Abrir menu principal

Clima equatorial

estudos clima equatorial
Zonas mundiais do clima equatorial (Af).
Climograma da localidade amazónica peruana de Iquitos. Veja-se a regularidade térmica e de precipitação. O maior pico de precipitação ocorre em Março e o segundo em Novembro.

O clima equatorial ou clima de floresta tropical, é um tipo de clima tropical encontrado geralmente (mas nem sempre) ao longo da linha do Equador. As regiões com este clima caracterizam tipicamente florestas tropicais, e é denotado pelo grupo Af na classificação climática de Köppen-Geiger. O clima equatorial é tipicamente quente e úmido. Lugares com este clima situam-se tipicamente numa faixa de 10º de latitude da linha do Equador.

Índice

DescriçãoEditar

O clima equatorial costuma a ser caracterizado pela elevada temperatura média do ar; entre 24 °C e 27 °C, com média mensal sempre superior a 18 °C e pela alta pluviosidade (superior 2000 mm de precipitação total anual e precipitação média mensal superior a 60 mm em todos os meses do ano).[1]

A generalidade das regiões de clima equatorial encontram-se concentradas numa faixa de 10° de latitude em torno da linha do Equador, razão que justifica a atribuição da designação de equatorial dada ao tipo. A dinâmica da atmosfera nestas regiões é dominada pela presença da Zona de Convergência Intertropical e pelo predomínio de fenômenos do tipo convectivo, produzindo precipitação intensa em geral associada a trovoadas durante o período mais quente do dia (início da tarde). As elevadas temperaturas asseguram uma elevada evapotranspiração.

A convergência dos ventos alíseos, a elevada evaporação e as altas temperaturas, assegurando umidades absolutas elevadas, permitem o transporte atmosférico de grandes massas de vapor de água, assegurando que mesmo nas regiões continentais afastadas dos oceanos a umidade relativa do ar se mantêm elevada e a capacidade de geração de precipitação convectiva é elevada durante todo o ano. Nestas regiões é comum a precipitação média anual situar-se entre 3000 mm e 3500 mm anuais, na sua quase totalidade de origem convectiva resultantes da presença sobre a região da célula de Hadley.

Em consequência, nas regiões de clima equatorial não existe uma estação seca definida e a temperatura do ar é elevada durante o ano inteiro, com uma amplitude térmica anual inferior a 4 °C e uma amplitude térmica diária inferior a 10 °C.[1]

DistribuiçãoEditar

 
A bacia do rio Amazonas tem um bioma típico dos climas equatoriais.

O clima equatorial é mais comumente encontrado na América do Sul, África Central, Sudeste Asiático e Oceania. No entanto, os microclimas equatoriais são encontrados em muitas outras regiões (por exemplo, no extremo norte do estado australiano de Queensland).

Além disso, enquanto climas de floresta tropical são tipicamente localizados perto do equador (daí o nome de "clima equatorial"), há um número de instâncias onde o clima é encontrado a alguma distância do equador. Por exemplo, as cidades de Santos no Brasil e Fort Lauderdale nos Estados Unidos, não estão apenas longe do equador, mas estão localizadas fora dos trópicos. No entanto, ambas as cidades apresentam um clima equatorial, embora com períodos notavelmente mais frios e mais quentes no ano.

Vegetação e agriculturaEditar

Em consequência da elevada pluviosidade, temperatura e humidade, o bioma característico das regiões de clima equatorial é a floresta equatorial, uma formação vegetal marcada pelo predomínio de árvores de grande e médio porte ,com formações higrófilas e latifoliadas. A biodiversidade destas florestas é das mais elevadas da Terra, assim como a sua biomassa por área, o que leva a que a maior parte dos nutrientes disponíveis esteja capturado na biomassa viva, sendo a rápida decomposição um mecanismo essencial para a manutenção do equilíbrio ecológico destas formações.

A agricultura nestas regiões é em geral difícil já que os nutrientes, uma vez destruído o coberto florestal, são rapidamente lixiviados pela elevada precipitação. Ainda assim, cultiva-se a mandioca, juta, arroz, com áreas crescentes a serem ocupadas por plantações para produção de óleo de palma para biocombustível.

Notáveis cidades com clima equatorialEditar

ExemplosEditar

Gráfico climático para Apia, Samoa
JFMAMJJASOND
 
 
450
 
30
23
 
 
380
 
29
24
 
 
350
 
30
23
 
 
250
 
30
23
 
 
260
 
29
23
 
 
120
 
29
23
 
 
80
 
29
23
 
 
80
 
28
23
 
 
130
 
28
23
 
 
170
 
29
23
 
 
260
 
30
23
 
 
370
 
29
23
Temperaturas em °CPrecipitações em mm
Fonte: [1]
Gráfico climático para Paramaribo, Suriname
JFMAMJJASOND
 
 
200
 
30
22
 
 
140
 
30
22
 
 
150
 
30
22
 
 
210
 
31
22
 
 
290
 
30
23
 
 
290
 
31
22
 
 
230
 
31
22
 
 
170
 
32
23
 
 
90
 
32
23
 
 
90
 
33
23
 
 
120
 
32
23
 
 
180
 
30
22
Temperaturas em °CPrecipitações em mm
Fonte: [2]
Gráfico climático para Mbandaka, DR Congo
JFMAMJJASOND
 
 
80
 
31
19
 
 
100
 
32
20
 
 
150
 
32
20
 
 
140
 
31
20
 
 
130
 
31
20
 
 
110
 
30
19
 
 
100
 
30
17
 
 
100
 
29
17
 
 
200
 
30
19
 
 
210
 
30
19
 
 
190
 
30
19
 
 
120
 
30
19
Temperaturas em °CPrecipitações em mm
Fonte: [3]
Gráfico climático para Kuching, Malaysia
JFMAMJJASOND
 
 
466
 
30
23
 
 
445
 
29
23
 
 
465
 
30
23
 
 
251
 
32
23
 
 
347
 
33
24
 
 
310
 
32
23
 
 
184
 
31
23
 
 
326
 
32
23
 
 
208
 
32
23
 
 
307
 
32
23
 
 
482
 
32
24
 
 
516
 
30
23
Temperaturas em °CPrecipitações em mm
Fonte: Monthly Statistical Bulletin Sarawak
Gráfico climático para Quibdó, Colômbia
JFMAMJJASOND
 
 
579
 
30
23
 
 
505
 
30
23
 
 
526
 
30
23
 
 
655
 
31
23
 
 
776
 
31
23
 
 
762
 
31
23
 
 
803
 
31
23
 
 
852
 
31
23
 
 
702
 
31
23
 
 
654
 
30
23
 
 
728
 
30
23
 
 
589
 
30
23
Temperaturas em °CPrecipitações em mm
Fonte: [4]

Referências

  1. a b McKnight, Tom L; Hess, Darrel (2000). «Climate Zones and Types». Physical Geography: A Landscape Appreciation. Upper Saddle River, NJ: Pretice Hall. pp. 205–8. ISBN 0-13-020263-0 

Ver tambémEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Clima equatorial

Ligações externasEditar