Abrir menu principal

Claro dos Poções

município brasileiro do estado de Minas Gerais

Claro dos Poções é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. A cidade surgiu por volta de 1900, ao redor de fazendas que pertenciam ao município de Coração de Jesus. Nesse local existiam muitas clareiras, local onde o gado costumava se refugiar, também por causa dos poços d'água que existiam nas proximidades. Da junção dessas características surge o nome "Claro dos Poções".

Município de Claro dos Poções
"Claros"
Foto Áerea

Foto Áerea
Bandeira de Claro dos Poções
Brasão indisponível
Bandeira Brasão indisponível
Hino
Aniversário 3 de março
Fundação 31 de dezembro de 1962 (56 anos)
Gentílico claro-pocense
Padroeiro(a) Senhor Bom Jesus[1]
CEP 39380-000 a 39386-999[2]
Prefeito(a) Norberto Marcelino de Oliveira Neto (PDT)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Claro dos Poções
Localização de Claro dos Poções em Minas Gerais
Claro dos Poções está localizado em: Brasil
Claro dos Poções
Localização de Claro dos Poções no Brasil
17° 04' 48" S 44° 12' 32" O17° 04' 48" S 44° 12' 32" O
Unidade federativa Minas Gerais
Mesorregião Norte de Minas IBGE/2008[3]
Microrregião Montes Claros IBGE/2008[3]
Municípios limítrofes Montes Claros, Jequitaí, Francisco Dumont, Bocaiuva
Distância até a capital 495 km
Características geográficas
Área 705,965 km² [4]
População 7 781 hab. Censo IBGE/2010[5]
Densidade 11,02 hab./km²
Altitude 793 m
Clima Tropical de Altitude
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,685 médio PNUD/2000[6]
PIB R$ 51 019,867 mil IBGE/2008[7]
PIB per capita R$ 6 090,47 IBGE/2008[7]
Página oficial
Prefeitura www.clarodospocoes.mg.gov.br
Câmara www.clarodospocoes.mg.leg.br

A população é de 7.885 habitantes (IBGE cidades 2014), possui um distrito: Vista Alegre (distrito de Claro dos Poções).

A sede do município fica a 74 quilômetros de Montes Claros e Vista Alegre (distrito de Claro dos Poções) está localizado na Br 365 km 50, distante 50 km de Montes Claros. O município possui também os povoados de Boa Sorte e Pouso Alto.

Verifica-se que o município ao longo das três últimas décadas tem passado por um intenso êxodo populacional. Fato este que acarretou em uma diminuição considerável da população residente no município.

Um fato político curioso acerca do município, diz respeito ao quantitativo de eleitores aptos a votar em eleições, ter sido maior que o número de habitantes locais, considerando que a cidade não conta com qualquer conurbação urbana com outras cidades.Então para dirimir essa situação incongruente, a cidade foi alvo de um recadastramento eleitoral antes das eleições de 2016.

Atualmente, está sob a administração do Prefeito Norberto Marcelino de Oliveira Neto. A cidade muito conhecida por suas belezas naturais, onde se destacam cachoeiras e grutas.

Fica localizada entre o Ribeirão Traíras e o rio São Lamberto, ambos muito freqüentados, especialmente no Verão, época mais quente do ano. Após muitos anos de baixo indíce pluviométrico, utilização indiscriminada dos recursos hidrícos do município, verifica-se que o Ribeirão Traíras e o Rio São Lamberto, encontram-se bastante degradados e com alto nível de assoreamento, chegando a secar por completo em alguns trechos durante períodos do ano. Fato este que tem gerado um grande impacto ambiental para a comunidade.

A Cidade muito visitada no mês de agosto, quando é realizada a festa tradicional do padroeiro da cidade - a Festa do Bom Jesus - e no mês de setembro, quando acontece a Festa da Abóbora. Estas são asa festas mais populares no calendário cultural da cidade.

No aspecto Educacional a cidade conta somente com estabelecimentos públicos de ensino. Atende o Ensino infantil, fundamental e médio. A principal escola do municipio é denominada Escola Estadual Amâncio Juvêncio da Fonseca.

A Cidade de Claro dos Poções, há cerca de uma decáda atrás , foi escolhida para implantação de um projeto de produção de energia eólica no distrito de Pouso Alto. No entanto, o projeto não prosperou de maneira significativa.

Claro dos poções, assim como a maior parte dos pequenos municípios do Norte de Minas Gerais, não possui atividade econômica industrial significativa ou mesmo grande movimentação no comércio, ficando restrita a atividade econômica à atividade primária da agricultura. Verifica-se ainda no município pouca geração de empregos, fato este que proporciona um número considerável de desemprego formal entre a população jovem, causando desta maneira um forte movimento de êxodo dos habitantes jovens para grandes centros populacionais.

Referências

  1. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 8. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  2. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  3. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  5. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  7. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externasEditar