Abrir menu principal
Cláudia Versiani
Informação geral
Nome completo Cláudia Lília Rabelo Versiani
Local de nascimento Belo Horizonte, Minas Gerais
Brasil
Nacionalidade brasileira
Ocupação(ões) Cantora, atriz, jornalista, fotógrafa e professora universitária.

Cláudia Lília Rabelo Versiani (nascida em Belo Horizonte, Minas Gerais), é uma cantora, atriz, jornalista, fotógrafa, professora universitária e socióloga brasileira.[1]

Exerceu a função de editora de turismo no jornal "Tribuna da Imprensa", de 1990 a 1993.[1] e no "Jornal da Comunidade", esse último de Brasília.

Como atriz, Cláudia Versiani atuou no filme de 1978 A Noiva da Cidade,[2] sob direção de Alex Vianny.[3] Participou, no Rio, da peça “Lampião no inferno”, dirigida por Luiz Mendonça; do musical “Laços”, com Marcos Paulo, dirigido por Marilda Pedroso; e do musical infantil “Astrofolias”, de Antônio Adolfo, dirigido por Lauro Góes. Em São Paulo, fez parte do elenco de “Viva o cordão encarnado”, com Tânia Alves, Tonico Pereira, Elba Ramalho, Antônio Pitanga, Yolanda Cardoso, Gracinda Freire e outros, dirigida por Luiz Mendonça.

Referências

  1. a b Cláudia Versiani (em português) no Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira
  2. «A Noiva da Cidade (1978)». Cinemateca Brasileira. Consultado em 14 de fevereiro de 2015 
  3. «O filme "A Noiva da Cidade" será exibido no Museu Energisa». Marcelos Lopes. Consultado em 14 de fevereiro de 2015 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.