Club Boca Juniors de Cali

Club Boca Juniors de Cali foi um clube de futebol colombiano da cidade de Cáli. Criado por um grupo de jovens em 1 de maio de 1937 e inspirado no Boca Juniors argentino, desapareceu do profissionalismo em 1957,[1] quando a Colômbia voltou à FIFA e o clube ficou sem recursos para subsistir.[2]

Club Boca Juniors de Cali
Boca Junior de Cali.png
Nome Club Boca Juniors de Cali
Fundação 1 de maio de 1937
Extinção 1957
Estádio Estadio Olímpico Pascual Guerrero
Capacidade 37.000
editar

Em 1986, Hernando Ángel Montaño (presidente) o refundou e o transformou em uma escola de categorias inferiores, onde atualmente há 250 jovens de até 19 anos. A equipe sub-20 participa na Primeira C, uma divisão para juvenis. Situa-se no bairro La Chanca.[2]

O Boca Juniors de Cali foi uma das grande equipes em sua época, sendo vice-campeão colombiano em 1951 e 1952, ambas oportunidades contra o Millonarios, de Bogotá. Além disso, foi duas vezes campeão da Copa Colômbia em 1950/51 e 1951/52. Na edição 1952/53, foi vice contra o Millonarios.

Foram vários os jogadores que passaram pelo clube e terminaram em América ou Deportivo, como Giovanni Hernández, Óscar Córdoba e Harold Lozano.[2]

ReferênciasEditar

  1. «Un Poco de Historia». Nuevo Estadio.com. Consultado em 18 de dezembro de 2007. Arquivado do original em 3 de julho de 2007 
  2. a b c «Una ciudad con historia xeneize». La Nación.com. 19 de junho de 2003 
   Este artigo sobre clubes de futebol colombianos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.