Abrir menu principal

Club Alianza Lima Vóley

Club Alianza Lima Vóley
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
Alianzalima.png
Alcunhas Las Victorianas
El Equipo del Pueblo
Las Íntimas de La Victoria
Las Aliancistas
Las Grones
Las Blanquiazules
Las Blanquimoradas
Cores azul e branco
Informações
Cidade Lima
País  Peru
Competição Peru Liga Nacional Superior de Voleibol (LNSV)
Fundação 15 de novembro de 1990 (29 anos)
Presidente Peru Renzo Ratto
Técnico Peru Carlos Aparicio
Resultados
LNSV 2017/2018
Títulos
Conquistados
LNSV (3 vezes)
Uniformes
Kit left arm.png Kit body alianza15H.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Cores do Time
Principal
Kit left arm.png Kit body alianza19A.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Cores do Time
Alternativo
Kit left arm.png Kit body.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Cores do Time
Líbero
Página Oficial

O  Club Alianza Lima Vóley, que é um clube de voleibol peruano da cidade de Lima. Atualmente disputa a Liga Nacional Superior de Voleibol que conquistou a medalha de bronze no Campeonato Sul-Americano de Clubes de 1991 no Brasil, e também a prata na edição do Campeonato Sul-Americano de Clubes Campeões de 1994 no Peru, este último não organizado pela CSV, e tricampeão nacional na variante feminina

HistóricoEditar

Resultados obtidos nas principais competiçõesEditar

Cronologia do Club Alianza Lima Vóley
  • 1990 : Departamento de voleibol do Club Alianza Lima foi fundado em 15 de novembro de 1990, participando do projeto a jogadora Lucha Fuentes e Carlos Aparicio, apos eleição do presidente Alberto Espantoso. que acatou a ideia da fusão do tme que carlos Aparicio dirigia, " Santa Teresita",[1].No elenco tinha : Raquel Chumpitaz (“La Chunga”) , Rosa García, Gina Torrealba, Janet Vasconzuelos e ´Jessica Tejada, ao vencer na final Regatas Lima por 3-0(15-10,15-6 w 16-14), sagrando-se campeão invicto da Divisão Superior Nacional de Voleibol "DISUNVOL"(1º título)[2]
  • 1991 :Disputou o Campeonato Sul-Americano de Clubes realizado em Ribeirão Preto conquistando o terceiro lugar ao derrotar o time colombiano Jundeportes[3]
  • 1992 :Na "Equipo del Pueblo" estava Natalia Málaga, Andrea Musso, Sara Joya, Diana Uriol, Jessica Tejada, Noelia Campos e Sofía Salas, dirigidas pelo técnico Carlos Aparicio, conquistando o título do torneio abertura da "DISUNVOL" de forma invicta e vencendo o Deportivo Power por 3-2, no clausura encarou novamente o Regatas Lima obtendo segundo título nacional com a vitória de 3-0(2º título)[2]
  • 1993 :Qualificado para o Campeonato Sul-Americano de Clubes de Lima, este não foi celebrado, no elenco estava Gabriela Pérez del Solar, vencendo o título nacional de forma invicta(3º título)[2]
  • 1994 :A não realização por parte da CSV do Campeonato Sul-Americano de Clubes, foi organizado um torneio em substituição, a Copa Sul-Americana de Clubes Campeões que foi realizado em Medellín, quando perderam a final por 3-0(15-12, 15-4 e 15-1) para o time brasileiro da Recreativa e a Natalia Málaga foi a melhor jogadora e além dela o técnico Carlos Aparicio tinha no plantel: Diana Uriol, Sara Joya, Janett Vasconzuelos, Sofía Salas, Lita Rodríguez, e as brasileiras Sandra Suruagy e Heloísa Roese.[4]
  • 2008-09 : Disputou a Liga Nacional Superior de Voleibol "LNSV"[5]
  • 2009-10 : Liga Nacional Superior de Voleibol "LNSV"
  • 2010-11 : Liga Nacional Superior de Voleibol "LNSV".Em 2011 ficou com o vice-campeonato nacional na categoria juvenil[6]
  • 2011-12 : Quarto lugar na Liga Nacional Superior de Voleibol "LNSV" e conquistou o título na categoria juvenil[6].Em 2011 o time masculino conquistou o título do V Campeonato Internacional de Vôlei Masculino “Copa Club Internacional Arequipa”[7]
  • 2012-13 : Quarto lugar na Liga Nacional Superior de Voleibol "LNSV".Na edição de 2013 do campeonato nacional juvenil terminou com o terceiro lugar[8]
  • 2013-14 : Liga Nacional Superior de Voleibol "LNSV". Em 2014 terminou em com vice-campeonato na Liga Juvenil[9]
  • 2014-15 : Liga Nacional Superior de Voleibol "LNSV"
  • 2015-16 : Liga Nacional Superior de Voleibol "LNSV" .Campeão nacional na categoria infantojuvenil[10]
  • 2016-17 : Quarto lugar na Liga Nacional Superior de Voleibol "LNSV".
  • 2017-18 : Quarto lugar na Liga Nacional Superior de Voleibol "LNSV".Em 2018 terminou em terceiro na Liga Juvenil[11]
  • 2018-19 :Liga Nacional Superior de Voleibol "LNSV" .

Títulos conquistadosEditar

Voleibol femininoEditar

  0 Campeonato Sul-Americano de Clubes:

  • Terceiro posto: 1991[3]

  0 Copa Sul-Americana de Clubes Campeões:

  • Vice-campeão:1994[4]

  3 Campeonato Peruano

  1 Liga Peruana Juvenil

  1 Campeonato Nacional Infantojuvenil

Voleibol masculinoEditar

  1 Torneio Internacional de Arequipa

  • Campeão:2011[7]


ElencoEditar

Referências

  1. Maykoll Calderón (22 de novembro de 2018). «Carlos Aparicio: "Sin mi colaboración, Alianza Lima no tendría equipo de vóley" (ENTREVISTA)». Movistar Deportes.pe (em espanhol). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  2. a b c d e f «Regatas campeón: todos los equipos que se coronaron en la Liga Nacional de vóley». Depor.com (em espanhol). 1 de maio de 2017. Consultado em 18 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 9 de março de 2018 
  3. a b «Ranking - Piso». CSV (em espanhol). Consultado em 18 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 8 de março de 2017 
  4. a b Cruz, Ivan (11 de abril de 1994). «FINAL RECREATIVA DE LAS BRASILEÑAS». El Tiempo (em espanhol). Consultado em 18 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 7 de agosto de 2017 
  5. «Hoy arranca un torneo devaluado». Todo menos Fútbol (em espanhol). 8 de maio de 2008. Consultado em 18 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 21 de maio de 2014 
  6. a b c d Tony Montenegro (24 de setembro de 2012). «Alianza Campeón». Voleibol.pe (em espanhol). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  7. a b «Alianza Voley campeon de Torneo Internacional Masculino en Arequipa». Voleibol.pe (em espanhol). 31 de agosto de 2009. Consultado em 18 de janeiro de 2019. Arquivado do original em 10 de janeiro de 2010 
  8. a b Carlos M. Lopez (8 de dezembro de 2013). «Géminis campeón de la LNSV juvenil». Voleibol.pe (em espanhol). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  9. a b «San Martín se consagró campeón de la Liga Juvenil Femenina de Vóley». Andina.pe (em espanhol). 17 de novembro de 2014. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  10. a b Carlos M. Lopez (7 de junho de 2015). «#LigaU18: Alianza Lima es el campeón». Voleibol.pe (em espanhol). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  11. a b «Sporting Cristal gana la copa de la LNSV Femenina Juvenil 2018». El Popular.pe (em espanhol). 11 de novembro de 2018. Consultado em 18 de janeiro de 2019 

Ligações externasEditar