Abrir menu principal

Clean (filme)

filme de 2004 dirigido por Olivier Assayas
Clean
Clean (PRT/BRA)
 Canadá  França  Reino Unido
2004 •  cor •  111 min 
Direção Olivier Assayas
Produção Niv Fichman
Xavier Giannoli
Xavier Marchand
Sarah Perry
Edouard Weil
Roteiro Olivier Assayas
Malachy Martin
Sarah Perry
Elenco Maggie Cheung
Nick Nolte
Béatrice Dalle
Gênero drama
Música Brian Eno
Tricky
Companhia(s) produtora(s) Telefilm Canada
Canal+
Arte
Conselho de Filmes do Reino Unido
Distribuição ARP Sélection (França)
Momentum Pictures (Reino Unido)
Lançamento 27 de março de 2004 (Belfast)
França 1 de setembro de 2004
Portugal 17 de março de 2005
Brasil 10 de junho de 2005
Idioma francês
inglês
Orçamento $5,4 milhões[1]
Receita $3,3 milhões[1]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Clean é um filme franco-canadense-britânico do gênero drama de 2004. Dirigido pelo francês Olivier Assayas e estralado por Nick Nolte e Maggie Cheung, o filme foi financiado conjuntamente por fontes do Canadá, França e Reino Unido. O enredo centra-se em Emily Wang, uma viciada que é condenada a seis meses de prisão após a morte de seu marido por overdose. Após cumprir a pena, ela tenta se reaproximar de seu filho.

SinopseEditar

Emily Wang (Maggie Cheung) é casada com Lee Hauser (James Johnston), um astro do rock. Ela tenta gerenciar a carreira de seu marido, mas acaba tendo desentendimentos com amigos e familiares do seu marido, que a vê como uma mãe ausente. Tanto ela quanto seu marido são consumidores de drogas e em um dia, Lee morre de overdose. Emily era a fornecedora dos entorpecentes e por isso ela é considerada culpada pela morte de seu marido, sendo condenada a seis meses de prisão. Após cumprir a pena, ela tenta se reaproximar de seu filho que vive com os pais de Lee desde sua morte.[2][3]

ElencoEditar

Produção e lançamentoEditar

O filme foi produzido no Canadá, França e Reino Unido e dirigido pelo francês Olivier Assayas.[6] Foi lançado internacionalmente no Festival de Cinema de Belfast em 27 de março de 2004, o lançamento em Portugal ocorreu em 17 de março de 2005 e no Brasil em 10 de junho de 2005.[6]

RecepçãoEditar

No Rotten Tomatoes, o filme tem uma classificação de 73% com base em 66 críticas e uma classificação média de 6,6 de 10. O consenso crítico do website afirma: "Em um de seus melhores papéis, Cheung dá uma performance credível e impressionante como uma viciada em recuperação."[7] Por outro lado, o filme tem uma pontuação de 75 de 100 com base em 28 críticas no Metacritic, indicando "opiniões geralmente favoráveis".[8]

PremiaçõesEditar

Award / Film Festival Category Recipients and nominees Result
Festival de Cannes de 2004[9] Palma de Ouro Indicado
Melhor Atriz Maggie Cheung Venceu
Grande Prêmio Técnico Eric Gautier Venceu
César[10] Melhor Atriz Maggie Cheung Indicado
Melhor Cinematografia Eric Gautier Indicado

Referências

  1. a b «Clean» (em inglês). jpbox-office.com. Consultado em 27 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2016 
  2. «Clean». AdoroCinema. Consultado em 27 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2018 
  3. Érico Fuks (9 de junho de 2005). «Clean | Crítica». Omelete. Consultado em 27 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2018 
  4. a b c d «Clean». Omelete. Consultado em 27 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2018 
  5. a b c d e «Clean». AdoroCinema. Consultado em 27 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2018 
  6. a b «CLEAN». Folha de S.Paulo. 10 de junho de 2005. Consultado em 27 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2018 
  7. «Clean (2005)». Rotten Tomatoes. Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  8. «Clean». Metacritic. Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  9. «Festival de Cannes: Clean» (em inglês). festival-cannes.com. Consultado em 11 de novembro de 2009. Arquivado do original em 10 de outubro de 2012 
  10. «Prix et nominations: César 2005» (em francês). AlloCiné. Consultado em 27 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 22 de setembro de 2016 

Ligações externasEditar