de Futebol de 2020.

Outros números do clássicoEditar

  • Maior tabu a favor do Fortaleza: 27 partidas, sendo 21 vitórias e 6 empates, entre 1999 e 2007;
  • Maior tabu a favor do Ferroviário: 18 partidas, sendo 8 vitórias e 10 empates, entre 1978 e 1981;
  • Maior sequência de vitórias seguidas do Fortaleza: onze, de 1999 a 2002;
  • Maior sequência de vitórias seguidas do Ferroviário: nove, de 1940 a 1943;
  • Maior sequência de empates seguidos: sete, entre 1989 e 1990;
  • Maior goleada leonina: Fortaleza 5 a 0, pelo Campeonato Cearense de 1947;
  • Maiores goleadas corais: Ferroviário 6 a 1, pelo Campeonato Cearense de 1951, além de mais quatro partidas com o placar de 5 a 0, igualando assim o maior placar dos tricolores;
  • Partida com o maior número de gols: Fortaleza 7 a 4, pelo Campeonato Brasileiro da Série C de 1998;
  • Em nove decisões de campeonatos cearenses, a vantagem do Fortaleza é inquestionável, com oito finais ganhas e apenas uma perdida.

Referências