Abrir menu principal
Um selo da Alemanha Oriental mostrando uma estátua soviética no alto das Colinas de Seelow.

As Colinas de Seelow situam-se nas proximidades da cidade de Seelow, a cerca de 90 quilômetros a leste de Berlim, na Alemanha. Delas têm-se vista para o Oderbruch, a planície inundável a oeste do rio Oder, que fica a mais 20 quilômetros a leste.

São também conhecidas como Portões de Berlim, porque a principal rota oriental para Berlim passa por elas.[1]

HistóriaEditar

Segunda Guerra MundialEditar

Durante o mês de abril de 1945, a Batalha das Colinas de Seelow viu alguns dos confrontos mais pesados da Segunda Guerra Mundial, entre os defensores alemães e os contra-atacantes soviéticos. Muitos ataques soviéticos pontuais foram retidos por remanescentes da Wehrmacht, mas o avanço soviético, sob o comando de Gueorgui Júkov, não pôde ser atrasado por muito tempo. Depois de vários dias de intensos combates, os soviéticos conseguiram romper as defesas e abrir caminho para a capital alemã, iniciando a Batalha de Berlim.[2]

Referências

  1. Welsh, William E. (3 de janeiro de 2019). «Masterful Defense at Seelow Heights». Warfare History Network. Consultado em 1 de março de 2019 
  2. «Battle of the Seelow Heights». Liberation Route Europe. 2019. Consultado em 1 de março de 2019