Codinome Beija-Flor

Codinome Beija-Flor é a sexta faixa de Exagerado, álbum de estreia da carreira solo de Cazuza, lançado em 1985. Ao falar do álbum e desta música, disse Cazuza: "Neste disco existe uma música bem romântica, inspirada numa separação, mas não é dor de cotovelo[1]".

"Codinome Beija-Flor"
Single de Cazuza
do álbum Exagerado
Lançamento 1985
Gravação Novembro de 1985
Gênero(s) MPB
Duração 02:32
Gravadora(s) Universal Music
Composição
Produção
Cronologia de singles de Cazuza
"Exagerado"
(1985)
"O Nosso Amor a Gente Inventa"
(1987)

Contexto

editar

Em julho de 1985, Cazuza estava internado em um hospital, aguardando os resultados dos exames de HIV. No quarto, inspirado pela visita diária de um beija-flor[2], compôs uma balada que, meses depois, seria consagrada como um dos maiores sucessos de sua carreira.

Durante as gravações do álbum Exagerado, os produtores Ezequiel Neves e Nico Rezende tiveram divergências quanto ao arranjo de Codinome Beija-Flor. Em texto publicado no site oficial de Cazuza, Ezequiel narra como foram essas discussões:

Nico, além de cuidar dos teclados, recrutou músicos excelentes, entre os quais Rogério Meanda, excelente guitarrista e que mais tarde, se tornaria parceiro de Cazuza. Rezende, porém, queria enfatizar os teclados e Cazuza e eu preferíamos encher o disco de guitarras. Foi o que fizemos, mas a discussão maior foi quanto ao arranjo de "Codinome Beija-Flor".

Reinaldo Arias, autor da música, fez um arranjo horrendo calcado num hit da época, o também horrendo "Maniac". Eu insistia em moldura super-romântica, uma balada acústica à base apenas de piano, violinos e voz. Nico achou um absurdo e disse que aquilo não podia ser mais pobre e antigo. Respondi que todos iam ficar de quatro com aquela simplicidade moderníssima. Cazuza concordou comigo, mas tive de dar escândalo, espernear para Nico concordar.

"Codinome Beija-Flor" era uma das letras mais geniais de Cazuza, sensível ao extremo, algo de um poeta da maior categoria.[3]

A fim de divulgar a canção, Cazuza gravou um videoclipe da música para o programa Fantástico, da Rede Globo, veiculado no dia 15 de junho de 1986[4]. No vídeo, dirigido por Paulo Trevisan, Cazuza contracena com a atriz e bailarina Regina Restelli[5].

Nos anos de 1986 e 1987, Codinome Beija-Flor esteve entre as 100 músicas mais tocadas nas rádios brasileiras, figurando na 91a. posição em 1986[6] e no 7o. lugar em 1987[7].

Ao longo dos anos, a música continuou fazendo sucesso. Em 1991, uma regravação de Luiz Melodia fez parte da trilha sonora da novela O Dono do Mundo, de Gilberto Braga[8], como tema de amor dos personagens Beija-Flor (Ângelo Antonio) e Taís (Letícia Sabatella). E, em 2018, levantamento feito pelo ECAD mostrou que Codinome Beija-Flor era a composição mais regravada de Cazuza, com 72 registros, a mais tocada em rádios entre os anos de 2013 e 2018, e a segunda mais tocada em estabelecimentos com música ao vivo, como bares, restaurantes e clubes, no mesmo período de tempo[9].

Regravações de destaque

editar

1988 - Simone, no álbum Sedução[10].

1991 - Luiz Melodia, no álbum Pintando o Sete[11].

1992 - Ângela Maria e Cauby Peixoto, no álbum Ângela & Cauby ao Vivo[12].

1992 - Emílio Santiago, no álbum Viva Cazuza[13].

1999 - Gian e Giovanni, no álbum Gian & Giovani ao Vivo[14].

2002 - Wando, no álbum Wando Acústico ao Vivo[15].

2005 - Barão Vermelho, no álbum MTV ao Vivo Barão Vermelho[16].

2006 - Fábio Júnior, no álbum Minhas Canções[17].

2013 - Ana Cañas, no álbum Coração Inevitável[18].

2016 - Diogo Nogueira, no álbum Alma Brasileira[19].

2020 - Leila Pinheiro, Rodrigo Santos e Roberto Menescal, no álbum Faz Parte do Meu Show: Cazuza em Bossa[20].

Músicos

editar

Referências

  1. Echeverria, Regina; Araújo, Lucinha (2001). Cazuza, Preciso Dizer que te Amo: Todas as Letras do Poeta. São Paulo: Globo. p. 114 
  2. de Castro Lima, Cláudia (31 de julho de 2004). «Cazuza: Exagerado». Superinteressante. Consultado em 28 de outubro de 2021 
  3. Ezequiel, Neves. «Cazuza - Exagerado». Cazuza - site oficial (Wayback Machine). Consultado em 28 de outubro de 2021 
  4. «Cazuza no Fantástico (1986): Codinome Beija-Flor». YouTube. Consultado em 28 de outubro de 2021 
  5. «Cazuza - Codinome beija-flor - Clipe». YouTube. Consultado em 28 de outubro de 2021 
  6. «Top 100 Músicas Mais Tocadas em 1986». Mais Tocadas. Consultado em 28 de outubro de 2021 
  7. «Top 100 Músicas Mais Tocadas em 1987». Mais Tocadas. Consultado em 28 de outubro de 2021 
  8. «O Dono do Mundo - Trilha Sonora». Memória Globo. Consultado em 28 de outubro de 2021 
  9. «Vida e obra de Cazuza, que faria 60 anos nesta quarta-feira, são lembradas pelo Ecad». Band FM VItória da Conquista. 4 de abril de 2018. Consultado em 28 de outubro de 2021 
  10. «SEDUÇÃO». Instituto Memória Musical Brasileira (IMMuB) 
  11. «PINTANDO O SETE». Instituto Memória Musical Brasileira (IMMuB) 
  12. «ÂNGELA & CAUBY AO VIVO». Instituto Memória Musical Brasileira (IMMuB) 
  13. «VIVA CAZUZA». Instituto Memória Musical Brasileira (IMMuB) 
  14. «GIAN & GIOVANI AO VIVO». Instituto Memória Musical Brasileira (IMMuB) 
  15. «WANDO ACÚSTICO AO VIVO». Instituto Memória Musical Brasileira (IMMuB) 
  16. «MTV AO VIVO BARÃO VERMELHO». Instituto Memória Musical Brasileira (IMMuB) 
  17. «MINHAS CANÇÕES». Instituto Memória Musical Brasileira (IMMuB) 
  18. «CORAÇÃO INEVITÁVEL». Instituto Memória Musical Brasileira (IMMuB) 
  19. «ALMA BRASILEIRA». Instituto Memória Musical Brasileira (IMMuB) 
  20. «FAZ PARTE DO MEU SHOW: CAZUZA EM BOSSA». Instituto Memória Musical Brasileira (IMMuB) 
  21. «CAZUZA - 1985». Discos do Brasil. Consultado em 28 de outubro de 2021