Abrir menu principal
Classe Bainbridge
USS Bainbridge (DD-1), navio líder da classe
Origem   Bandeira da marinha que serviu
Nome Classe Bainbridge
Operador(es) Marinha dos Estados Unidos
Construtor(es) Neafie and Levy Ship and Engine Building Company
William R. Trigg Company
Harlan & Hollingsworth Company
Fore River Ship & Engine Company
Union Iron Works
Gas Engine and Power Company
Unidade inicial USS Bainbridge (DD-1)
Unidade final USS Stewart (DD-13)
Período de construção 1899-1901
Construídos 13 (1 perdido e 12 retirados)
Características gerais
Tipo Contratorpedeiro
Deslocamento 420 t (padrão)
592 t (plena carga)[1]
Comprimento 76 m (249 ft)
Boca m (23,0 ft)
Calado m (6,56 ft)
Propulsão 4 caldeiras a vapor, 2 motores (8 000 hp, 5 966 kW), capacidade para carregar 181 t de carvão utilizado como combustível.
Velocidade 28,4 kn (52,6 km/h)
Armamento 2 × armas de 3' (76 mm)
2 × canhões de 5 × 6 libras (2,7 kg)
2 × tubos de torpedo de 460 mm
Tripulação/Equipagem 3 oficiais, 72 tripulantes

Classe Bainbridge identifica um grupo de navios de guerra do tipo contratorpedeiros (em inglês: destroyers), construídos para a Marinha dos Estados Unidos.[2][3]

OrigemEditar

A construção dos 13 navios da classe foi autorizada pelo Congresso dos Estados Unidos após a Guerra Hispano-Americana (1898), e construídos entre 1899 e 1903.[4] Todos foram descomissionados em 1920, dois anos após o término da Primeira Guerra Mundial, exceto o Chauncey que naufragou em 1917 em consequência da colisão com o navio mercante britânico S.S. Rose.[5]

O nome da classe e do navio líder é uma homenagem a William Bainbridge (1774 - 1833) comodoro da Marinha dos Estados Unidos, notável por sua atuação na Guerra anglo-americana de 1812.[6]

Subdivisões da Classe BainbridgeEditar

Algumas fontes identificam os navios Hopkins (DD-6) e Hull (DD-7) como pertencentes a classe Hopkins e os contratorpedeiros Lawrence (DD-8) e Macdonough (DD-9) como pertencentes a classe Lawrence.[3][7]

Navios na classeEditar

Nº na amurada Nome Estaleiro Batimento de quilha Lançamento Situação
DD-1 Bainbridge [8] Neafie and Levy Ship and Engine Building Company 15 de agosto de 1899 27 de agosto de 1901 Vendido para Joseph G. Hitner para conversão em navio mercante.
DD-2 Barry [9] 1899 22 de março de 1902 Vendido para Joseph G. Hitner
DD-3 Chauncey [10] 1899 26 de outubro de 1901 Afundado em uma colisão com o navio britânico SS Rose em 1917.[11]
DD-4 Dale [12] William R. Trigg Company 1899 24 de julho de 1900 Vendido para Joseph G. Hitner.
DD-5 Decatur [13] 1899 26 de setembro de 1900 Vendido para Joseph G. Hitner.
DD-6 Hopkins [14] Harlan & Hollingsworth Company 1899 24 de abril de 1902 Vendido para Denton Shore Lumber Co.
DD-7 Hull [15] 1899 21 de junho de 1902 Vendido para Joseph G. Hitner.
DD-8 Lawrence [16] Fore River Ship & Engine Company 10 de abril de 1899 7 de novembro de 1900 Vendido para Joseph G. Hitner.
DD-9 Macdonough [17] 10 de abril de 1899 24 de dezembro de 1900 Vendido para Joseph G. Hitner para ser transformado em sucata.
DD-10 Paul Jones [18] Union Iron Works 20 de abril de 1899 14 de junho de 1902 Vendido para Joseph G. Hitner para ser transformado em sucata.
DD-11 Perry [19] 19 de abril de 1899 27 de outubro de 1900 Vendido para Joseph G. Hitner para ser transformado em sucata.
DD-12 Preble [20] 21 de abril de 1899 2 de março de 1901 Vendido para Joseph G. Hitner para ser transformado em sucata.
DD-13 Stewart [21] Gas Engine and Power Company 24 de janeiro de 1900 10 de maio de 1902 Vendido para Joseph G. Hitner para ser transformado em sucata.

Referências

  1. «Data for USS Bainbridge (DD-1) as of 1912» (em inglês). The National Association of Destroyer Veterans. Consultado em 21 dejulho de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «USS Bainbridge DD1» (em inglês). Military Factory. Consultado em 20 de julho de 2012 
  3. a b «The US Navy's first torpedo boat destroyers» (em inglês). Destroyer History Foundation. Consultado em 20 de julho de 2012 
  4. «DD1 Bainbridge» (em inglês). Global Security. Consultado em 20 de julho de 2012 
  5. «USS Chauncey (DD-3) (+1917)». The Wreck site. Consultado em 20 de julho de 2012 
  6. «1911 Encyclopædia Britannica/Bainbridge, William» (em inglês). Encyclopædia Britannica. Consultado em 21 de julho de 2012 
  7. «Destroyers By Class» (em inglês). The National Association of Destroyer Veterans. Consultado em 20 de julho de 2012 
  8. «DD-1» (em inglês). Danfs. Consultado em 20 de julho de 2012 
  9. «DD-2» (em inglês). Danfs. Consultado em 20 de julho de 2012 
  10. «DD-3» (em inglês). Danfs. Consultado em 20 de julho de 2012 
  11. «USS Chauncey (DD-3) (+1917)» (em inglês). The Wrecksite. Consultado em 18 de janeiro de 2015 
  12. «DD-4» (em inglês). Danfs. Consultado em 20 de julho de 2012 
  13. «DD-5» (em inglês). Danfs. Consultado em 20 de julho de 2012 
  14. «DD-6» (em inglês). Danfs. Consultado em 20 de julho de 2012 
  15. «DD-7» (em inglês). Danfs. Consultado em 20 de julho de 2012 
  16. «DD-8» (em inglês). Danfs. Consultado em 20 de julho de 2012 
  17. «DD-9» (em inglês). Danfs. Consultado em 20 de julho de 2012 
  18. «DD-10» (em inglês). Danfs. Consultado em 20 de julho de 2012 
  19. «DD-11» (em inglês). Danfs. Consultado em 20 de julho de 2012 
  20. «DD-12» (em inglês). Danfs. Consultado em 20 de julho de 2012 
  21. «DD-13» (em inglês). Danfs. Consultado em 20 de julho de 2012 

BibliografiaEditar

  • Gardiner, Robert, Conway's all the world's fighting ships 1860-1905 Conway Maritime Press, 1997. ISBN 0-85177-133-5
  • Simpson, Richard V. Building The Mosquito Fleet, The US Navy's First Torpedo Boats. Arcadia Publishing, Charleston South Carolina, USA, 2001. ISBN 0-7385-0508-0.

Ligações externasEditar