Club Atlético Platense

O Club Atlético Platense é um clube de futebol da Argentina sediado na cidade de Vicente López, na Grande Buenos Aires. Atualmente disputa a primeira divisão do Campeonato Argentino.[1]

Platense
Escudo del Club Altético Platense.svg
Nome Club Atlético Platense
Alcunhas Calamar
Tense
Marrón
Mascote Lula (calamar)
Principal rival Tigre
Argentinos Juniors
Fundação 25 de maio de 1905 (117 anos)
Estádio Ciudad de Vicente López
Capacidade 34 500 espectadores
Localização Vicente López, Buenos Aires, Argentina
Presidente Pablo Bianchini
Treinador(a) Omar De Felippe
Patrocinador(a) Escudo Seguros
Material (d)esportivo Kelme
Competição Campeonato Argentino
Website cap.org.ar
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

HistóriaEditar

 
Primeira equipe do Platense, no ano de 1912.

O clube foi fundado em 25 de maio de 1905, por um grupo de jovens que eram moradores do bairro nobre de Recoleta. Os jovens conseguiram o dinheiro necessário para a criação da instituição depois de apostarem numa corrida de cavalos. O jóquei selecionado pelos rapazes, da equipe Platense, foi o vencedor da competição. As cores do clube que seria fundado, marrom e branco, foram escolhidas em homenagem ao uniforme do cavaleiro, e seu nome, em homenagem a equipe de hipismo.[2]

 
Boletim do hipódromo.

A estreia do Platense em competições oficiais ocorreu ainda na era amadora do futebol argentino, no ano de 1910, sendo um dos clubes pioneiros da profissionalização do futebol no país. Seu primeiro título veio apenas no ano de 1976, quando foi campeão da Primera B Nacional.[3][4]

No ano de 1951, em excursão pela Europa, o Platense venceu a partida mais relevante de sua história, contra o Milan da Itália. Em pleno Estádio San Siro, o clube argentino conseguiu a façanha de derrotar os anfitriões pelo placar de 3x2.[5]

Após anos de idas e vindas entre as divisões do futebol argentino, com muitos rebaixamentos e acessos, o clube conquistou a promoção da Primera B Nacional de 2020 rumo à elite, para a temporada 2021.[6]

SímbolosEditar

O Marrón tem como seu principal símbolo o calamar, uma espécie de molusco. Tal alcunha se originou do jornalista Palacio Zino, que comparava as festas da torcida do Platense a "um calamar se movendo em meio a sua tinta".

RivalidadesEditar

O principal rival do Platense é o Tigre, da cidade de Victoria, na Grande Buenos Aires. Ambas as equipes fazem o Clássico de la Zona Norte, um duelo que vem desde os primórdios do futebol argentino.[7]

Outro grande rival do Platense é o Argentinos Juniors, equipe da capital argentina. Essa rivalidade ganhou força durante a década de 80.[8][9]

TítulosEditar

Nacionais
Competição Títulos Temporadas
  Primera B Nacional 1 1976
  Primera B Metropolitana 2 2006 e 2018

ÍdolosEditar

Ligações externasEditar

ReferênciasEditar

  1. «Platense live score, schedule and results - Football - SofaScore». www.sofascore.com. Consultado em 30 de junho de 2021 
  2. Corrado, Nicolás Di (19 de dezembro de 2008). «club atlético platense la historia del calamar». Taringa! (em espanhol). Consultado em 30 de junho de 2021 
  3. Saavedra. «Platense Campeón de Primera "B"». Buenos Aires Historia (em espanhol). Consultado em 30 de junho de 2021 
  4. Carluccio, Jose (5 de junho de 2010). «historiayfutbol: Argentina: 1ra. "B" AFA 1976 Torneo Hexagonal por el 2do. Ascenso». historiayfutbol. Consultado em 30 de junho de 2021 
  5. El día que PLATENSE hizo historia | Sentate que te cuento, consultado em 30 de junho de 2021 
  6. «¡HISTÓRICO! Platense es el nuevo equipo de Primera División tras vencer a Destroyer | Noticias de El Salvador». Noticias de El Salvador - elsalvador.com (em espanhol). 20 de junho de 2021. Consultado em 30 de junho de 2021 
  7. Clarín.com (12 de dezembro de 1999). «Tigre y Platense, un clásico a puro cero». www.clarin.com (em espanhol). Consultado em 30 de junho de 2021 
  8. «La violencia sigue su marcha - LA NACION». Buenos Aires. La Nación (em espanhol). ISSN 0325-0946. Consultado em 30 de junho de 2021 
  9. «Un clásico no tan clásico». Alejandro Fabbri :: Periodista :: (em espanhol). Consultado em 30 de junho de 2021