Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: ""Colégio Pio X"" redireciona para este artigo. Para a agremiação esportiva, veja Colégio Pio X (clube).

O Colégio Marista Pio X é uma escola católica localizada na cidade de João Pessoa, Paraíba. Iniciado em 4 de Março de 1894, após um plano de reconstrução social do primeiro bispo da Paraíba, D. Adauto Aurélio de Miranda Henriques, o Colégio Marista Pio X é considerado um dos melhores colégios do estado na atualidade.[1][2]

Índice

HistóriaEditar

O Colégio Marista Pio X foi fundado em 04 de março de 1894, ficando provisoriamente instalado no palacete Abiahy, então residência episcopal. Transportou-se logo depois para o antigo Convento de São Francisco, ali permanecendo durante 16 anos, juntamente com o seminário, tendo cada um, porém seu regime.

A instituição nasceu do ingente plano de reconstrução social do primeiro bispo da Paraíba, O Exmo. Rev. Dom Adauto Aurélio de Miranda Henriques,iniciando suas atividades educativas no dia 26 de abril de 1894, com a matrícula de dez alunos.

A partir dessa data até 1927, o Colégio Pio X esteve sob a direção de padres, do virtuoso clero secular da Paraíba. No início de 1927, Os Irmãos Maristas, foram convidados para assumir a direção do Colégio Pio X. Seu primeiro Diretor foi Ir. Mário Elói, cujo mandato se estendeu até 1934, quando o Colégio Pio X retornou à Diocese por término de contrato.

Em 1943, atendendo ao convite de Dom Moisés Coelho e do Dr. Ruy Carneiro, então Interventor Federal, os Irmãos Maristas reassumiram a Direção do Colégio Pio X. Para o cargo, foi designado o Ir. Antônio Reginaldo, que reabriu o Colégio Pio X com 390 alunos.

A partir dessa data os Irmãos Maristas foram desenvolvendo um Projeto Educativo marcado pela dimensão acadêmica, por uma ação pastoral, pelas práticas esportivas e pela arte e cultura. A história credencia o Colégio Marista Pio X como uma importante instituição de ensino particular de educação básica do estado da Paraíba, que vem educando várias gerações.[1][2]

Atualmente o diretor do colégio é o Prof. Aloirmar José da Silva, o qual assumiu o cargo na metade do ano de 2010.

EstruturaEditar

O Colégio dispõe de um Estrutura Gigantesca, entre as principais estruturas podemos citar:

  • Uma biblioteca com cerca de 8.000 títulos cadastrados, mais de 1.000 Fitas de Vídeo;
  • Todas as salas possuem material multimídia como projetores e computadores e também contam com ar condicionados.
  • Dois laboratórios de informática;
  • Um anfiteatro;
  • Um teatro;
  • Um ginásio de esportes;
  • Duas quadras Poliesportivas;
  • Uma quadra de Voleibol;
  • Uma quadra de Basquetebol;
  • Uma quadra de Futebol de Campo;
  • Duas quadras de queimada
  • Duas piscinas;
  • Quadra de Handball;
  • Spiriball;
  • Uma lanchonete;
  • Restaurante.

O Colégio também oferece salas de orientação religiosa, pedagógica, laboratórios de química, física, biologia e matemática.

Em 2015, investiu em tecnologia e hoje conta com a plataforma Moodle (o Ambiente de Integração) integrada ao ensino presencial. O NEaD - Núcleo de Educação a Distância - oferece apoio ao ensino presencial e, ainda, cursos online ministrados pelos professores da instituição.

Auto de NatalEditar

O Auto de Natal, realizado na Praça da Independência, na epóca Natalina é um evento organizado pelo colégio e realizado por pais, funcionários e alunos do mesmo. O projeto surgiu em 1998, quando o diretor Ir. Nilton quis celebrar as festas Natalinas, montando um presépio. Cinco anos após o fato, o Auto de Natal virou uma grande estrutura, com mais de 600 pessoas envolvidas.[3][4]

Referências