Clube dos Servidores da Universidade

O Clube dos Servidores da Universidade (CSU), foi um clube de futebol brasileiro, sediado em Brasília, no Distrito Federal. Como o nome e o escudo sugerem, o clube era ligado aos servidores da Universidade de Brasília (UnB) e representou a universidade durante seu tempo de atividade. Foi vice-campeão do Campeonato Brasiliense de Futebol de 1975.

CSU
Nome Clube dos Servidores da Universidade
Fundação 06 de abril de 1966 (57 anos)
Extinção 17 de maio de 1976 (47 anos)
Localização Brasília, Distrito Federal, Brasil
Competição Extinto

História editar

O CSU disputou o Campeonato Brasiliense nos anos de na sua era amadora, tendo em seus planteis alunos e servidores da Universidade de Brasília.[1]

A campanha de 1975 editar

Em 1975, quando ainda o futebol de Brasília ainda beirava o amadorismo, o CSU voltou a participar de competições da Federação Metropolitana de Futebol. Entre 19 de março e 25 de maio, disputou a Copa Arizona de Futebol Amador, que reuniu 64 equipes amadoras de todo o Distrito Federal, mas não chegou entre os oito finalistas.

Em 12 de setembro de 1975 o CSU se filia para a categoria de futebol amador, se inscrevendo no Campeonato Brasiliense de Futebol de 1975, com mais sete equipes.

Após vencer primeiro turno com cinco vitórias e dois empates, 15 gols a favor e cinco contra, se qualificou para decidir o campeonato com a Campineira, vencedora do segundo turno. Ambos venceram seus turnos de forma invicta e decidiriam o Campeonato em três jogos.

A série de jogos finais atrasou bastante, com a primeira partida acontecendo apenas em 28 de março de 1976 no Estádio Pelezão, onde seriam os três jogos, com vitória de 2 a 1 da Campineira. No segundo jogo, no aniversário da cidade, 21 de abril de 1976, o CSU empatou a série ao vencer a segunda partida por 1 a 0.

No dia 1º de maio de 1976, a Campineira acabou vencendo por 2 a 0 e ficou com o título de campeã de 1975.[2]

Dentre os jogadores que defenderam o CSU no campeonato de 1975, se destacou o zagueiro Kidão e o vice-artilheiro do campeonato Gisélio.[carece de fontes?] Pouco após o campeonato em 17 de maio de 1976, o presidente do CSU Álvaro da Silva Neves solicitou licença do quadro de filiados da Federação Metropolitana de Futebol por um período de dez meses, não tendo voltado mais e sido considerado extinto desde então.[3]

Títulos editar

DISTRITAIS
Competição Títulos Temporadas
Taça Eficiência 1 1966

Referências

  1. «Com cartola de 25 anos, time da UnB quer jogar o Candangão pela primeira vez». Super Esportes. 1 de abril de 2015. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  2. «Campineira Futebol Clube – Brasília (DF): Escudo diferente de 1977». História do Futebol. 24 de fevereiro de 2019. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  3. «Clubes do Distrito Federal – Clube dos Servidores da Universidade (Brasília)». Arquivos de Futebol do Brasil. 12 de outubro de 2020. Consultado em 31 de outubro de 2019 


   Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.