Abrir menu principal

Cléo de 5 à 7

filme de 1962 dirigido por Agnès Varda
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2017). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cléo de 5 à 7
Duas Horas da Vida de Uma Mulher (PRT)
Cléo das 5 às 7 (BRA)
 França /  Itália
1962 •  p&b •  90 min 
Direção Agnès Varda
Roteiro Agnès Varda
Elenco Corinne Marchand
Género drama
Idioma francês
Página no IMDb (em inglês)

Cléo de 5 à 7 (br: Cléo das 5 às 7 / pt: Duas horas da vida de uma mulher) é um filme franco-italiano de 1962, do gênero drama, escrito e dirigido pela cineasta Agnès Varda.

É um dos vários filmes da Nouvelle Vague e um dos mais importantes deste movimento.

SinopseEditar

Cléo é uma artista à espera de um resultado médico - uma biópsia - que dirá se ela tem câncer ou não. O filme se passa durante esta espera, mostrando as agonias, as superstições e os pensamentos de Cléo enquanto ela caminha pela cidade e reencontra com uma amiga e encontra um simpático soldado.

ElencoEditar

  • Corinne Marchand .... Florence, 'Cléo Victoire'
  • Antoine Bourseiller .... Antoine
  • Dominique Davray .... Angèle
  • Dorothée Blank .... Dorothée
  • Michel Legrand .... Bob, o pianista
  • José Luis de Villalonga .... o amante
  • Loye Payen .... Irma, a cartomante
  • Renée Duchateau
  • Lucienne Marchand .... a motorista de táxi
  • Serge Korber .... Plumitif
  • Robert Postec .... doutor Valineau

Principais prêmios e indicaçõesEditar

Festival de Cannes 1962 (França)


Sindicato Francês de Críticos de Cinema 1963

  • Venceu na categoria de melhor filme.
  Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.