Abrir menu principal

Clássico das Emoções (Pernambuco)

Clássico Pernambucano
Náutico versus Santa Cruz
Náutico 167 vitória(s), 413 gol(s)
Santa Cruz 202 vitória(s), 646 gol(s)
Empates 149
Total de jogos 518
Total de gols 1 059
editar
Palco dos clássicos: Estádio dos Aflitos mando de campo do Náutico.
Palco dos clássicos: Estádio do Arruda mando de campo do Santa Cruz.

O Clássico Pernambucano é o clássico de futebol pernambucano entre Clube Náutico Capibaribe e Santa Cruz Futebol Clube, equipes situadas na cidade de Recife.[1][2]

HistóriaEditar

O primeiro Clássico Pernambucano realizou-se em 29 de junho de 1917, na vitória do Santa Cruz por 3 a 0, partida válida por torneio beneficente, disputada no Estádio dos Aflitos.[3] O centésimo Campeonato Pernambucano também marcou a 500ª vez que se realizou este clássico, tendo como resultado a vitória do Santa Cruz por 5 a 3.[4] Em 1974 o Santa Cruz tentou conquistar o hexacampeonato VASCO mas foi impedido pelo rival Náutico que foi campeão pernambucano mantendo seu luxo de ser o único hexacampeão do campeonato após derrota o rival Santa Cruz nos dois jogos da final do campeonato. Os alvirrubros se sagraram campeões nas decisões do Campeonato Pernambucano em cima do rival Santa Cruz nove vezes: (1934, 1960, 1974, 1984, 1985, 1989, 2001, 2002, 2004 ) e uma vez na Copa Pernambuco de (2011). Já os tricolores sagraram campeões nas decisões do Campeonato Pernambucano em cima do rival Náutico sete vezes: (1946, 1959, 1970, 1976, 1983, 1993 e 1995).[5] Apesar de muito tradicional e com uma rica história, o Clássico das Emoções tem uma rivalidade menor em comparação com os confrontos entre o Santa Cruz contra o Sport, conforme pesquisa de opinião entre torcedores do Santa Cruz.[6]

Outras estatísticasEditar

Estatisticas dos jogos entre Náutico e Santa Cruz

Ao longo da história, Náutico e Santa Cruz se enfrentaram 519 vezes no total em jogos, mas a vantagem dos confrontos é tricolor, que venceu o alvirrubro 204 vezes e o Náutico só venceu o rival Santa Cruz 169 vezes e os dois times empataram 147 vezes nos jogos. Mas se levar em consideração os confrontos em decisão de títulos, a vantagem torna-se alvirrubra; das 16 decisões do Campeonato Pernambucano e uma na Copa Pernambuco entre os clubes, o Náutico foi campeão pernambucano nove vezes além de uma vez na Copa Pernambuco, enquanto o Santa Cruz foi campeão pernambucano em cima do rival Náutico sete vezes nas decisões do Campeonato Pernambucano.

Estatisticas no Campeonato Pernambucano
  • Náutico e Santa Cruz se enfrentaram em 388 Jogos no campeonato pernambucano sendo que a vantagem dos confrontos e do tricolor por ter vencido 151 jogos e o alvirrubro apenas 131 além de 106 empates entre os dois times, mas se levar em consideração as finais de campeonato pernambucano a vantagem e do alvirrubro das 16 decisões de campeonato que Náutico e Santa Cruz se enfrentaram o alvirrubro foi campeão 9 vezes em cima do rival Santa Cruz enquanto os tricolores só foi campeão 7 vezes em cima do rival Náutico.
Maiores goleadas

Em 9 de julho de 1944 o Náutico aplicou a maior goleada do clássico durante décadas, ao vencer por 5 a 0, resultado que seria igualado pelo Santa Cruz em 6 de outubro de 1991, ambas tendo como palco o Estádios dos Aflitos.[7]

Maiores Goleadores[8]
  1. Tará (Santa): 17 gols
  2. fofinho (santa)15 gols
  3. Baiano (Náutico): 15 gols
  4. Betinho (Santa): 14 gols
  5. Bita (Náutico): 13 gols
Maiores públicos
Públicos pagantes, acima de 50.000, partidas disputadas no Estádio do Arruda.[9]
  1. Santa Cruz 1 a 1 Náutico, 76.636, 18 de dezembro de 1983, Campeonato Pernambucano
  2. Santa Cruz 2 a 1 Náutico, 71.243, 28 de julho de 1993, Campeonato Pernambucano
  3. Santa Cruz 0 a 2 Náutico, 70.003, 11 de julho de 2001, Campeonato Pernambucano
  4. Santa Cruz 1 a 2 Náutico, 65.901, 8 de fevereiro de 1998, Campeonato Pernambucano
  5. Santa Cruz 2 a 0 Náutico, 63.675, 1º de agosto de 1976, Campeonato Pernambucano
  6. Santa Cruz 1 a 1 Náutico, 58.190, 11 de dezembro de 1983, Campeonato Pernambucano
  7. Santa Cruz 1 a 1 Náutico, 53.416, 1 de dezembro de 1985, Campeonato Pernambucano
No Campeonato Brasileiro
  1. Santa Cruz 1 a 1 Náutico, 32.862, 18 de março de 1984 [10]
No Estádio dos Aflitos
  1. Náutico 1 a 0 Santa Cruz, 25.305, 16 de agosto de 1960, Campeonato Pernambucano [11]
Na Arena Pernambuco
  1. Náutico 3 a 5 Santa Cruz, 15.683, 23 de março de 2014, Campeonato Pernambucano [12]

Ligação externaEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. Qual é o clássico de maior rivalidade no Recife? - página editada em 24 de maio de 2013 e disponível em 2 de agosto de 2015
  2. 23ª final das multidões, página editada em 28 de abril de 2013 e disponível em 2 de agosto de 2015
  3. «Jornal do Commercio destaca 500º Clássico das Emoções, página editada em 17 de fevereiro de 2014 e disponível em 2 de agosto de 2015». Consultado em 2 de agosto de 2015. Arquivado do original em 21 de outubro de 2016 
  4. SÉRIE B: Sábado terá Clássico das Emoções e mais quatro jogos - Santa Cruz e Náutico se enfrentam pela 501ª vez na história, página editada em 8 de agosto de 2015 e disponível em 2 de agosto de 2015
  5. Santa Cruz leva vantagem sobre Náutico no retrospecto do Clássico das Emoções, página editada em 11 de julho de 2015 e disponível em 2 de agosto de 2015
  6. ZIRPOLI, Cassio - Qual é o clássico de maior rivalidade? - Página editada em 29 de janeiro de 2012 e disponível em 18 de outubro de 2015
  7. Revista PLACAR - Grandes Clássicos, edição de maio de 2005, páginas 116 e 117.
  8. Clássico das Emoções, página editada em 29 de janeiro de 2011 e disponível em 2 de agosto de 2015
  9. RSSSF Brasil Os maiores públicos do futebol em Pernambuco
  10. Públicos do Náutico, no Arruda, site Globo Esporte.com
  11. «Clássico das Emoções - Náutico x Santa Cruz, página disponível em 2 de agosto de 2015». Consultado em 2 de agosto de 2015. Arquivado do original em 24 de setembro de 2015 
  12. «Náutico 3 x 5 Santa Cruz - Confira a ficha do jogo, página editada em 23 de março de 2014 e disponível em 18 de outubro de 2015». Consultado em 18 de outubro de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.